Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Sob o jugo do G.A.D.U.*

por João Távora, em 15.04.10

 

 

Um interessante artigo sobre a bandeira nacional pode ser lido aqui.

 

* Grande Arquitecto do Universo



30 comentários

Imagem de perfil

De Réspublica a 15.04.2010 às 18:27

Caro amigo, não deveria ser G.A.U. (o "d" de do não deveria contar!), mas dessa malta da maçonaria, regular (a que acredita em Deus) e irregular (os que acreditam no dinheiro) espera-se tudo!
Esses jesuitas e profanos de avental, que comprimentam-se com um beijo e utilizam caixões, esqueletos, caveiras, panos pretos, luvas brancas, espadas, sal, enxofre, ossos, tochas e aventais e o sinal da saudação nazi (onde é que eu li isto?)... 
Mas o mais certo é eu não perceber nada da maçonaria, é que mete muitos graus e afins, bem como ainda não eprcebi se no GOL acreditam ou não em Deus, GADU ou o que raio é!!!


 
Sem imagem de perfil

De Ega a 15.04.2010 às 20:15


Meu caro Amigo: vai uma polemicazinha sobre os jesuitas? Eu advogo a favor.
Imagem de perfil

De Réspublica a 15.04.2010 às 21:28

Pode ser eu invoco a jurisprudência...
Sem imagem de perfil

De rui a. a 15.04.2010 às 18:44

Caro Réspublica,

Como é que uma pessoa como você, que usa esse pseudónimo, que é um profundo conhecedor da Revolução Francesa, na qual admira o período jacobino do Terror e o seu Sacerdote Supremo, Maximillien Marie Isidore de Robespierre, que, por sinal, organizou e presidiu à Festa do Ser Supremo (está a ver as conotações?...), tem tamanha aversão à Maçonaria e ao GADU, ou SADU, ao ponto de dizer que não percebe nada da instituição?

Saudações,
Imagem de perfil

De Réspublica a 15.04.2010 às 21:33

Tocheut, caro Doutor... mas uma coisa é admirar a Primavera dos Povos e a Libertação das amarras do Ancien Regime, outra diferente é ter interesse de conhecer uma organização perversa que nada tem que se relacione com os grémios do século das Luzes, ou acha que a maçonaria actual é igual à do século XVIII e XIX, a actual é é oportunista e procura o favorecimento pessoal, a antiga defendia a liberdade e a evolução da humanidade...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 15.04.2010 às 23:42

«Tocheut» foi quem?


 
Sem imagem de perfil

De Maria da Fonte a 16.04.2010 às 06:13

Santa Ignorância Rés

Quais Amarras?
Qual Liberdade?
Quais Trombetas?
Quais Cravos
Qual Revolução de Outubro?
Qual Revolução Francesa?
Qual Inquisição?
Qual Império Romano?

Essa maldita Matilha Maçónica persegue-nos há milhares de anos!

Ou será que ainda não percebeu que a luta não é de Classes, é Genética?!

Maria da Fonte


Maria da Fonte
Imagem de perfil

De Réspublica a 16.04.2010 às 09:52

Sim, sim nós sabemos a Maria da Fonte acredita que descendemos de um qualquer povo vindo daquela ilha imaginária saida da mente destorcida de Platão!!!
Mas tal, a mim não se aplica, sou descendente do povo superior, dos nobres troianos que se restabeleceram no Lácio e construiram Alba Longa e Roma, de Ingleses e parcialmente de portugueses descendentes dos lusitâno-romanos e de suevo-romanos.
Imagem de perfil

De Réspublica a 15.04.2010 às 21:50

Caro Doutor, outra coisa SADU?  Isso faz lembrar outras realidades, que como dizia um antigo professor meu, faz lembrar soalho!!! Mas como falamos da maçonaria deve ser a mesma coisa...
Imagem de perfil

De Nuno Castelo-Branco a 15.04.2010 às 19:12

Já tivemos tantas bandeiras que quando "essa" se for, ao fm de 1 mês ninguém dela se lembrará. para isso, bastará o CR surgir no estádio com a nova camiseta da "selecção". Está mais que previsto.
Sem imagem de perfil

De Ega a 15.04.2010 às 20:23


Este estudo tem sobretudo de histórico, é factual. Não corresponde a nunhuma montagem politica.
Esses blogs que por aí pululam e festejam e falseiam a República, tinham a obrigação moral de nos deixar depositar neles esta informação.

