Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ultraje significa ofensa grave. É o caso. Como português sinto-me ofendido quando alguns, em nome da Nação, decidem, com o apoio do nosso Governo, apresentar uma candidatura à principal competição mundial de futebol, e o fazem de uma maneira lesiva da história e do nome de Portugal. É um ultraje quando responsáveis nacionais do futebol, autores da ideia da candidatura, se deixam ultrapassar por Espanha, que entretanto percebeu o potencial político para as suas cores da ideia que lhes foi proposta pelos portugueses, e aceitam que esta candidatura se denomine de "Candidatura Ibérica" e tenha um site com o mesmo nome na internet. É um ultraje quando o nome de Portugal, autor da ideia, surge agora em segundo lugar. É um ultraje quando o nosso País participa neste evento quase como se fosse um "convidado" de Espanha e tem jogos apenas em 2 cidades: Lisboa e Porto contra as 17 (!) cidades espanholas. É um ultraje quando a final da competição se realiza em Madrid perante a passividade de Portugal. É por fim um ultraje quando se aceita que um texto com este teor surja publicado no site oficial da candidatura:(...) España y Portugal, dos países con frontera común en los mapas pero sin líneas divisorias en la realidad cotidiana, hablan de unidad. Dos países que han caminado juntos una misma historia, la historia de la Península Ibérica, donde se han entrecruzado diferentes pueblos provenientes de desiguales horizontes no sólo geográficos, sino también culturales y religiosos. Portugal y España son dos pueblos donde sus ciudadanos comparten, y han compartido, el mismo destino, la misma fe en el futuro, las mismas ansias de progreso en una tierra hermosa, dura y rica, la que forjado el carácter del “homo ibericus” (!!!)

E para que não venha já alguém dizer que algo me move contra os espanhóis, desde já aqui deixo o meu registo de interesses: estudei e ainda estudo em Espanha, em estudos pós-graduados. Tenho admiração pelos espanhóis, mas sou português. Outros, com esta candidatura que envergonha Portugal, dificilmente justificam a nacionalidade que ostentam no seu BI.

Autoria e outros dados (tags, etc)



36 comentários

Imagem de perfil

De Nuno Castelo-Branco a 14.04.2010 às 21:18

E a matilha vai crescendo e a soldo. Na semana passada, foi o sr. Menezes (de Gaia). Diz que a resolução dos problemas do país está no futebol! mais um saramaguês.  Ao que chegámos!
Sem imagem de perfil

De Maria da Fonte a 15.04.2010 às 06:03

Claro que para a Matilha Maçónica, o futuro está nos Futebóis!

Os portugueses, estão tão destraídos, que nem vêm que entraram na BANCA ROTA!

Mas não se pode boicotar essa porcaria!
Afinal é o nosso dinheiro que está en jogo!

Mas quando é que a passividade acaba?

E  Menezes, se tivesse vergonha na cara, nem abria a boca.
Todos sabemos muito bem a enorme sacanice que nos fez, quando representou o papel de chefe de fila da Matilha Maçónica, e apeou  Marques Mendes do PSD, só para permitir que o Tratado de Lisboa, não fosse a REFERENDO!

Mas esse bando de energúmenos ainda não percebeu, que nós estamos a par de tudo?
Incluindo do Passado!

Que eles desconhecem, em absoluto!

Maria da Fonte
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 15.04.2010 às 14:35

O Sr. Menezes precisa de uma punção ao cérebro...com agulha fina e longa.

Ena, se o tipo dos pneus ou os «Misteres» do futebol... fossem governo! Conhecem o microfone, gerem equipas, estratégias vencedoras...têm espírito de equipa, vestem a camisola, percebem de viaturas de topo de gama....O filho da D. Dolores Aveiro podia ser chefe de gabinete do Mourinho...a Ronalda podia ser porta - voz do Conselho de Ministros...O Madaíl, primeiro - ministro e o Major, PRESIDENTE. Tem cara de «quem manda».

Futre, pela sua fluência em castelhano podia ser o mandatário para a fusão da Ibéria.

Claro, o que manda em Sintra, um tal Roboredo, perito em comentários de esférico, podia ser o presidente da AR e a Judite - sua guarda - costas, conselheira de Estado.

O Figo, esse...pela experência ganha em pequenos-almoços politicos....punhamo-lo em PGR, sob a orientação do tipo que sabe gerir a noite no Algarve. Depois, teríamos os «boys»....

Paulo Bento...mandado para uma Escola da Carneggie Hall, para aprender a falar depressa e só depois se consideraria um eventual tacho para ele.

No TC, pas de «mexidela», pois as prescrições e arquivamentos já se encontram institucionalizados.

Manifs: no Marquês de Pombal. Os jornalistas teriam sempre matéria para transmitir, em directo, e o hino passaria a ser o «Portugal Olé». Ui.
Image


Sem imagem de perfil

De JMG a 14.04.2010 às 22:57

Já eu confesso-me iberista, com apenas duas condições: i) Que a capital seja em Lisboa; ii) Que o Governo seja Português. Infelizmente para mim, esta variedade de iberistas não tem adeptos do lado de lá da fronteira que dizem não existir.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 14.04.2010 às 23:00

Eu sou raiana. Não quero confundir-me com os «si» do lado de lá...se a moda de Macau pega!...começa a haver muitos «Condes Andeiros» em Portugal...«manetas» já há...não gosto dessa coisa do «iberismo».
Image
Sem imagem de perfil

De Carlos Velasco a 15.04.2010 às 18:02

Resta saber quem é o activo e o passivo nessa estória de casamento homoibericus!
Sem imagem de perfil

