Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Rupturas

por João Távora, em 19.03.10

 

A escola não educa, ensina, (...) é esse o seu fim. Ponto. A escola não é uma instituição de acolhimento, é um estabelecimento de ensino. Se os meninos não querem ser ensinados, não querem aprender e não deixam que os outros sejam ensinados, devem ser obrigados através de regras, sanções e incentivos. através de um programa, de um plano. Se mesmo assim continuam a não querer e a não respeitar, devem sair pela porta onde entraram. Azar. (...)

 

Inês Teotónio Pereira daqui

Autoria e outros dados (tags, etc)



7 comentários

Sem imagem de perfil

De zeparafuso a 19.03.2010 às 11:39

Nem 8 nem 80! Disse o que penso no DO e no metri e meio.
Sem imagem de perfil

De João Gante a 19.03.2010 às 12:04

As sanções e incentivos estão muito bem, mas presumir que um espaço onde os miúdos passam a maior parte do dia não tem impacto na sua formação como seres humanos é cegueira auto-induzida, com todo o respeito.

Se direcções e professores se abstiverem de formar os alunos para além da simples transmissão de conhecimentos, então ainda estarão a fazer algo - nada. Concretamente, estarão a deixar a formação de futuros adultos a cargo dos ambientes de matilha e à lei do mais forte que tende a vigorar. São parte do crescimento, claro, mas o actual S.Bento mostra-nos no que dão quando persistem para além dos verdes anos.

Dito isto, os pais têm obviamente a maior fatia do queijo da responsabilidade.
Sem imagem de perfil

De carneiro a 19.03.2010 às 12:49

Somando as idades escolares dos meus 3 filhos sou encarregado de educação há 39 anos. Já andaram no privado e no público. Em turmas boas e turmas más. Com bons colegas e maus colegas. Com bons professores e com maus professores. Com bons "outros pais" e maus "outros pais".

Os meus filhos aprenderam mais e melhor sempre que se conjugou o "bom professor" com o bom "outros pais".

E dos outros pais dependia o nível educacional dos respectivos filhos, colegas dos meus.

Plenamente de acordo com o texto. Cuja essência tenho afirmado em múltiplas reuniões de encarregados de educação ao longo da minha longa "carreira".
Sem imagem de perfil

De Velho da floresta a 19.03.2010 às 14:10

Concordo integralmente com o texto referido.
Sem imagem de perfil

De maria a 19.03.2010 às 23:38

concordo completamente. quem não quer andar na escola , pois não ande. e não estrague. se os papas querem que eles continuem a ir...disciplinem-nos. eduquem-nos , ensinem-lhes a cumprir regras de civilidade e outras , que é essa a função da famílía.
Sem imagem de perfil

De Maria da Fonte a 20.03.2010 às 04:25

Plenamente de acordo!

Como sempre tenho defendido, a Educação começa em casa.

A Escola ensina, e deve fazer respeitar os valores da Humanidade, mas como muito bem diz a Inês Teotónio Pereira, a Escola não é uma Instituição de acolhimento.

Não é, nem tem que o ser.

Se os pais não querem ou não sabem, ser Pais, têm uma solução: não têm filhos.

Se os têm, são obrigados a educá-los de modo a que saibam viver em Sociedade, e são responsáveis por eles.

Os alunos que não estão dispostos a aceitar as regras do colectivo onde se inserem, que aliás é custeado pelos contribuintes, saiem pela porta por onde entraram.

Era assim no meu tempo de Escola!

A não consta que os professores e as crianças se suicidassem.

Este regime actual, profundamente injusto, e desregrado, é que os deixa de tal modo à mercê da barbárie, que acaba por os atirar para morte.


Maria da Fonte
Sem imagem de perfil

De Fulano a 27.03.2010 às 04:11

Não há muito saíu na imprensa a classificação do nível de EFICIÊNCIA das universidades europeias. Das portuguesas, já não lembro exactamente qual era mas estava lá por baixo junto da Bulgária e outros que não lembro. Salvo erro era a 3ª ou 4ª posição a contar do fim. Pois anda-me a fazer espécie NUNCA ter visto essa notícia comentada na blogoesfera, sempre tão lesta a apontar as (evidentes) poucas competências das classes populares portuguesas.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • António

    Duvido muito que a derrocada da PT não tenha impac...

  • Anónimo

    Apenas consigo perceber toda esta situação porque ...

  • Anónimo

    Concordo com o espírito do artigo e também gostari...

  • Anónimo

    O EMS está convencido que só ele é que sabe destas...

  • Luís Lavoura

    Eu gostaria de saber, se eu perguntar ao João Távo...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2007
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2006
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D