Mas não: trata-se de blogs absolutamente fechados, guarda-costas por toda a parte.
A gente entra, é olhado como suspeito, e logo intimado por um sujeito de ar duvidoso e gabardine - os seus documentos? Identificamo-nos. E vem a sacramental pergunta - é a favor ou contra?. A República, claro.
Habituados a falar verdade, logo o sujeito da gabardine nos manda embora, não sem que antes se certifique se lá deixámos alguma bomba.
(- Oh homem, olhe que não sou da Carbonária!...). Por isso mesmo, se calhar. Outra revistadela. E depois, comentários - lápis azul neles. Verdades históricas, rapadas cerces pelos coroneis do regime. E, à despedida, um coro xungoso a berrar-nos aos ouvidos: «abaixo o fascismo!, abaixo o fascismo!».
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 15.04.2010 às 23:45

Comprimento a sabeduria de quem sabe e envoca a juriscagência.

 
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 15.04.2010 às 21:10

Mas onde é que está a Maria da Fonte?!

Image
Sem imagem de perfil

De serviço informativo a 15.04.2010 às 23:27


A Exma Senhora Dona Maria da Fonte tem um horário próprio, como toda a gente sabe.
Sem imagem de perfil

De Maria da Fonte a 16.04.2010 às 06:03

A Maria da Fonte, esteve a trabalhar até ás tantas, para arranjar verba, para pagar os impostos com que a Maçonaria é régiamente subsidiada.


Maria da Fonte 
Imagem de perfil

De Réspublica a 16.04.2010 às 09:42

Os impostos são o preço que pagamos pela nossa liberdade, dizem!!!
Sem imagem de perfil

De Maria da Fonte a 16.04.2010 às 21:14

Esse conceito é Kafkiano!

A Liberdade não se compra, nem se vende.
Não é comerciável!

Maria da Fonte
Imagem de perfil

De Réspublica a 17.04.2010 às 10:18

Por acaso não é kafkiano, mas americano, resulta da ideia de contrato social, em que os impostos são pagos para fazer face às despesas do Estado com a defesa dos seus cidadãos, vem da ideia de "não há impostos sem representação", bem como Tacito dixit:
"A paz das nações não pode ser obtida sem armas, nem as armas sem dinheiro, nem o dinheiro sem imposto"
Sem imagem de perfil

De rui a. a 15.04.2010 às 21:59

Caro Rés,

Você é um romântico, meu caro. Impressionou-me vivamente a sua alegoria sobre a "Primavera dos Povos". Caramba!

Já agora, uma outra sugestão para as suas lembranças: SADU-MASOK! É muito mais animado e quase tão romântico como o seu Maximillien!

Saudações,
Imagem de perfil

De Réspublica a 16.04.2010 às 09:44

:), :), :)!!! Se vermos algumas piadas sobre os rituais maçonicos, se calhar até essa era a expressão mais indicada!!!
Sem imagem de perfil

De João das Regras a 16.04.2010 às 01:52

No espaço reservado à bandeira alemã o autor comete erro crasso, em ambas as bandeiras, pois a que apresenta como tricolor do império é a bandeira tricolor sim mas da republica de Weimar , em que o branco da bandeira imperial, é substituído pelo amarelo (dourado) da bandeira da republica, quanto à bandeira apresentada como sendo a oficial do III reich , isso não corresponde à verdade pois a que apresenta é a bandeira do partido nazi, a bandeira adoptada como oficial da Alemanha nesse período , tem lá a suástica mas é completamente diferente. A única coisa em que o autor acerta, é que realmente a mudança é completa e total de uma para a outra.
Sem imagem de perfil

De Maria da Fonte a 16.04.2010 às 06:41

Caro João de Távora

Sempre me interrogo, se a parolada Maçónica, sabe realmente o significado do que colocou no Centro da Bandeira?

