Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Declaração ao País

por Corta-fitas, em 29.06.06
Antecipando desde já a entrada do tema no agenda-setting do Corta-Fitas, aqui deixo a minha posição quanto ao referendo à despenalização do aborto. Tal como fiz no anterior, vou abster-me.
Elas que decidam: Não cada uma por si, mas todas por todas. A minha opinião é irrelevante. E no entanto, sabe quem me conhece, defendo a Vida. Não gosto é de meter-me onde não sou chamado.
Para o bem e para o mal, não sou mulher.


40 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 30.06.2006 às 16:03

Retribuindo a boa educação, infantilóide será Vexa ou a mãezinha!!!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 30.06.2006 às 15:47

MATRIACAL não vem em nenhum.
Sem imagem de perfil

De Cãocompulgas a 30.06.2006 às 15:39

Anónimo/a:

Leia, entre outros, "Bachofen e o dinamismo matriarcal" - é um estudo no âmbito da psicologia Jungiana.

Claro, não vem no dicionáriozinho de trabalho... Lamento.
Sem imagem de perfil

De Cãocompulgas a 30.06.2006 às 15:23

Caros Corta-Fitas:

não vou abusar mais do vosso espaço. A educação diz que não se discute em casa alheia...

Bom fim de semana e boas férias para quem vai de férias.

Beijinhos.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 30.06.2006 às 15:18

(ai, como ela que não é cão é bem educada!)
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 30.06.2006 às 15:17

E isso é matriacal? Bom, os dicionários ainda não aprenderam essa.
Sem imagem de perfil

De Cãocompulgas a 30.06.2006 às 15:11

O Cão não é uma cadela, é uma mulher. Cadela será Vexa ou a mãezinha!!!

Acredito num sistema democrático. De cidadãos, pelos cidadãos e para os cidadãos. Independentemente do género. Para não criar precedentes de exclusão. Falar sem pensar nas consequências pode criar regras piores que as antecedentes.

Apesar de ser mulher, não milito que a sociedade tenha q ser governada por mulheres. Até porque a ver pelas eventuais criaturas do poder feminino... tudo ficaria na mesma, só que de "saias". Sou contra a lei da paridade. Esmolas por género? Triste vanguardismo. ser mulher, ou homem, não é por si condição para nada. O mérito comprovado no desempenho é que terá que valer. Nada mais. De resto, seria apenas mudar as moscas...
Sem imagem de perfil

De LFM a 30.06.2006 às 14:35

Não estou de acordo.
Apesar de já haver muita 'produção independente', essa é uma questão que diz respeito ao homem e à mulher.
A espécie humana, tanto quanto saiba, não é hermafrodita.
Sem imagem de perfil

De Cãocompulgas a 30.06.2006 às 14:27

Caro João Villalobos:

Só agora pude vir até aqui, mas o qu eescrevi no comentário não é uma crítica! Era a minha opinião acerca do assunto, acho que homem algum se pode desresponsabilizar sob pena que a sociedade se torne matriacal... somos em maior número q os homens! Esta também não seria uma situação democrática... não se está a falar do que se veste nem de cabeleireiros...

Também defendo a Vida. Porém com qualidade para todos os cidadãos.

Quanto ao texto do Gerês, muito obrigada pelo elogio, mas é um excerto do livro que um certo crítico não leu... por ser ateu e, como tal, não lhe interessar o assunto... :)))

Beijinhos.

[boas férias! Vai de férias ao q percebi?]


(Quanto aos comentários de alguns anónimos, não primam pela educação nem saberão muito bem do q estão a falar... mas isso tb já é sabido)
Sem imagem de perfil

De sm a 30.06.2006 às 13:16

Eu a julgar que para fazer um filho era preciso a intervenção de um homem e uma mulher e que ambos tinham intervenção na matéria (fazê-lo) e deviam ter também quanto ao tê-lo.
É certo que se não quisesse fazer um aborto, acredito pouco que o faria se o futuro pai o desejasse, ou vice-versa, embora neste segundo caso a opinião do pai pesasse mais (é o que faz ter-se a faca e o queijo na mão), mas parece-me evidente que o homem tem que ter uma posição a tomar no assunto, por necessáriamente implicado.
Só mesmo numa "produção independente" se pode retirar ao pai uma contribuição na decisão.

Comentar post


Pág. 1/4



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com



Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes


Links

Muito nossos

  •  
  • Outros blogs

  •  
  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2024
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2023
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2022
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2021
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2020
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2019
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2018
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2017
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2016
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2015
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2014
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2013
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2012
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2011
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2010
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D
    196. 2009
    197. J
    198. F
    199. M
    200. A
    201. M
    202. J
    203. J
    204. A
    205. S
    206. O
    207. N
    208. D
    209. 2008
    210. J
    211. F
    212. M
    213. A
    214. M
    215. J
    216. J
    217. A
    218. S
    219. O
    220. N
    221. D
    222. 2007
    223. J
    224. F
    225. M
    226. A
    227. M
    228. J
    229. J
    230. A
    231. S
    232. O
    233. N
    234. D
    235. 2006
    236. J
    237. F
    238. M
    239. A
    240. M
    241. J
    242. J
    243. A
    244. S
    245. O
    246. N
    247. D