Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ainda a (des)compostura de Sarkozy

por João Távora, em 31.10.07
Na república, o lugar da mulher do Chefe de Estado, a chamada "1ª Dama", é um tão ilegítimo como inevitável devaneio patrocinado pelos media para gáudio da turba. Definitivamente o personagem colhe e garante um bom retorno no negócio do circo mediático. Não me parece viável que um candidato a chefe de estado oculte a sua realidade familiar e afectiva. O ideal será de facto que ela promova boa imprensa e simpatia popular à instituição e ao protagonista. Quer se queira quer não, a mulher dum candidato terá sempre o involuntário poder de promover ou estorvar a sua imagem pública. Um verdadeiro berbicacho.
Sendo por natureza o divórcio um penoso acontecimento do foro privado, sendo a figura do casamento alheia à instituição do cargo, indica o bom senso a um mediano jornalista que o assunto é impertinente e que extravasa claramente o interesse público.
Parece-me saudável a atitude de Nicolas Sarkozy perante a indiscreta jornalista americana. Parece-me inquietante o aparente descontrolo emocional que sobressai na tomada de posição do Presidente da República Francesa.

Autoria e outros dados (tags, etc)



4 comentários

Sem imagem de perfil

De JSA a 31.10.2007 às 12:49

O mais curioso é o efeito que a presidência francesa parece ter nas uniões. Sarkozy divorcia-se, Royal separou-se. Chirac era o que se sabia e Miterrand andou a espalhar filhos por todo o lado. Que raio é que eles comem lá para o Eliseu?
Sem imagem de perfil

De j.c. a 31.10.2007 às 12:21

Subscrevo o conceito, meu caro João Távora, mas não a substância integral.
As Primeiras Damas existem, institucionalizadas ou não. Existem e têm agenda própria, mesmo sem institucionalização do cargo e das respectivas funções, como cá).
É natural, pois, que os eleitores gostem de vê-las e de conhecê-las nas campanhas dos cônjuges. Elas vão ter gabinete e ter secretariado, vão receber queixas e desbloquear situações, vão visitar obras e conhecer casos, mais um monte de coisas que não ficam no caminho dos maridos, além daquelas que até ficam.
Isto, evidentemente, quando há Primeira Dama. E se havia e deixa de haver, já se está no foro da intimidade. Por isso é que há muito desplante ao querer abordar o assunto. Afinal, quem mais quer saber disso além da jornalista (será mesmo?) da CBS? Só se forem os eleitores (serão mesmo?) franceses que compram a Revista Marie...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 31.10.2007 às 12:17

Bem, a jornalista americana está antes de mais acostumada ao que se passa no país dela, em que estes detalhes todos são escrutinados até à medula.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 31.10.2007 às 12:01

Ao menos as monarquias não têm esse problema. Reina Sofia? Nunca ouvi falar.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Por isso desenvolve sistemas de fiscalização para ...

  • Nuno

    "Descobri-o" quando li "Portugal: Paisagem Rural" ...

  • Anónimo

    Sr.Lavoura como de costume só lavouradas!A "famigl...

  • Anónimo

    devem ter  importado parte das noivas de Sant...

  • Anónimo

    as pessoas não existem para servir 'o estado a qui...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2007
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2006
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D