Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O Sol que hoje brilha

por João Távora, em 12.02.10

 

Sempre foi ambição de José António Saraiva que o seu semanário concorresse com o Expesso. Se em relevância há muito que lhe conquistou-lhe o lugar, suspeito que esta semana, em tiragem, o Sol dá um capote: ironicamente vitoriei a obtenção do meu exemplar já sem direito a brinde nem revista Tabu. Parabéns.

 

Foto Carlos Lopes Público

Autoria e outros dados (tags, etc)



11 comentários

Sem imagem de perfil

De Espesso com esse a 12.02.2010 às 12:39

O que hoje se soube parece-me que releva mais de um completo disparate e de uma loucura tão monstruosa que tudo aquilo nem dá para levar a sério...

Aquela gente está mas é a precisar de tratamento médico urgente.
Imagem de perfil

De mcm a 12.02.2010 às 13:20

Estamos novamente no meio de um nó gordio.
JAS faz parte daqueles que tentam, com algum êxito, desfazer esse nó.
Falta, no entanto, aquele que com a sua «espada» o cortará e irá acabar com toda esta situação insustentável.
JAS não é um alinhado e ainda bem.
Sem imagem de perfil

De André Sarafana a 12.02.2010 às 13:54

Continuo a preferir o Expresso ao Sol, muito embora reconheça ao último, e neste caso em particular, um excelente trabalho. Agora em termos de relevância é o público quem decide...Também o Indepedente teve muito mais relevância politica durante um período e depois deu no que deu...
Sem imagem de perfil

De Ega a 12.02.2010 às 14:52

Falando do escândalo levantado pelo SOL, lembro-me de um ministro dos 1ºs governos soaritas, Valter Rosa, se não me falha a memória.
Era, pelo que se apurou, um homem sério e íntegro.

Um dia, um seu filho foi acusado de participar no roubo de uns tesouros depositados num museu nortenho. Arte religiosa, peças valiosissimas.

O Pai, o ministro, imediatamente apresentou a sua demissão e nunca mais se ouviu falar dele (politicamente).

Ou seja: tem-se perdido muito tempo a discutir os contornos juridicos do «caso» das escutas. Crime; acto lícito?
Mas esquecendo sempre a dimensão política da situação.
Sócrates tinha a obrigação politica e moral, dada a gravidade das suspeitas de pôr o seu lugar à disposição, até apuramento final do sucedido.

É claro que isso não resolvia o problema dos portugueses. Temos eleições muito em breve dentro do único partido alternativo (o PSD). E como já lá estão pelo menos 3 subpartidos em campanha, dificilmente a ausência de maioria absoluta dentro do PSD (após a tal eleição) trará vantagens ao seu desempenho externo.
A assim vamos nós... cantando e rindo!!!
Sem imagem de perfil

De Blondewithaphd a 12.02.2010 às 14:53

Pois não sei, mas lá que amanheceu encoberto...
Sem imagem de perfil

De Ega a 12.02.2010 às 15:02

Á propósito do escândalo levantado pelo SOL, lembro um ministro (Valter Rosa, se não me falha a memória) dos 1ºs governos soaristas.

Um dia o filho do ministro foi apanhado envolvido no roubo de peças de arte sacra de um museu nortenho. Coisa grave.
O Rosa ministro, que nada tinha a ver com os comportamentos do filho, de imediato apresentou demissão.
Homem sério e digno. Entendeu que a sua imagem pública ficava afectada pela conduta do familiar e assim não quis prejudicar o Governo, um orgão de soberania, afinal.

O problema é esse. Toda a gente discute Sócrates e as escutas na vertente juridico-penal. Mas a responsbilidade politica vai além disso.
Para se ser respeitado, deve-se ser impoluto.
Sócrates há muito devia pôr o seu lugar à disposição, até averiguação final do sucedido. Talvez até saisse de lá mais prestigiado...
Mas agarra-se ao poder, o que fala bem por si.

É claro que, saindo, os nossos problemas não ficavam resolvidos. Nem sei como ficarão, agora em vésperas de mais umas eleições, desta feita dentro do PSD. Já há, pelo menos, 3 sub-partidos. Decerto nenhuma «maioria absoluta». Logo, permanência de incapacidade de liderar a Oposição.

E assim vamos nós, cantando e rindo...
Sem imagem de perfil

De NunoFCouto a 12.02.2010 às 16:29

Amigo Ega, gosto muito de ler a sua sensatez como sempre, por vezes o meu amigo parece a consciência aqui do espaço.

