Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Esta é a pertinente pergunta que Carlos Abreu Amorim faz no Blasfémias. Com o título "PROCURA-SE, em estado mudo ou comatoso!", CAA põe a instituição e os seus titulares (e um deles em especial) a nú! Confira aqui.



9 comentários

Sem imagem de perfil

De Ega a 30.04.2010 às 20:33


Caro Quartin Graça:
A resposta está clarissima nas fotos: ou para andarmos ao ritmo da tartaruga, ou para treparmos ao coqueiro e ganhar uns trocos à conta da curiosidade dos turistas.
J. da Ega
Sem imagem de perfil

De E está cheio de razão a 30.04.2010 às 21:08

Isto ia lá era com Sua Alteza Real o Senhor Dom Duarte Nuno Fernando Maria Miguel Gabriel Rafael Francisco Xavier Raimundo António de Bragança a plantar alfaces nos jardins do Palácio de Belém.
Sem imagem de perfil

De Ega a 30.04.2010 às 22:24


Inteiramente de acordo, não fora o caso de S.A.R. haver falecido em 1976.
Imagem de perfil

De Nuno Castelo-Branco a 30.04.2010 às 23:54

Pois é, pelo menos tinha uma profissão e dava o exemplo.
Sem imagem de perfil

De NunoFCouto a 01.05.2010 às 00:06

O meu amigo que está cheio de razão, ou acha que está, querería porventura referir-se ao filho desse, o D. Duarte Pio João Miguel Gabriel Rafael de Bragança.
Sem imagem de perfil

De Maria da Fonte a 01.05.2010 às 01:28

Teria ido! Teria ido!

Só que se isso tivesse acontecido, como é que as republicanas inutilidades, iriam continuar a desfilar pelos Salões dos Palácios, que não construiram, e cuja História não conhecem, e mostrar aos amigos as Porcelanas da Companhia das Índias, ainda que desconheçam em absoluto, o motivo do nome ´"Indias"?

Como poderiam organizar almoços e jantares, à custa do erário público, onde discutem o destino de Portugal, como se Portugal fosse uma campo privado, e os portugueses não passassem de bolas de Golfe, que se entretêm a bater, nas horas vagas, porque alguém  lhes disse um dia, ser um desporto raffiné?

Como poderiam continuar a passear  de Falcon, que só para descolar, gasta uma fortuna em combustível, as suas Institucionais figuras?

Como poderiam continuar a comprar o guarda-roupa em selectas,  exclusivas e colunáveis Lojas de Beverly Hills, ou convocar os mídia, cada vez que "fazem Jogging", pelas Ruas e Praças da Europa, para mostrar ao Povo, que detestam, como são pessoas honestas simples e despretenciosas, e como é legítima a Imunidade dos Titulares de Orgãos de Soberania?

Como poderiam continuar a sacudir para o pó da berma, todos os carros que circulam, quando as suas importantes e super-escoltadas personagens, se deslocam pela capital, para assistir a uma qualquer final de um campeonato de futebol?

Etc. Etc. Etc. 

Maria da Fonte    
Sem imagem de perfil

De Pedro Coimbra a 01.05.2010 às 08:11

Só uma pergunta - o Soares sentado na tartaruga não é crueldade?
A Sociedade Protectora dos Animais não disse nada?
Sem imagem de perfil

De Um rapz modesto a 01.05.2010 às 12:02

D. Duarte Pio de Bragança reivindica os seguintes títulos: Rei de Portugal Infante de Portugal Príncipe Real de Portugal Príncipe da Beira Duque de Barcelos Duque de Bragança Duque de Guimarães Marquês de Vila Viçosa Conde de Arraiolos Conde de Barcelos Conde de Neiva Conde de Ourém Como chefe da Casa Real Portuguesa, D. Duarte Pio reivindica-se também como grão-mestre da Ordem de Nossa Senhora da Conceição de Vila Viçosa e bailio grã-cruz da Ordem Soberana de Malta.
Sem imagem de perfil

De Ega a 01.05.2010 às 18:41


Deixe lá. O PR é o manda-chuva de todas as Ordens Militares do País e das Forças Armadas também.
Eu assisti às preliminares explicações que lhe foram dadas acerca de como matar faisões. Conseguiu acertar num.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2020
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2019
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2018
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2017
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2016
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2015
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2014
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2013
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2012
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2011
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2010
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2009
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2008
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2007
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D
    196. 2006
    197. J
    198. F
    199. M
    200. A
    201. M
    202. J
    203. J
    204. A
    205. S
    206. O
    207. N
    208. D