Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




'A ellos! A ellos!'

por Rui Crull Tabosa, em 28.06.10
O Pedro que me desculpe, mas o meu espírito para amanhã é mesmo o de Aljubarrota.

Autoria e outros dados (tags, etc)



7 comentários

Sem imagem de perfil

De Bem visto! a 28.06.2010 às 21:14

Pois claro, voltemos à Idade Média!
Imagem de perfil

De José Mendonça da Cruz a 29.06.2010 às 00:46

Quem nos dera, meu caro Rui.
Mas:
O presidente da Federação é D. João I?
Queiroz é o condestável?
Escolhemos e preparámos o terreno?
Que selecção vai fazer de Catalunha para os espanhóis estarem distraídos?
O 4 X 3 X 3 é igual ao quadrado?
CR7 e Irina formam a Ala dos Namorados?
Seja como  for, o jogo de amanhã dói-me muito: se ganharmos é bom, ponto; se perdermos sabe muito, muito, muito mal.
Sem imagem de perfil

De João das Regras a 29.06.2010 às 01:01

(http://www.answers.com/topic/henry-ii)O Barão Bertran de Born (1140s – 1215) foi um cavaleiro francês nascido na Occitânia e subdito de Henrique II de Inglaterra, além de valoroso combatente também se notabilizou na poesia, principalmente num estilo "sirventes" de fundo politico ou militar, aqui fica um exemplo de um poema de sua autoria e que se poderá integrar no espirito.
Oh how I love the springtime fray

That brings the leaves and flowers out!

As much to hear the merry way

Of birds who throw their song about

To echo through the glen!

So much I love a meadow fair

Festooned with tents whose banners flare!

And oh! what rapture then

When ranks upon that field prepare,

Each armored knight upon his mare.

I love it when the scouts compel

The landed gentry there to flee,

A multitude of knights will swell

In hot pursuit and mounting glee.

And how I love it when

I see a crumbling castle tall

Besieged, with broken, tumbling wall,

The host advances then

Through sharpened staves contrived to maul

And ditches where the dead men fall.

So too I love the brave seignor

Who mounted, fearless, armored bright

Rides first into the fray and gore

For thus does he inspire with might

And valor all his men.

And when the battles escalate

Each man must cheerfully await

To follow him again.

For ‘till a foe you desecrate,

Your manhood’s only second-rate.

The club and sword and colored helm

The perforated, crumpled shield

Immediately overwhelm

The vassals fighting on the field.

Bewildered horses then

Run frantically, their riders bled.

And when they’re charging full ahead,

All brave and worthy men

Must look to hacking arm and head –

A coward’s worth less than the dead.

I tell you – sleeping, food nor drink,

Holds half the savor as the time

I hear both sides cry, “Too the brink!”

And when the panicked horses whine

And flee without their men.

I hear the cries of “Help!” in vain

And see them tumble, knight and thane,

In ditches on the fen.

Their splintered lances still remain

Upon the meadow, in the slain.

Go pawn your castle baron,

Your town, your city, all your store,

‘Ere ever you stop making war.
Sem imagem de perfil

De Anónimo Veneziano a 29.06.2010 às 04:36

NO MERCY! Como bradavam os anglo-saxões antes das batalhas.

 
Imagem de perfil

De Nuno Castelo-Branco a 29.06.2010 às 10:02

Sei que pode parecer mesquinho e loucura, mas gostava que os nossos "coreanizassem" os fulanos. Adorava!
Imagem de perfil

De Cristina Ribeiro a 29.06.2010 às 21:26

Que o ponta de lança de então os inspire, com recurso à táctica do quadrado.
Imagem de perfil

De Cristina Ribeiro a 29.06.2010 às 23:04

Que esperança tola a minha!

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Eu não faço exigências irracionais: se os jornais ...

  • Anónimo

    Mas eu também vi cabras sapadoras a destruir os po...

  • Luís Lavoura

    é inevitável haver conflitos entre pastorícia e ag...

  • Luís Lavoura

    O Henrique faz exigências irracionais aos jornalis...

  • Anónimo

    Os fogos resolvem-se antes de se necessário apaga-...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2007
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2006
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D