De Pedro Fragoso a 15.04.2010 às 22:05

Gostaria de lhe dizer uma coisa. Espanha não vai ter 17 cidades a organizar o Mundial. Se percebesse do assunto não diria disparates como esse. As 17cidades a que se refere são cidades candidatas a receber jogos do mundial. Não serão 16, deverão ser cerca de 5 ou 6, dependendo da escolha dos estádios. Em Portugal são duas porque só ~Porto e Lisboa têm estádios com capacidade superior a 45mil pessoas, mínimo para receber jogos do Mundial. Se acha um erro gravíssimo e um ultraje organizar uma competição em que os gastos serão poucos comparando com o normal de uma organização de uma competição como um Mundial de futebol - sabe o que é? o que acarreta? a visibilidade que traz? - é problema seu. Agora os seus argumentos são completamente ridículos. 
Imagem de perfil

De Bic Laranja a 15.04.2010 às 23:08

Homos iber-i-cus não me soa nada bem. É castelhano?
Cumpts.
Imagem de perfil

De Pedro Quartin Graça a 16.04.2010 às 00:04

Visibilidade para quem leitor Pedro Fragoso? Para Espanha, seguramente. Porque para Portugal duas cidades com jogos é pouco mais do que uma mão cheia de nada...Argumentos ridículos? Essa opinião não parece colher junto dos leitores deste blog, como bem pode ler. Julgo que também não convencerá muitos portugueses... Não vejo é de parte de V.Exa um único argumento para contrariar os meus. Talvez numa próxima tentativa possa trazer uma mão cheia deles. A não ser, claro, que V.Exa seja, assumidamente, um ""homo ibericus”. Nesse caso não precisa de dizer mais nada...
Sem imagem de perfil

De Pedro Fragoso a 16.04.2010 às 17:30

Mas queria o quê? A final em Lisboa?! Os dois nomes dos países sobrepostos?! E qual é o problema da denominação "candidatura ibérica"? Portugal e Espanha estão onde, nos Balcãs?!

Como já vi que percebe muito pouco de futebol vou-lhe alertar para o facto de anteriores edições de fases finais de Mundiais e Europeus terem sido organizados por dois países. Quando assim acontece, a final é num dos países e o jogo de abertura no outro. Há sempre, por isso, um dos países que fica fora da decisão. No caso da Espanha, no país vizinho há estádios com maior capacidade que o da Luz, o maior em Portugal. Portanto, faz todo o sentido que seja Madrid, no Santiago Bernabéu, a receber a final.

Outra coisa. Obviamente que a entrada de Portugal neste projecto se deve apenas a ser co-organizador. Nunca um país como Portugal poderia organizar um Mundial de Futebol - nem Jogos Olímpicos, p.e. - já que num país de 10milhões de habitantes, ter dez estádios com mais de 45mil lugares é um exagero. Fui contra a organização do Euro2004 em Portugal - o desporto português precisa de muita coisa menos de estádios de 30mil lugares. Porém, já que se fez o investimento porque não se há-de rentabilizar com a ajuda na organização de um Mundial? Espanha poderia muito bem organizar um Mundial sozinha, como já o fez. A entrada de Portugal neste projecto só traz vantagens: dinheiro, visibilidade - sim, visibilidade, ou acha que não organizar o Mundial confere mais protagonismo do que co-organizar?! - e, a nível desportivo, funciona como garantia de participação no segundo maior evento desportivo do mundo. O dinheiro que o Estado vai injectar neste projecto será mínimo para a grandiosidade do evento.
Imagem de perfil

De Pedro Quartin Graça a 16.04.2010 às 20:05

Recebo, como simples e ignorante adepto da bola (que sigo desde há 43 anos, diga-se... - assisti ao meu primeiro jogo ao vivo em 1965), mas de forma sinceramente embevecida, as explicações de V.Exa sobre o futebol cá do burgo e os doutos esclarecimentos prestados sobre os Mundiais passados. Fiquei mais rico com o que aprendi. O que me deixou particularmente feliz foi a notícia de que vamos receber muito dinheiro, a par da enorme visibilidade que o referido mundial teria se o viéssemos a organizar. E, claro, a classificação automática da "nossa" selecção (a ibérica, presumo) para o evento. A tranquilidade total chegou com a garantia que nos deu que o dinheiro que o Estado português injectará será "mínimo". Tudo somado, o meu espírito ficou mais tranquilo. E estou certo que todos os leitores do Corta-Fitas me acompanham neste momento de alegria "ibérica".
Cumps,
Sem imagem de perfil

De Pedro Fragoso a 18.04.2010 às 15:47

Vou reconhecer um erro: entrar em discussões com patriotas bacocos. Volte lá para o século XIX, por favor.
Imagem de perfil

De Pedro Quartin Graça a 18.04.2010 às 16:22

Vindas do "Mourinho dos Blogs" (<a href="http://footyelegance.blogspot.com/">http://footyelegance.blogspot.com/</a>)&nbsp;não há como não ficar penhorado com as palavras de reconhecimento de erro por parte de V.Exa.
Sem imagem de perfil

De Talvez... a 15.04.2010 às 23:56

Que verdadeiro ultraje. Envergonha todos os Portugueses.

Comentar post


Pág. 2/2



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Esse jornal, o Expresso, ou traz poesia ou noticia...

  • Anónimo

    Sr. João, o direito a abster-se é tão legitimo qua...

  • Pedro Picoito

    Não tem escrito direito e as linhas são muito tort...

  • EMS

    Essa edição do "Expresso" é de 1973. É natural que...

  • João Távora

    Com os problemas dos outros posso eu bem...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2007
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2006
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D