Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Presidenciais: o voto dos monárquicos

por João Távora, em 13.01.11

 

Anda pelo Facebook uma discussão acesa sobre a melhor atitude a tomar por um monárquico face às eleições presidenciais que se aproximam para a qual julgo convém imprimir alguma racionalidade.

1 - Votar: Nada impede moralmente um monárquico votar numas eleições presidenciais, quando na sua consciência mais altos valores se elevarem.

2 - O voto branco: esta opção presta-se facilmente à fraude.

3 - A abstenção: se esta for muito significativa pode (se os media e os agentes políticos assim o entenderem, o que não é liquido) colocar na agenda o tema da legitimidade do regime. Por outro lado este "não gesto" legítimo confunde-se com a irresponsabilidade dos comodistas ou alienados, não significando uma mensagem política clara contra a república.

4 - O voto nulo: tem a vantagem de explicitar um protesto contra o regime, no entanto contará como voto expresso com efeitos na eleição: deduzindo-se à abstenção obriga o vencedor a aumentar o score para a maioria.

Como em tudo na vida, não há uma receita "absoluta" e são legítimas diferentes opções, sendo que pela minha parte escolhi votar nulo.


31 comentários

Imagem de perfil

De jojoratazana a 13.01.2011 às 16:36

Isso é muito vago.
 Não pode ser mais explicito Um rei de paus, de copas, de espadas ou de ouros?
É que este povo é lerdinho  das ideias.


Sem imagem de perfil

De ALF a 14.01.2011 às 22:15

Talvez o de Paus  ...nas suas costas !!!
Imagem de perfil

De jojoratazana a 14.01.2011 às 23:10

Olha o às de copas a fazer-se ao pau.
Sem imagem de perfil

De Eu é mais princesas a 13.01.2011 às 16:46

E eu quero uma princesa!
Sem imagem de perfil

De Eu é mais bolos... a 13.01.2011 às 18:32

Eu já ficava contente com um Bolo-Rei.

Image
Sem imagem de perfil

De Lorde a 13.01.2011 às 16:54

Não pode ser antes um IMPERADOR?
Imagem de perfil

De João Távora a 13.01.2011 às 17:12

Onde está o império? :-)
Sem imagem de perfil

De Lorde a 13.01.2011 às 17:20

Ora essa, reconstrua-se!
Sem imagem de perfil

De Pedro a 13.01.2011 às 17:31

Eu quero uma Rainha! Ou um arquiduque! Eu quero o Noddy ou o Ruca! Isto, voto nulo, por voto nulo, tanto faz.
Sem imagem de perfil

De mosca morta a 13.01.2011 às 18:28

Cá por mim vou abster-me de votar. Também pensei em inutilizar o meu voto com uma frase semelhante à que o João sugere, mas de facto para "eles" o que é importante é a abstenção; há que ter em conta que para esta eleição só contam os votos validamente expressos. Provavelmente o meu "não voto" terá mais valor que a inutilização do mesmo.
Imagem de perfil

De Réspublica a 13.01.2011 às 18:59

Caro João Távora, a eleição presidencial, na minha modesta opinião, não é uma questão de regime, é certo que elegemos o Chefe de Estado, mas podiam ser como os romenos e eleger o rei para tal lugar. Em primeiro lugar temos que eleger alguém que saiba exercer o poder moderador, contra certos políticos imoderados e imorais.
Assim à direita apenas resta uma solução votar Cavaco, enquanto que à esquerda ainda podem optar por Nobre ou (com algum jeitinho) em Lopes!
Sem imagem de perfil

De xico a 13.01.2011 às 19:04

Já aqui expressei um erro que se está cometendo.
O voto nulo tem o mesmo efeito que o voto em branco. Não entra para nenhuma contagem, por isso em nada afecta o score dos candidatos. Não é considerado voto expresso.
Sem imagem de perfil

De Anónima mas não muito a 13.01.2011 às 19:33

Rainha já sou e tenho um princípe con(sorte)!
Sem imagem de perfil

De Bluff a 13.01.2011 às 20:04

Eu quero os 4 ases, carago!
Image
Sem imagem de perfil

De João Afonso Machado a 13.01.2011 às 21:08


Vai uma humilde opinião de um monárquico do coração (e da razão):
1º - Pelos comentários infra, percebe-se que os republicanos não se entristecem com o triste naipe de candidatos em parada.
2º - Nem se envergonham.
3º - O voto dos monárquicos, nestas eleições de via (e ainda vai a tempo) ser organizado e difundido. Opções:
a) - Voto em branco - tem o inconveniente de ser interpretado como um voto de um republicano que não gosta de nenhum candidato. Tout court. Não ofusca a República.
b) - Voto nulo - valida o argumento de que as pessoas se enganaram (pudera!, são tantos os candidatos)
c) - Abstenção - só serve para o argumento de que o povo está descontente com os políticos.