É que é preciso ser-se muito burro, para colocar uma "Esfera Armilar" de Dom João II, com os Sete Castelos de Dom João II, Os Cinco Escudetes ao Alto, de Dom João II, com as Cinco Chagas, de Dom João II, na Bandeira de Portugal, e nem ao menos perceberem que um dia, O REI DOM JOÃO II, seria ressuscitado.

E que quando isso acontecesse, Osíris colocaria num dos pratos da Balança, uma Pena, da Pomba que a Maçonaria matou, e no outro, um a um, os coração de chumbo de toda a Irmandade.  

Maria da Fonte
Imagem de perfil

De Réspublica a 16.04.2010 às 09:47

A esfera armilar é de D. Manuel I! Mas o resto não está fora da verdade, mas os autores da bandeira tinha conhecimento disso, essa era uma das razões do vermelho da bandeira, por representar o estandarte de D. João II, a guarda pretoriana do regime (a actual GNR) adoptou o lema de D. João II "Pela lei e pela grei", e foram erguidos os maiores ilogios a D. João II, quase mostrado, a para com o rei Pombal, como um verdadeiro republicano.
Sem imagem de perfil

De Marquesa de Carabás a 16.04.2010 às 15:00

Réspublica,

Eu quando o oiço a falar no D. João II até tremo. Temo um retrocesso, um qualquer deslize, naquilo que tanto trabalhinho deu...concentre-se! Faça o favor de se concentrar.



Cumprimentos,





Marquesa de Carabás



Imagem de perfil

De Réspublica a 16.04.2010 às 17:30

Ora, cara amaiga não se preocupe, o único descendente de D. João II que conheço não quer ser rei e apoia el-rei D. Duarte II (III para alguns), por isso, não haverá qualquer retrocesso S.A.R. é D. Duarte.
Sem imagem de perfil

De Maria da Fonte a 16.04.2010 às 20:54

Rés
 
Não diga disparates!
 
A Esfera Armilar é de Dom João II.
Como TODO O RESTO!
 
O pateta do primo, nunca chegou a perceber o seu significado.
Não tinha neurónios à altura.
Os neurónios de D. Manuel estavam situados, um bocado mais abaixo!
 
Aliás, D. Manuel também vendia essa histórinha  dos Troianos descenderem do Lácio, ao invés da sua verdadeira origem, no Peloponeso.

Mas isso, caro Rés, era só para ninguém se aperceber, que Rómulo assassinou o irmão Remo, e antes disso, ambos tinham morto a Loba que os criara, marcando definitivamente com o pior dos  Crimes, o início de Roma.
 
Tal como o Reinado de D. Manuel!
 
Maria da Fonte

 
 
Imagem de perfil

De Réspublica a 17.04.2010 às 10:21

Roma teve o seu início num fratricídio, é um facto histórico, mas apenas porque Remo violou a lei da cidade.
Nenhuma "estória" que diga afasta a verdade, que Roma é a Urbs Mundi, a capital da Fé e dos homens, a única cidade com dignidade e capacidade de liderar a humanidade numa nova Idade do Ouro, em que os gregos e as suas influências pervérsas nos afundaram, como disse Cicero.
Sem imagem de perfil

De Pedro Morgado a 16.04.2010 às 15:10

Interessante ou hilariante? Só por piada se pode comparar a República Portuguesa aos Nazis ou aos Sovietes...
Sem imagem de perfil

De Maria da Fonte a 16.04.2010 às 21:08


Porquê Exmo Sr Morgado?

Acaso não são todos da mesma estirpe?

Ou acha assim tão significativa, a diferença no número das vítimas?

Maria da Fonte

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Zé dos Grelos

    Não existe nenhuma pandemia, trata-se apenas de sa...

  • Anónimo

    os enormes holofotes sobre uma infeção que pode vi...

  • Anónimo

    A OMS não aconselhou o fecho de fronteiras no iníc...

  • Anónimo

    O autor do texto enxerga fora da caixinha. Parabén...

  • Anónimo

    para escapar ao golpe militar do familiardesfrizou...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2008
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2007
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2006
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D