Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




E a indignação?

por Pedro Correia, em 16.02.06
A Polícia Judiciária entra nas instalações de um diário e leva de lá o computador de um jornalista - um facto inédito em 30 anos de vida democrática. Os mais ingénuos aguardariam que se levantasse um clamor de indignação das estruturas dirigentes dos jornalistas e dos profissionais da indignação fácil. Nada disso: até ao momento, foi quase como se nada acontecesse. Como se isto fosse normal. Como se isto fosse um comportamento aceitável por parte de uma justiça desacreditada, que vida transformar os jornalistas em bodes-expiatórios de todas as suas crises e de todas as suas frustrações.

Autoria e outros dados (tags, etc)



5 comentários

Sem imagem de perfil

De Pedro Correia a 19.02.2006 às 11:46

Claro que a PJ pode fazê-lo, claro que ninguém está acima da lei. Mas se a moda pega, e prolifera, bem podemos dizer adeus à liberdade de imprensa tal como a conhecemos hoje. Que fonte confiará num jornalista que daí a pouco poderá ter o seu computador devassado pela polícia?
Sem imagem de perfil

De Luis Goldschmidt a 19.02.2006 às 01:42

Claro que é inédito! Em 1974 não haviam computadores nas redacções! E a PIDE não apreendia máquinas de ecrever. Ou apreendia?
Sem imagem de perfil

De Mais Notas Soltas a 18.02.2006 às 22:23

É ilegal? A PJ pode fazer isso em empresas privadas, câmaras municipais, residências de ex-ministros e não pode fazê-lo num jornal? Mas quem são vocês, jornalistas? Virgens imaculadas, puras e incorruptíveis? Seres superiores ao resto da Humanidade e que, como tal, requerem normas especiais?

http://maquinazero.blogspot.com/
Sem imagem de perfil

De Pedro Correia a 16.02.2006 às 18:40

É sempre mais fácil matar o mensageiro...
Sem imagem de perfil

De Rui Castro a 16.02.2006 às 18:19

A indignação aparece mais tarde. Nós aqui na blogosfera é que nos adiantamos nestas matérias. Não sei se o forum tsf de hoje não foi já sobre esse assunto e outros programas que tais irão escalpelizar até à exaustão. O que é extraordinário é que provavelmente o principal culpado - aquele que deu as informações aos jornalistas - nunca há-de ser responsabilizado.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Pois, se eu fosse a si ia morrer longe...

  • Lucas Galuxo

    É um formalismo não. É uma mentira ...

  • Anónimo

    Não precisa de desempate. As declarações do Sócrat...

  • Anónimo

    lágrimas de crocodilo meu caro. Se tivessem ficado...

  • Anónimo

    EU QUERO MORRER E NÃO EM CUIDADOS PALIATIVAS. já v...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2008
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2007
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2006
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D