Em suma: organize-se uma tomada de posição e dê-se-lhe publicidade.
Como?
A bloga é um meio adequado. Defina-se uma estratégia e anuncie-se qual.

O resultado pretendido: saibam os portugueses quantos monárquicos portugueses somos.
Sem medo de candidatos Alegres.
Só para que todos percebam.
Sem imagem de perfil

De Pedro a 13.01.2011 às 22:19

hehehe, pois agora é que se vai ver o peso dos monárquicos ;. João Afonso Machado, eu acho que você se acaba de arrepender desse repto. Poucos lhe vão ligar.  Fica com uma dúzia de blogues amigos e a indiferença da grande maioria dos portugueses. Pois claro que vamos todos perceber, pois claro que é desta.
Sem imagem de perfil

De João Afonso Machado a 13.01.2011 às 22:37


Oh amigo Pedro. V. é pior que o José (dito Staline). Eu não lancei nenhum repto. Apenas emiti uma opinião que fica onde fica.. É calro que os monárquicos não se vão organizar a partir deste comentário.
Aliás, o grande mal dos monárquicos é não se organizarem.
Por isso, os republianos continuam a rir e a republicanizar, se é que me faço entender.
Nada de conclusões e ilacções precipitadas, Sr. Pedro.
E quando vir um voto em branco, lembre-se de um monárquico - eu.
Sem imagem de perfil

De Pedro a 14.01.2011 às 00:14

Fez bem em recuar. 
Sem imagem de perfil

De João Afonso Machado a 14.01.2011 às 00:46


Recuar?
Pedro, faça o favor de ler o que está para trás, mas desta vez com atenção.
Sem imagem de perfil

De Pedro a 14.01.2011 às 12:49


Eu li: "organize-se", "defina-se uma estratégia", vamos lá a ver quantos portugueses monárquicos existem... Who cares! Alguém ligou? Entre o número de adeptos portugueses da monarquia e o número de adeptos e sócios do Beleneses, não há grande diferença. Mas são todos estimáveis, não digo que não.
Sem imagem de perfil

De João Afonso Machado a 14.01.2011 às 14:45


Somos muito mais.
Vou-lhe dar um exemplo de politicos dos partidos assumidamente monárquicos:
Rui Carp, Antº Lobo Xavier, Nogueira de Brito, Teresa Costa Macedo, Manuela Aguiar, Paulo Portas, Telmo Correia, Rui Gomes da Silva, Mota Soares, Fernando Ruas...
Também os há no PS, mas esss não gostam que se fale nisso. Enfim, como monárquicos não se organizam.
Mas faça o seguinte: consulte a lista de filiados na Causa Real.
Vai apanhar uma grande surpresa.
Sem imagem de perfil

De Pedro a 14.01.2011 às 17:21

Bem, esse ai em cima já fazem uma jantarada... Qual a utilidade dessa lista? E onde está a lista da população filiada na Causa Real? Fui ao site e não encontrei. São mais do que os sócios do Belenenses? Como eu disse, ningém liga. Ou está tudo muito bem assim, ou são inúteis para a tal Causa Real.
Sem imagem de perfil

De João Afonso Machado a 14.01.2011 às 18:48


Com esta lista só lhe quis demonstrar que existem inúmeros monárquicos envolvidos na vida política em partidos de diversas ideologias.
Por ali V. pode ver que há deputados, ministros, dirigentes partidários, etc, etc, que intervem na política da república mas são monárquicos.
Um deles não lhe digo agora quem é. A seu tempo o farei e será um espanto para muio boa gente.
Quanto ao resto, tem de perguntar aos cidadãos. Façaum inquérito. Garanto-lhe uma surpresa enorme. Muito maior do que o estádio do Beleneneses...
Sem imagem de perfil

De Pedro a 14.01.2011 às 21:49

Façam vocês o inquérito. Organizem-se, pá. Caro, se vocês não se maçam, porque hão-se maçar-se os outros?
Sem imagem de perfil

De João Afonso Machado a 14.01.2011 às 22:24


Porque a curiosidade é sua. Nós estamos muito bem e confiantes.

Comentar post


Pág. 1/2



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com



Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes


Links

Muito nossos

  •  
  • Outros blogs

  •  
  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2024
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2023
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2022
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2021
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2020
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2019
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2018
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2017
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2016
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2015
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2014
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2013
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2012
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2011
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2010
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D
    196. 2009
    197. J
    198. F
    199. M
    200. A
    201. M
    202. J
    203. J
    204. A
    205. S
    206. O
    207. N
    208. D
    209. 2008
    210. J
    211. F
    212. M
    213. A
    214. M
    215. J
    216. J
    217. A
    218. S
    219. O
    220. N
    221. D
    222. 2007
    223. J
    224. F
    225. M
    226. A
    227. M
    228. J
    229. J
    230. A
    231. S
    232. O
    233. N
    234. D
    235. 2006
    236. J
    237. F
    238. M
    239. A
    240. M
    241. J
    242. J
    243. A
    244. S
    245. O
    246. N
    247. D