Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




"Errar é humano; perserverar no erro é diabólico"

por Rui Crull Tabosa, em 29.03.10

Certa noite eleitoral escrevi um post de gosto duvidoso sobre um conhecido socialista.
Arrependi-me. Posso não ter consideração pelo sujeito, mas a verdade é que, por maiores que fossem os rumores ou mesmo as suspeitas sobre o seu comportamento, ele não tinha sido objecto de sentença condenatória em qualquer tribunal. E o caso não tinha que ver com ataque político, mas antes com costumes.
Por isso preferi, após sumária reflexão, alterar o sentido do post – acto que foi confundido com cobardia por alguns burros anónimos da blogosfera – de modo a não enlamear alguém que podia estar inocente.
Vem isto a propósito desta outra piada fácil que Daniel Oliveira resolveu postar no Arrastão e que não é politicamente incorrecta. Representa simplesmente uma infâmia que é a de arrastar para a lama a generalidade dos padres da Igreja apenas porque alguns deles cometeram sórdidos e miseráveis crimes contra os seres indefesos que são as crianças.
Espero sinceramente que Daniel Oliveira - cujos textos aliás aprecio, embora deles normalmente discorde - caia rapidamente em si e corrija o sentido do que injustamente escreveu sobre milhares de pessoas de bem. É que não se pode confundir a árvore com a floresta.
Tal gesto ficar-lhe-ia bem e só mostraria que tem a grandeza de alma que o seu actual post, definitivamente, compromete.

Autoria e outros dados (tags, etc)



2 comentários

Sem imagem de perfil

De Maria da Fonte a 30.03.2010 às 05:25

Caro Rui Crull

É nossa obrigação, proteger as crianças, proteger os mais frágeis, nunca provocar-lhes danos ireparáveis.

A Pedofilia, independentemente da patologia subjacente, é um crime hediondo, e como tal deve ser punido.
Quer o criminoso seja um Padre, um Político, um Jurista, ou qualquer outro.

Mas neste crime, como nos outros crimes, não pode haver dois pesos e duas medidas.
E a severidade da Justiça, deve atingir a todos de igual modo.

Sobre  Pedófilia, existe em Portugal um Caso, O Caso Casa Pia, em que as vítimas eram crianças que estavam à guarda do Estado, e sobre o qual correram rios de tinta, mas não se vislumbra a mais pequena réstea de Justiça.
Deixando em todos nós um misto de revolta e impotência.

A mesma angústia que sentimos, quando há um mês o pequeno Leandro,  cansado de ser espancado e pontapeado pelos colegas mais velhos com o conhecimento da Direcção da Escola, que lhe negou qualquer tipo de ajuda, se suicidou nas águas geladas do Tua.

Tínhamos a obrigação de evitar todo este sofrimento, e contudo não o fizemos.
E por isso, são situações que nos dóem e envergonham.
Não são casos com os quais se façam piadas de baixo nível, como fez o Daniel de Oliveira.

Porque agir da forma indigna como o fez, e reportando-se estes casos de Pedofilia na Igreja Católica há cerca de 30 anos, somos  levados a pensar que subjacente a esta denúncia, haverá uma outra intenção, que não a de fazer justiça.

Se até o criminoso que tentou assassinar o Papa João Paulo II, já se pronunciou sobre o caso, do alto da sua Moral, afirmando que Bento XVI, deveria ser substituido por um Papa Italiano, acabamos por suspeitar, que alguém tem medo do que Bento XVI, possa revelar.

O Papa é alemão, e nós sabemos, por documentos recentemente encontrados, que Mussolini, foi um espião Inglês na 1ª Guerra.
Sabemos das Conversações secretas entre o Kremlin, Churchil e Roosevelt igualmente por documentação, hoje pública.

Sabemos que Léon Trotsky, nascido Lev Bronstein, era Judeu, ligado aos Goldman, que Marx, Engels, Lenine e Kerensky, cujo verdadeiro nome era Adler, eram Judeus, tal como Sir Charles Portal, que era um Crypto-Judeu, que Estaline era um Caraíta, e que o austríaco Hitler, era neto bastardo do Judeu, Barão de Rothschilds.

Paira  portanto a dúvida, sobre o que saberá Bento XVI, sobre a face oculta da 2ª Guerra, e quem tem medo que isso se saiba.

Maria da Fonte

Sem imagem de perfil

De Maria da Fonte a 30.03.2010 às 18:01

Errata
 
Deve lêr-se:..danos irreparáveis.
 
Maria da Fonte

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • António

    Chama-se a isso observar de olhos bem fechados.

  • António

    E que é a democracia senão o primado da maioria?

  • Branca de neve

    Numa sociedade democrática e aberta, criminalizar-...

  • António

    Não sei quem é essa senhora nem estou interessado....

  • Anónimo

    Alguém que combate a Ditadura não é automaticament...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2007
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2006
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D