Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Uma análise inédita

por João Távora, em 10.03.10

 

aqui



8 comentários

Sem imagem de perfil

De O Falso Rei das Pampas a 10.03.2010 às 12:11

É um bocadito mais caro.
Mas pelo menos não temos que os abater a tiro.
Sem imagem de perfil

De Ega a 10.03.2010 às 22:21

Então como é que mataram o Sidónio?
À paulada?

O António Granjo esse eu sei: espancado até ficar desfigurado.
O Machado dos Santos, se bem me recordo, também foi à pistola. Ou foi o Carlos Maia espingardado?
Bom, como quer que seja, para a República poupar nos transportes, foi tudo na mesma leva da «camioneta fantasma». À noite, quando o trânsito é menor e se evita o pára-arranca.
Sem imagem de perfil

De Maria Tejo a 10.03.2010 às 23:36

Sim mas qual era o pib em 1910?
Ou melhor dizendo, qual era a percentagem da despesa da casa real no rendimento per capita em 1910 e qual é essa percentagem hoje para as despesas da presidência?
Dá-me a impressão que em 100 anos o pib deve ter crescido um pouco mais que 68,88%...
Sem imagem de perfil

De Luís Bonifácio a 11.03.2010 às 01:38

Não vá por aí.
Há dois anos fiz essas contas (Entre a nossa presidência e os dinheiros públicos recebidos pela casa real de Windsor e a surpresa era muito maior.

O nosso presidente custava a cada um de nós mais do dobro do custo de Isabel II aos Britânicos.
Sem imagem de perfil

De Maria Tejo a 11.03.2010 às 14:10

Vou por aí sim caro Luís Bonifácio. Estamos a discutir os Bragança de 1910, não os Windsor de 2000.
Se queremos comparar os gastos da casa real em 1910 com os gastos da presidência em 2010 não basta ajustar a inflação. Têm que ser medidos em percentagem do pib do ano respectivo.
Mas esse é um cálculo que suponho não lhe convém...
Sem imagem de perfil

De Luís Bonifácio a 12.03.2010 às 00:00

A comparação não pode ser feita por aí, porque estamos a comparar filosofias do estado completamente diferentes.

Em 1910 o Estado resumia-se apenas a: Soberania, Justiça, Defesa, Finanças e Obras Públicas. Apenas uma reduzida parte do povo pagava impostos, Segurança Social não existia. Funcionalismo público era diminuto.
No entanto, a despesa com a família real era usada exactamente nos mesmos gastos que hoje é usada a despesa com a presidência da república, por isso são comparáveis através da inflação. O PIB não é para aqui chamado, aliás porque o peso do estado no PIB era mínimo quando comparado
com os dias actuais.
Sem imagem de perfil

De Maria Tejo a 12.03.2010 às 02:49

Eu percebo o que quer dizer mas não são de facto os mesmos gastos, nem Manuel II andava de avião nem a presidência tem um iate. Mas podemos fazer as contas entre os custos do telégrafo e do telefone de 1909 com as telecomunicações de 2010, e depois ir por aí fora.
Perdi uns minutos a fazer as contas:
Em 1909 a despesa prevista para a casa real era de 0.69% do OE.
Em 2010 a despesa prevista para a presidência é de 0.011% do OE.
De qualquer maneira este é um exercício do qual não se pode inferir nenhum juízo qualitativo, apenas quantitativo e os números (como dizia a minha professora de estatística) podem sempre dizer a verdade que mais nos convém.
Fique o senhor com a sua análise presentista, eu fico-me com a análise histórica.
Sem imagem de perfil

De Maria da Fonte a 11.03.2010 às 05:03

O PIB?

Cresceu, cresceu! Cresceu à custa dos otários.

A Dívida EXterna essa não cresceu.
Disparou a Galope!

À custa dos improdutivos e ignorantes parasitas republicanos!

Maria da Fonte

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    "Temos de chegar aos 70% de imunidade"? E fala-se ...

  • Eremita

    O Henrique tem uma tendência forte para não repara...

  • henrique pereira dos santos

    Tem razão não reparei que estava a falar de Itália...

  • Eremita

    Claro que isto é matemática. Todas as nuances que ...

  • Eremita

    Ah,  não era mesmo alucinação. Henrique,...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2008
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2007
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2006
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D