Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Opinião feminina: uma biografia antecipada

por Luísa Correia, em 30.07.10

Há criaturas - e algumas dedicaram-se à política - que trazem colado na testa o selo dos predestinados. Sabem-no, naturalmente. Sentem-se dotadas das condições pessoais que distinguem um tal escol, e têm pressa de inscrever, no papel, na pedra ou no aço, o nome que o mesmo papel, a mesma pedra ou o mesmo aço projectarão na História. Infelizmente, o destino já não é o que era, fez-se esquivo, até tortuoso, conluiando-se com a sorte e desvalorizando selos de garantia. E é por isso, só por isso, que o nosso ministro Mendonça, uma das criaturas de que falo, anda em pulgas. O destino, padrasto, decidiu atribuir-lhe o ministério em 2009, no momento errado - na verdade, num dos momentos mais fortemente depauperados da vida nacional de que consegue lembrar-se - e nem as suas firmes crenças, nem as suas juras e trejuras se revelam capazes de recuperar a situação dos cofres do Estado, relançar o seu plano grandioso de obras públicas e recolocar o seu futuro sobre carris. Pela minha parte, recomendar-lhe-ia um comportamento discreto; melhor dizendo, que redefinisse, para o ministério que lhe coube, uma política modesta, conforme às finanças disponíveis. Assim não entra na História? Pois não. Mas mostrando tamanho bom-senso, talvez o destino o recorde daqui a dez ou vinte anos, numa conjuntura favorável a uma dúzia de linhas de TGV, duas dúzias de novas auto-estradas, meia dúzia de aeroportos e outras tantas pontes sobre o Tejo, e lhe conceda o raro privilégio dessa segunda oportunidade. O ministro Mendonça é novo e parece-me a mim que não fará um sexagenário de deitar fora.



11 comentários

Sem imagem de perfil

De Opinião sem compromisso a 30.07.2010 às 21:03

Segundo o Portal do Governo que temos, vai com 55 primaveras: aqui a "nossa" D. Luísa ainda vai ter de esperar sentada.

Mas, se ele já está assim, com mais cinco anos em cima estará patarouco de todo, coitado do homem.


Image



 
Imagem de perfil

De Luísa Correia a 01.08.2010 às 14:38

Caro Opinião-sem-compromisso, por acaso julgava-o bastante mais novo. Mas concordo consigo: se já galgou a «raia equatorial» e ainda não perdeu a teimosia, não é criatura de quem se possam esperar grandes transformações futuras – especialmente no plano do senso que ainda não demonstrou. ;-)

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2020
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2019
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2018
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2017
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2016
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2015
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2014
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2013
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2012
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2011
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2010
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2009
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2008
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2007
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D
    196. 2006
    197. J
    198. F
    199. M
    200. A
    201. M
    202. J
    203. J
    204. A
    205. S
    206. O
    207. N
    208. D