Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O impacto do OE 2011 na Justiça

por Pedro Quartin Graça, em 11.11.10

IMG

Para quem tinha dúvidas sobre as consequências do Orçamento para 2011 na aplicação da justiça basta conferir este despacho judicial de há poucos dias atrás. A boa vontade do magistrado, que assegurava trabalho extraordinário, de forma não remunerada, tem evidentemente de cessar pelos motivos expostos. Consequência: a aplicação da justiça sofre com isso. A culpa, essa, é daqueles que sabemos. Ainda alguém tem dúvidas?



5 comentários

Sem imagem de perfil

De Blondewithaphd a 11.11.2010 às 20:05

Junto-me!!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 11.11.2010 às 20:06

Eu acho muito bem. Muito bem e muito bem. Mais uma vez muito bem. Grande homem.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 11.11.2010 às 20:12


Mais digo: este despacho devia ser seguido por todos os magistrados, para que todos os advogados notificados possam manifestar-se e ficar registado nos autos a opinião do cidadão na matéria.
Sem imagem de perfil

De Q a 11.11.2010 às 22:11

Este, porque trabalhava a 100%, pode trabalhar menos 10% para compensar a descida remuneratória.

O problema é: que podem fazer todos os outros juízes, que já só trabalhavam 10% ou menos. Ou seja: como é que se faz trabalho negativo?

O problema é grave porque, para resolver o problema, vão ter que pensar, o que, já de si, é trabalho. E este é extra.

Estão a ver a complexidade da coisa?
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 11.11.2010 às 23:10


A complexidade da coisa não está sempre nos magistrados! Mas antes em advogados da TRETA, armados ao pingarelho, a quem apetece dar com o sapato (alto) na real trombinha. Advogadozecos que mal articulam, e quando abrem a boca expelem irritantes alegações que, apesar de recebidas pela devida óptica, não deixam de irritar...Pese embora haja magistrados que não escapam à «vontade» do saltinho na cara!

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Total concordância com o comentário das 15.58.Crei...

  • Anónimo

    "um projecto com uma coligação, que não inclua o ...

  • Rogerio Castro de Seixas

    Poderia concordar com a solução proposta pelo Sr O...

  • balio

    Alguém terá sempre que ir à frente. Se as vacinas ...

  • balio

    Israel e os Emiratos Árabes Unidos vão muito à fre...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2020
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2019
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2018
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2017
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2016
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2015
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2014
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2013
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2012
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2011
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2010
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2009
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2008
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2007
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D
    196. 2006
    197. J
    198. F
    199. M
    200. A
    201. M
    202. J
    203. J
    204. A
    205. S
    206. O
    207. N
    208. D