O Sol não sei bem que cores defende, as do PSD não me parece que sejam pois como o meu amigo o disse e bem, a oportunidade do escândalo foi inadequada, pois as forças de resistência estão mais debilitadas que o governo.

eu não acredito em independência, tenho que os órgãos de comunicação social servem sempre um qualquer fim; uma coisa é certa, este lavar de roupa suja que toca todos os extremos da gravidade desde um achincalhar da justiça Portuguesa a um Orwelianismo patente na forma de estar dos socialistas; apenas está a beneficiar uma força política, o PP que já vai acima dos 12%.

Gostaria no entanto de alertar os ilustres companheiros da "posta", que o PP é um centro de adoração ao Líder, foi incubado no INDEPENDENTE, jornal aliás em muito semelhante a SOL à conta de contra-política e propaganda anti governamental.

Quem me leu sabe que não suporto socialistas, jacobinos, maçons e nomeadamente o mentor da nova carbonária o Dr. Soares; quero no entanto salientar que se o Sr. Cavaco está calado é porque o Sr. Cavaco não é burro, nem nunca o foi, o PSD é que se esqueceu de dar ouvidos a quem tem valor dentro da estrutura !

Cavaco sabe que da queda do governo podem resultar dois males graves :

- A reeleição e consequente confirmação do governo despesista e do falso Keynesiano-maçónico do Sr. Sócrates

- A possível eleição de um PSD altamente clientelista e ávido de lugares, pois não duvidem meus amigos, num partido onde os votantes são manobrados numa secção, quem negociar mais lugares é quem mais "espingardas" vai agregar em seu torno para ser eleito.

Num momento negro da economia, qualquer destes cenários é desastroso...
Sem imagem de perfil

De Ega a 13.02.2010 às 12:07

Caro Nuno:

«Consciência do blog»? Isso é simpatia em excesso. Digamos que, se calhar, ainda gosto menos de pagar impostos que o meu amigo...

V. é social-democrata convicto e pouco contemporizador com desvios, à esquerda ou à direita. Eu se me puser a pensar em termos de ideologia também é para aí que vou: para a social-democracia.
Mas uma democracia-cristã (sempre falando de ideologias) não fica mal e já demonstrou dar resultados positivos, por essa Europa fora.

Simplesmente: as ideologias acabaram. Talvez porque as mudanças conjunturais e mesmo estruturais se processem de tal forma rápida que já não há figurino que se possa manter estávelmente. Em Portugal, sobretudo, porque a nossa ignorância nos tolhe a leitura das cartilhas e por causa do nosso sebastianismo congénito.

Assim acontece esta coisa estranhíssima: somos o único país onde existem 2 partidos social-democratas. Ideológicamente já não diferem. Têm uma base social de apoio (fixa) diferente e ambos «pescam» sobretudo ao centro. O PSD ainda vai às trutas do CDS e o PS lança as redes cada vez mais a PC's e BE's (vd. casamento gay/Vale Almeida).

O PP não irá além do que é: o partido do Portas. E o Portas nunca conseguirá ser 1º ministro (e ainda bem, sobretudo para ele e o seu direito ao bom-nome...)

Vamos ver o que sai da eleição PSD. Creio que nada de substancialmente diferente. Em suma, estamos lixados.

Já me esquecia: no Reino de Portugal, a vida corre beatificamente. Não há intrigas e é generalizada a solidariedade para com os necessitados. El-Rei sempre atento para connosco todos, incontestado Chefe nacional. Pena é que tenhamos de continuar a pagar tributo fiscal à República que se apoderou do aparelho de Estado português.
Bom fim-semana!
Sem imagem de perfil

De Francisco Castelo Branco a 12.02.2010 às 15:44

Apesar de concordar com tudo isto....

Acho que voltamos ao antigo Independente.

Espero bem que haja algo de interessante nesta edição.

mas o Sol tem-se revelado uma importante fonte de boas noticias e de quezilias politicas
Sem imagem de perfil

De João Costa a 12.02.2010 às 16:40

Lida de fio a pavio a edição impressa do Sol, fica a sensação de que a montanha pariu um rato. Acrescenta quase zero à edição da semana passada.

Seria um óptimo gole publicitário, não fosse publicidade enganosa.

O Sócras agradece, e é pena.
Sem imagem de perfil

De cr a 12.02.2010 às 17:26

Só assim este homem vai lá, chafurdando na sujidade...
Que nojo!

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Excelente comentário. Renovo-lhe os meus parabéns....

  • Anónimo

    Maria Muito obrigado pelo seu comentário.Acrescent...

  • Anónimo

    Sem dúvida. A Constituição em vigor -obra de socia...

  • Anónimo

    Concordo com os comentários «Anónimos», vale bem a...

  • Anónimo

    Com o devido respeito pelas opiniões contrárias, e...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2007
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2006
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D