Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Há alturas em que a “crise” parece ultrapassada. Esta é uma delas. Ontem foi divulgada uma óptima notícia para o mercado de vinhos nacional e para o sector do vinho do Porto em particular: O Dows Vintage 2007 irá ser distinguido com 100 pontos (!!!) (a classificação máxima) na edição de Maio da prestigiada e influente revista “Wine Spectator”!
Esta popular revista do mundo dos vinhos descreve-o como “o melhor Dows alguma vez produzido”, num reconhecimento que, com toda a certeza, impulsionará todo o sector e confirmará a excepcional qualidade da colheita de 2007 (a mais ampla declaração generalizada de Vintage na história do Vinho do Porto)!

Informação, e quiçá algumas garrafas ainda à venda aqui.



5 comentários

Sem imagem de perfil

De tric a 01.04.2010 às 10:14

http://www.youtube.com/watch?gl=BR&hl=pt&v=QBe2u7NdwWA (http://www.youtube.com/watch?gl=BR&hl=pt&v=QBe2u7NdwWA)
Sem imagem de perfil

De Sem dúvida a 01.04.2010 às 11:03


A crise parecerá sem dúvida ultrapassada a quem beber uns copinhos dessa pomada...

Image
Sem imagem de perfil

De Ega a 01.04.2010 às 16:06

Caro Quartin:

Não perca o que vai surgindo nos vinhos de mesa do Douro.
O Alentejo, o Dão, a Bairrada... já eram.
Imagem de perfil

De middlemay a 01.04.2010 às 16:07

Foi de facto um ano excepcional não só para a Dow's como para outros
produtores.



http:/ www.youtube.com /watch?v=QJOiQ2_oB18



O
Vintage é a quintessência dos vinhos ruby, necessário explicar porque os
tawnies envelhecidos são também preciosidades. Um Vintage de qualidade
de um grande produtor com vinte ou trinta anos, é um verdadeiro
néctar.

Também seria desejável que muitos o soubessem beber.

Lembro-me
que por ocasião do jantar oferecido pelo  Presidente da República a
todos os Chefes
de Estado e Governo que assinaram o "célebre" Tratado de Lisboa, o
brinde fez-se
com um Porto de 50 anos!

Imagino que muitos tiveram oportunidade de
saborear, pela 1ª vez, o que é aquele precioso néctar, mas temo que
muitos pensassem que era um Xerez, um vinho doce importado da
Califórnia, da Austrália, ou da África do Sul! Houve  quem reportasse
que uns o beberam de um só trago (sinal que não souberam apreciar a
bebida
que ali estava), enquanto outros tiveram paciência de “ mastigar” o
vinho!

 Um tio meu costumava dizer: ”dar vinho do Porto, (a que ele
preferia designar de generoso) a beber  a certa gente, é o mesmo que dar
"pérolas a porcos”!

Muita gente bebe-o como um shot. Diria mesmo que
saber bebê-lo constitui uma arte e um ritual; vertê-lo cuidadosamente no
copo, olhar a cor enquanto o embalamos no ritmo suave em que ele se
deixa colar às paredes do vidro, sentir o aroma que exala, sorvê-lo em
pequenos goles espaçados, mastigados e amaciados para que possa
persistir no palato e revelar-se no prazer de quem o desfruta.


 Peço-lhe desculpa pelo lençol
mas não pude evitar porque é um tema que me é caro.
Imagem de perfil

De Nuno Castelo-Branco a 01.04.2010 às 19:00

Estas "velharias passadistas" são as únicas e autênticas Novas Oportunidades do nosso país. Tudo o mais é refugo.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Carlos Sousa

    E pegando nalgumas palavras do primeiro-ministro, ...

  • Anónimo

    caro senhornestes tempos aburguesados e politicame...

  • Anónimo

    Caro Senhor"Apesar dos frequentes casos de corrupç...

  • Carlos Sousa

    O que me está a causar apreensão não é a DGS fazer...

  • Albino Manuel

    A monarquia espanhola vai aguentar. Derrubá-la é c...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2008
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2007
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2006
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D