Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Engulhos na tropa alegrista

por Rui Crull Tabosa, em 27.11.10

Manuel Alegre, o candidato da triste figura que o Partido Socialista teve e o Bloco de Esquerda quis apoiar nas próximas eleições presidenciais, não satisfeito com o KO que se prepara para levar de Cavaco, resolveu, agora, dar um autêntico tiro no pé, distanciando-se das causas fracturantes que o seu partido da era Sócrates e os alucinados trotskistas do bloco gostosamente cavalgam para desviar as atenções dos sérios problemas que o País vem atravessando.

Disse então Alegre que “A adopção [por casais homossexuais] sempre me pôs mais problemas, mais engulhos do que o resto. Não tenho um preconceito, mas penso nas crianças.

A frase revela um bom senso assinalável, quase diria surpreendente em tal criatura.

De facto, as crianças não são, não podem ser nunca arma de arremesso político daqueles que, mesmo legitimamente, em todo o caso optam por uma relação voluntariamente estéril. Quando se trata de adopção de crianças, o único titular de direitos é mesmo a criança e nunca os adultos que a pretendam adoptar.

(Como qualificar, pois, senão de miserável, o partido que insere a adopção de crianças no pacote dos "direitos das lésbicas, gays, bi-sexuais e trangender", não as referindo sequer nas políticas sociais ou da solidariedade relativamente aos casais heterossexuais, como ainda há um ano o fez o Bloco de Esquerda no seu programa eleitoral às últimas eleições legislativas?)

Seja como for, é desconcertante ver o comprometido silêncio que as referidas declarações de Manuel Alegre encontraram nos principais fundamentalistas das causas fracturantes e seus apoiantes destacados, como são os casos de Francisco Louçã e de Miguel Vale de Almeida, que até gravou um enfadonho vídeo a apelar ao voto em Alegre, que infra se reproduz.

Se continuarem a apoiar Alegre estamos conversados sobre a sinceridade política desses autênticos roedores da sociedade. De outros escritos nojentos, que equiparam o aborto a uma ida ao cabeleireiro, nem vale a pena falar…



Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • João Távora

    Eles que comam brioches. 

  • Anónimo

    Bravo, Henrique!

  • Anónimo

    José Mendonça da Cruz,Mariazinhices.ao

  • Anónimo

    José Mendonça da Cruz,Espero que tudo isto seja in...

  • Anónimo

    o contestado, detestado, empestado, etcé o bolso d...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2008
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2007
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2006
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D


    subscrever feeds