Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




São verdes, não prestam

por João Távora, em 26.05.10

 

Talvez sob o patrocínio da Comissão Nacional para as Celebrações do Centenário da Republica do Dr. Santos Silva, o Diário de Notícias titula hoje que a “Rainha pede cortes no meio do luxo” a propósito do discurso na sessão inaugural do parlamento inglês. Este aleivoso título é ilustrado com uma imagem de pompa e circunstância de Isabel II à chegada a Westminster. Num pequeno texto a negrito em baixo pergunta-se, numa tentativa de ironia, se a casa real britânica que cujo orçamento de 2009 foi de 48,2 milhões de euros este ano também vai apertar o cinto.

Espantoso é todo este preconceito alimentado neste país sempre “na crista da onda”, esbanjador e à beira da falência, que pretende, quem sabe, direcionar a ancestral mesquinhez e ressabiamento luso, para os imperialistas da Velha Albion, a mais antiga, estável e prospera democracia do mundo. A rainha deslocou-se numa carruagem dourada usando uma tiara com três mil diamantes preciosos, salienta a jornalista Patrícia Viegas, sem explicar que todos estes artefactos pejados de simbolismo, pertencem ao Estado, e que nestes ancestrais rituais se identifica todo aquele povo empreendedor e orgulhoso. De resto não é feito nenhum estudo comparativo entre os 48,2 milhões e os custos de outras chefias de Estado europeias, como por exemplo a portuguesa: a presidência da república custa a cada português nada menos que o dobro do que custa a cada Britânico a sua Monarquia. A diferença é ainda mais gritante se a comparação for feita em percentagem do PIB (valores Wikipedia para 2007): 0.0115% do PIB em Portugal, 0.0023% do PIB no Reino Unido. De resto, não falemos de eficácia, sobre isso estamos conversados.

 

Fontes: The British Monarchy e Ministério das Finanças, Direcção Geral do Orçamento

 

Agradecimentos a Luís Bonifácio



Autoria e outros dados (tags, etc)



10 comentários

Sem imagem de perfil

De Ai, caitadinha dela a 26.05.2010 às 15:54


Pois é, gastam tão poucochinho com a Monarquia que até a Duquesa de York tem de andar a fazer pela vida, caitadinha dela.
Sem imagem de perfil

De Referendo é que nada! a 26.05.2010 às 17:45


  • The British people have never had the chance to vote for or against a monarchy. Unlike countries which have a written constitution, much of our system of government has been inherited from an undemocratic past. Although Parliament might vote to abolish the monarchy, under the Treason Felony Act 1848 it is treason if "any person whatsoever, within the United Kingdom or without devise or intend to deprive our most gracious Lady the Queen from the style, honor or Royal Name of the Imperial Crown of the United Kingdom." Many monarchists argue that advocating republican democracy is therefore seditious and illegal.
  • Imagem de perfil

    De Nuno Castelo-Branco a 26.05.2010 às 20:00

    YOU already lost one referendum in Australia. Try it in the UK and you will see...
    Sem imagem de perfil

    De Pois é, nem é preciso a 26.05.2010 às 20:01


    Tal como os monárquicos aqui na Tugalândia...
    Sem imagem de perfil

    De Ega a 26.05.2010 às 18:35


    Quantos portugueses não andarão de olhos em bico, a ver se arranjam emprego em Inglaterra?
    Se tiverem essa oportunidade, talvez ela resulte também num bom estágio político.
    Sem imagem de perfil

    De Pedro a 26.05.2010 às 20:19

    Ega, eu posso arranjar-lhe um emprego num aviário, em Inglaterra. Há lá lugares vagos, deixados por portugueses que sairam por serem pagos e tratados abaixo de cão.. Quanto ao "estágio politico", aconselho-o a ler com atenção a imprensa inglesa de forma a conhecer as asneiras que por lá se fazem. Não me parece que se recomende.  A "eficácia" de que fala o João Távora, só pode ser anedota. Ate os ingleses (sobretudo eles) se ririam.
    Imagem de perfil

    De Nuno Castelo-Branco a 26.05.2010 às 19:59

    Ainda por cima, precisamente no momento em que a CÔDEA de Belém viu este anoo aumentados os proventos em 4 milhões de Euros. Recebia 17,7 milhões/ano, não contando com as CÔDEAS (3) que continuamos a manter fora desse orçamento.  O que a tal Paulinha não sabe é que essa dotação anual para Buckingham, compreende todo o tipo de despesas, obras de manutenção incluídas. Aqui como é? Outro "pequeno"detalhe, prende-se com os bens fundiários da Casa Real que há mais de duzentos anos revertem para o Tesouro do Estado e que são...  CEM VEZES superiores à lista civil ! Bem faria Isabel II em prescindir dessa lista e passar a receber do seu património pessoal, acumulado ao longo de mais de mil anos. É precisamente com esse dinheiro que se sustenta a classe política britânica.


    A tal Paulinha também se esqueceu de dizer - nem deve sonhar, coitadinha... - que a Monarquia representa uma colossal fonte de receita para os cofres do Estado. By Appointment e outros royalties arrecadados por patrocínio da Coroa, são uma fonte inesgotável de receita, para nem sequer falarmos das dezenas de milhar de pessoas que trabalham na indústria que vive devido a essa instituição. Comprariam um serviço de chá com as armas da república "portuguesa"? Nem na Feira do Relógio teriam sucesso a vender uma "machimba" tamanha!


    Antes de criticarem a Rainha - tomáramos nós podermos mostrar uma vez por ano as jóias da Coroa, símbolos da nossa arte e de um passado imortal -, vejam bem que tipo de CÔDEAS andamos a sustentar. Ridículo!
    Sem imagem de perfil

    De APC a 26.05.2010 às 22:28


    Eu lamento muito JT que a sua independência e multivisão nas Músicas, bata com uma visão concentracionária quando se fala ou se refere a Monarquia por pior que ela seja ou aja.
    Aqui V. é cego ou simplesmente invisual ?
    Sem imagem de perfil

    De LUIS BARATA a 27.05.2010 às 10:27

    Será que a sra.jornalista não sabe que a carruagem que levou Isabel II é de 1911, embora com melhoramentos há uns anos atrás, e a coroa em causa tem séculos? Que têm tais objectos a ver com a actual crise económica?
    Triste demagogia!
    Sem imagem de perfil

    De joana andrade a 27.05.2010 às 17:47

    E um comentario demagogico, que nao distingue a sra D. Isabel de Windsor do cargo que ocupa. A senhora tanto quanto se sabe leva uma vida relativamente modesta e inclusive voluntariamente acabou com a pratica da monarquia britanica nao pagar impostos.

    Comentar post



    Corta-fitas

    Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

    Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




    Notícias

    A Batalha
    D. Notícias
    D. Económico
    Expresso
    iOnline
    J. Negócios
    TVI24
    JornalEconómico
    Global
    Público
    SIC-Notícias
    TSF
    Observador

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Comentários recentes

    • Luís Lavoura

      um infeliz acidente rodoviário é coisa para nunca ...

    • António

      Nem sei como há ainda quem leve o BE a sério. Um p...

    • António

      Às tantas o PSD ainda ganha. Com o PSD tão próximo...

    • Anónimo

      Mas ainda há alguém que leve a sério a prostituída...

    • Anónimo

      Os madeirenses sofreram imenso. Só eu, que vivo em...


    Links

    Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2007
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2006
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D