Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Anónimos e anónimos

por Tiago Moreira Ramalho, em 29.11.09

À conta de um anónimo genérico e de um personagem com heteronímia invertida, a blogosfera começa a odiar os anónimos. Maldade. Há anónimos muito fofinhos. Vejamos o maradona, aquele cabrão – se ele chama cabrão eu também posso. O gajo é um espectáculo. Chama tudo a toda a gente, mas todos sabemos que não tira nada daquilo, apenas o divertimento de ser lido e comparar o seu contador de visitas com o dos outros. Olhem a Ana Cássia Rebelo, que até há não muito tempo era «Ana de Amsterdam», vão dizer-me que era uma anónima rasca? Vão-se lixar. E o Rogério Casanova, esse grande senhor (ou senhora), respeitadíssimo por uma certa inteligentsia. E o Senhor Palomar? Há personagem mais simpático desde o António Sousa Homem? O Francisco José Viegas que nos diga…
O anonimato tem graça. O anonimato pode vir da timidez ou da vontade de ter graça, pode vir da vontade de dizer parvoíces inócuas ou pode vir, simplesmente, porque sim. O que não tem graça é quando o anonimato entra em esferas mais «complicadas». Quando anónimos se apresentam a defender partidos ou programas políticos, algo está errado. Quando anónimos são usados para lançar acusações que uma assinatura não permitiria, algo está errado. São esses anónimos que, mais que condenar, temos de deixar de ler. Tive tempos em que lia asnos, até, caro leitor. E nunca li malta dos aventais, que têm blogue feio. Nem sabem o bem que andam os meus pulmões desde que me privei de tais leituras.
 



8 comentários

Sem imagem de perfil

De Luís Serpa a 29.11.2009 às 20:29

Não é muito importante, eu sei. Mas "Há"?
Sem imagem de perfil

De pontapé na gramática a 30.11.2009 às 15:40

Não é muito importante? desculpe lá Luís Serpa mas é mesmo MUITO importante, diria mais, de palmatória (pois, já sei, agora não é politicamente correcto dizer isto....)
Sem imagem de perfil

De rff a 29.11.2009 às 21:31

Numa perversa perspectiva é o anonimato que dá vida a um determinado conceito de blogosfera...
Sem imagem de perfil

De JMG a 29.11.2009 às 22:01

"Há conta"?
Sem imagem de perfil

De Há, mas são verdes a 30.11.2009 às 10:30

"Há conta" não, "à conta". (Tocqueville)

E o sr. Ramalho é que é novo aqui no C-F, onde os anónimos (nos bons tempos) eram muito apreciados.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 30.11.2009 às 16:56

Senhor Anónimo

Este tal de Tiago Moreira Ramalho deveria ser banido de vez da blogosfera. Espero que o Luís Naves ou o João Távora o mandem embora.Haja paciência.

Vai-te embora ó melga!!!

Abraço.
Anónimo
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 30.11.2009 às 17:04

Se eu podia comentar sem ser como Anónimo? Podia, mas não era a mesma coisa...
Sem imagem de perfil

De citizen a 22.03.2013 às 16:30

não sabe quem é o Tiaguinho?

deite olho a este mimo, na p. 9975:

http://dre.pt/pdfgratis2s/2013/03/2S056A0000S00.pdf

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • João Brandão

    O Passo Coelho de novo no PSD?Isso parece ser um r...

  • Anónimo

    Convenhamos que é manifestamente exagerado conside...

  • SAP2ii

    «PCP, BE, PAN, PS, PSD, CDS» são o Regime Abrilist...

  • balio

    Leu bem. É verdade que há países, como a Itália e ...

  • Anónimo

    Ora, porquê? para testar a nossa "resistência" à f...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2020
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2019
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2018
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2017
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2016
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2015
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2014
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2013
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2012
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2011
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2010
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2009
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2008
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2007
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D
    196. 2006
    197. J
    198. F
    199. M
    200. A
    201. M
    202. J
    203. J
    204. A
    205. S
    206. O
    207. N
    208. D