Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O astrólogo

por Rui Crull Tabosa, em 31.01.10

Vítor Constâncio veio agora dizer que o valor do défice de Portugal em 2009 foi uma surpresa que “ninguém esperava”.

Também em 2009 Vítor Constâncio foi surpreendido pelo comportamento da banca, sector que lhe cabe supervisionar.
Mas, se o governador do Banco de Portugal não vê nada do que se passa no País, o que só por si recomenda o prémio da vice-presidência do Banco Central Europeu, o mesmo não se pode dizer sobre as suas raras qualidades no campo da adivinhação.
De facto, ainda estamos bem lembrados desse vergonhoso frete de prognose que Constâncio prestou a Sócrates quando, há 5 anos, disse que, “se o Governo entre Março de 2005 e Dezembro de 2005 não tomar nenhuma medida para combater o défice, então o défice será de”, tchatchan…“6,83%”! Um cálculo sério e nada fraudulento, como se imagina.
Mas o que é verdadeiramente engraçado é o facto de Constâncio não acertar no ponto percentual de um défice passado, mas conseguir prever o défice futuro até à casa centésimal…
Definitivamente, o homem pode não ter competência para bancos centrais mas é um astrólogo do melhor…

Autoria e outros dados (tags, etc)



4 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo Veneziano a 31.01.2010 às 12:03

À partida, acho que o VConstâncio corre o risco de não conseguir o tal lugar no BCE . O adiamento da decisão foi um aviso. No fundo estamos perante um package deal ": os Poderes Europeus vão impor certas condições ao nosso Governo. Se não forem aceites, bye-bye Constâncio"...
Sem imagem de perfil

De Ega a 31.01.2010 às 13:33

Meu caro Rui Tabosa:

Agradecia a sua atenção para um comentário meu que lhe é dirigido no post «Duplicidades».
Obrigado
Um abraço.
Sem imagem de perfil

De Velho da floresta a 31.01.2010 às 18:02

Vítor Constâncio foi surpreendido por algo que ninguém esperava, acontecimento absolutamente normal, essa é uma situação recorrente com o governador do banco de Portugal, que não surpreende ninguém pois os sucessivos erros cometidos tanto na aplicação de medidas como na supervisão dos agentes, são sempre lamentáveis mas infelizmente ninguém podia prever esses azares. Claro que nunca quem quer que seja, declarou como fundamento para esses "infortúnios" as verdadeiras razões, que são duas, incompetência e militância socialista.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 02.02.2010 às 13:44

Hum....como será se eu conseguir ser o Vice?

Novas mordomias, novas importâncias, novas incompetências, ..... que bom que vai ser...

Um interprete de sonhos

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Costa, Costa! Então já não há um pouquinho de verg...

  • Anónimo

    O Costa é Costa, o Costa é hipócrita e demagogo, o...

  • Anónimo

    O peixe oficial é mais raia que o parta.Henrique P...

  • Anónimo

    Caro senhor, o Henrique Pereira dos Santos tem vin...

  • Pedro Nunes

    Já tinha saudades de ler os textos do Henrique.


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2007
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2006
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D