Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Crise política eminente

por Pedro Quartin Graça, em 03.05.10

Os indícios acumulam-se. Mesmo contra o desejo de estabilidade governativa sempre evidenciado por Cavaco Silva, a verdade é que o Governo socialista tem dado mostras de que não abdica das principais causas do agravamento das já de si desastrosas contas públicas: as grandes obras, com o lunático projecto de construção, a curto prazo, do novo aeroporto, à cabeça destas. E se é verdade que o TGV com ligação a Espanha trará benefícios comerciais a médio prazo para o país, já a casmurrice evidenciada na construção do novo aeroporto e da 3ª travessia do Tejo - aqui de braço dado com o edil de Lisboa António Costa -  são verdadeiramente incompreensíveis de um ponto de vista técnico face à diminuição do tráfego aéreo e ao excesso de janelas horárias disponíveis na Portela; quanto à nova ponte, esta esbarra com os problemas que o aumento do número de carros trará a Lisboa, o seu próprio projecto de construção e o facto, incompreensível também, de, a ser construída, não ser apenas ferroviária. Ao ter esta atitude, o governo do PS desafia directamente o Presidente da República e dispõe-se a ir a jogo novamente em eleições antecipadas. Cavaco, por sua vez, dá sinais equívocos quanto ao que fará no que à Presidência da República diz respeito, mas sabe-se que a recandidatura não é, afinal, um dado totalmente adquirido neste momento. Entretanto, recebeu os nove ex-ministros das Finanças, uma grande parte deles com a sua quota-parte de responsabilidade no que à actual situação do país diz respeito. Por isso a conclusão da autoria de Vítor Fonseca e que pode ser lida aqui não me surpreenderia: "a audição concedida aos ex-ministros, seguida, possivelmente da consulta aos partidos, consulta das instâncias europeias e acalmia dos mercados financeiros, confluirá na marcação de numa reunião do Conselho de Estado e na dissolução da Assembleia da República. O Verão pode ser trazer novidades e um novo governo para Portugal."



7 comentários

Imagem de perfil

De Nuno Castelo-Branco a 03.05.2010 às 18:58

E eu irei nesse mesmo dia à praia. Acabou-se a confiança.
Sem imagem de perfil

De eminente, tá-se mesmo a ver a 03.05.2010 às 19:10


eminente

adj. 2 gén.

1. Elevado; excelente.

2. Que excede aos outros.
Imagem de perfil

De Pedro Quartin Graça a 03.05.2010 às 21:02

É exactamente esse o objectivo do título; crise política elevada, no sentido de ultrapassar aquela que, de certa forma já existe, da proeminência portanto face à actual situação. Mas muito obrigado pelo esclarecimento.Image
Sem imagem de perfil

De Enxergue-se, senhor a 03.05.2010 às 21:21

Deixe-se disso, o que queria escrever era IMINENTE.
Imagem de perfil

De Pedro Quartin Graça a 03.05.2010 às 22:45

Não há nada de mais presumido do que pretender saber aquilo que um terceiro quis escrever. Já alguma vez ganhou o euromilhões? Se não o fez já percebi a razão...
Imagem de perfil

De Pedro Quartin Graça a 03.05.2010 às 22:49

Ou será presunçoso? Desta vez é que estou baralhado...Image


Sem imagem de perfil

De Ega a 03.05.2010 às 22:54


Eleições já no Verão? Cedo de mais para resultados positivos.
Cavaco não se recandidata? F. Nobre é uma alternativa de direita, ou o velho Cavaco volta a fugir, como já fugiu, quando vê a coisa mal para (e arranja um F. Nogueira qualquer para aguentar os indios até que cheguem os reforços que nunca chegarão)?.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Se Portugal é um pseudo país não sei o que estás c...

  • Rui

    Quantas ligações OPO-LIS estão previstas. Já viu? ...

  • Rui

    Total desconhecimento da realidade económica do pa...

  • Rui

    Verdade, desde que seja um hub. Por acaso o senhor...

  • Anónimo

    concordoPor isso eu tenho a ideia que a democracia...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2008
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2007
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2006
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D