Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Tiro no pé

por Pedro Quartin Graça, em 04.12.10

Muitos políticos portugueses gostam de dizer "lá fora" aquilo que "cá dentro" reprimem diariamente. No fundo foge-lhes a boca para a verdade. Quando se apanham longe da terra-mãe, "libertam-se". Foi assim que os nossos conhecidos Mário Lino e José Sócrates fizeram declarações apaixonadas relativamente ao seu ideal "ibérico". Foi também assim com outros tantos nossos patrícios. Mas ontem fomos surpreendidos por uma declaração pública de um ex-Primeiro-Ministro e actual Presidente da República, pretensamente reelegível à primeira volta nas eleições de Janeiro: Aníbal Cavaco Silva. Falando na Argentina, mais concretamente em Mar de Plata, o putativo candidato presidencial afirmou que escreveu com sete anos de antecedência aquilo que agora está acontecer em Portugal no domínio da economia, tendo então alertado para a importância das apostas na competitividade e aumento de produção.

Cavaco Silva assumiu esta posição perante os jornalistas, antes de participar na XX Cimeira Ibero-Americana, em Mar del Plata, na Argentina, onde também está presente até sábado o primeiro-ministro, José Sócrates.

"Há muito tempo que aponto o rumo que Portugal tem de seguir para conseguir enfrentar as dificuldades. Logo em 2003, quando publiquei um texto intitulado 'Dores de cabeça', escrevi com sete anos de antecedência aquilo que está a acontecer hoje em Portugal", disse.

Esta afirmação é tão mais estranha e grave quanto se dá o "pequeno pormenor" de Cavaco ser o político profissional com mais anos de poder em Portugal. E que, depois de vários anos de chefia do Governo, acrescentou, mais tarde, a presidência do mais alto cargo da Nação, sempre no desempenho da mais completa cooperação institucional de que há memória na história lusa. Para quem está há tanto tempo à frente do País, o mínimo que se esperava era que Cavaco Silva medisse as palavras e tivesse um mínimo de consideração pela inteligência de muitos dos seus potenciais eleitores. Nomeadamente aqueles que, entristecidos é certo, ainda se darão ao luxo de ir votar no candidato Cavaco na próxima Primavera. Mas, infelizmente, o tão apregoado bom-senso de outras ocasiões parece estar definitivamente arredado para as bandas de Belém. É pena.



Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Carlos Conde

    Muito agradeço o esclarecimento, EMS.Um grande alí...

  • Anónimo

    e as cascas das favas..abrem-se as favas cortando ...

  • Anónimo

    Sucesso interétnico, racial e de são convívio tamb...

  • Anónimo

    caro João TávoraGostei da expressão "atitude alarv...

  • mewtoo

    Ser conservador é insistir em cometer os mesmos e...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2008
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2007
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2006
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D

    subscrever feeds