Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Enriquecimento com causa

por José Mendonça da Cruz, em 31.03.10

 

 

 

Rio, 30 de Março - Contemplando as orquídeas selvagens nos troncos das árvores do Country Club (entre mergulhos, "chôpes", "mistos quentes" e pastéis).

 

 

O aspecto dos passantes e a atmosfera geral mudaram na cidade mais bonita do Mundo. (Sim, Roma, talvez ... mas Roma é descer de Santa Maria dei Monti e deparar com uma pracinha cujas 4 esquinas estão adornadas por fontanários do séc. XII, não é esta Natureza exuberante, esta paisagem que deslumbra.) Pois é, os números nem são tão frios como parecem nem tão destituídos de significado como os irresponsáveis em Portugal gostariam: o andar mais leve, a expressão mais aberta, a roupa e os sapatos melhores dos cariocas são a tradução para a realidade dos números do crescimento do Brasil: 5,7% em 2004, 3,2% em 2005, 4% em 2006, 6,1% em 2007, 5,1% em 2008. A crise também chegou em 2009 (crescimento negativo, -2%), mas não caiu em cima de uma crise já cavada com mãos próprias. Lula soube manter a equipa económica do homem que mudou o país, Fernando Henrique Cardoso. Juntou uma "renda mínima" tipicamente socialista, que tirou milhares da miséria - mas ainda não mostrou o seu reverso, quando preguiçosos e aldrabões absorverem a maior parte da dotação. E o crescimento previsto para 2010 e seguintes não é anémico, é novamente superior a 5%. Lula chega ao fim do segundo mandato, as eleições aproximam-se, e o combate Dilma Roussef (que nada tem por ela senão a benção do presidente que gostaria de ter um terceiro mandato, ao menos por interposta pessoa) e José Serra aquece. Parece agora, mais que nunca, que o Brasil vai optar entre o mundo das favelas, da complacência com o crime, das hordas de sociólogos cheios de vacuidade e politicamente correcto, do movimento dos sem terra, da burocracia e do assistencialismo, por um lado, e - vejam só - a ordem e o progresso, por outro. Há sinais de uma coisa e outra.

Autoria e outros dados (tags, etc)



1 comentário

Imagem de perfil

De João Távora a 31.03.2010 às 22:25

um forte abraço, caro José. Aproveita bem!

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Modas e vontade de ficar bem na fotografia...

  • Anonimus

    Conheci algumas vacas na universidade. Bani-las da...

  • RM

    20 toneladas por ano dá em média menos de 1kg de c...

  • xico

    "A Universidade de Coimbra caminha como dantes pel...

  • Anónimo

    Um animal omnívoro só pode comer capim,qualquer di...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2007
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2006
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D