Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Miguel, o absolutista (I)

por Pedro Correia, em 31.10.06
Quando os computadores substituíram as velhas máquinas de escrever, Miguel Sousa Tavares redigiu uma apaixonada ode em prosa em louvor do vetusto instrumento que acabara de se tornar peça de museu, proclamando-se inimigo da informática. Passou-lhe então depressa o antigo amor. Mas ei-lo agora atacado por uma nova crise de passadismo, apregoando o seu ódio à blogosfera. Num artigo saído no último Expresso, a propósito de um cobarde ataque de que foi alvo, e que o deixou compreensivelmente agastado, vem agora, com o estilo a que já nos habituou, disparar mais rápido do que a própria sombra. Dizendo coisas fantásticas como esta: “Excepção feita ao correio electrónico e à consulta de sites informativos, a Internet interessa-me zero.” As “excepções” que menciona já são suficientemente relevantes para quem diz nada querer saber da Internet. Mas MST confessa ainda a sua alergia ao “universo dos chats e dos blogues”, por lhe parecer uma “preocupante manifestação de um processo de dessocialização e de sedentarização das solidões para que o mundo de hoje parece caminhar”. De novo o cenário apocalíptico, tão frequente nas reflexões deste comentador e de alguns outros que há décadas exprimem opiniões em regime de virtual monopólio na imprensa portuguesa, onde rende sempre mais o cenário que for pintado em tons bem negros.

Autoria e outros dados (tags, etc)



7 comentários

Sem imagem de perfil

De Morpheu a 10.12.2006 às 21:07

A mim (e a qualquer pessoa normal)interessa-me zero a opinião do Miguel.
Porque haveria de interessar-me?
Sem imagem de perfil

De lpm a 02.11.2006 às 19:47

Sou viciado na net, passo a vida a ler blogues e escrever em fóruns e por isso mesmo concordo com o MST quando diz que há "um processo de dessocialização e de sedentarização das solidões para que o mundo de hoje parece caminhar". Não é um retrato apocalíptico, mas a realidade. Infelizmente.
Sem imagem de perfil

De Observador a 01.11.2006 às 22:49

Não li o artigo de MST no expresso.
Quanto aos Blogs...,não faz sentido ser contra eles.
Até ao nascimento só uns podiam publicar.
Hojes todos podem publicar.
É a democracia, o direito a ter uma voz.
O Blog é a democracia mais directo.
É claro que nos blogs se pode dizer mal , caluniar, etc.
Mas as pessoas na vida real também dizem mal umas das outras.., também fofocam.
Isso não é justificação para proibir as pessoas de falar.
Já agora passe pelo meu blog.
O Blog é um Jornal com noticias de Politica internacional.
Vale a pena ler.
Sem imagem de perfil

De AM a 01.11.2006 às 21:19

Finalmente, uma, não, duas, sobre o caso de plágio (ou não) de MST.
Não há fome que não dê em fartura, mais vale tarde do que nunca, e outras coisas no mesmo género...
Como jornalista, ou como bloger, ou como quiser, o que é que o PC pensa desta (http://dn.sapo.pt/2006/10/27/artes/miguel_sousa_tavares_ameaca_denuncia.html) "notícia"?
Permita-me que o convide a comentar a dita "notícia" em:
http://odesproposito.blogspot.com/2006/10/vagina-envy.html
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 01.11.2006 às 19:42

"Cobarde ataque"...
Como assim, meu caro?
Porventura já procedeu ao confronto dos textos?
Isso é que interessa, quando há uma acusação de plágio.
O resto é palha.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 01.11.2006 às 17:13

Caro Jorge, a Guida Rebelo Pinto tem um «best seller» que se chama «Não há coincidências»... A moça sabe do que fala. Por mim, pobre anónimo, só lhe posso dizer: Isto está tudo ligado, olá se está...
Sem imagem de perfil

De Jorge a 31.10.2006 às 22:59

Desculpem lá a pergunta, e se quiserem até envio o meu e-mail para os responsáveis deste blog, não tenho medo de pauladas mas já tenho spam diário que chegue:
eu já reparei nas coincidências entre as duas obras - a do MST, da qual por acaso até gostei, e a outra. Alguém é capaz de explicar com clareza a razão de ser dessas coincidências? É que, a sério, não percebo...

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • António

    Portugal está cheio de Salazarinhos.

  • Anónimo

    Presumo que a medida não se aplica aos bovinos mac...

  • Anónimo

    ..." Mas não nos acontece, tal como o filho mais v...

  • Anónimo

    Este andaço para pouparem a vida dos animais é dev...

  • Anónimo

    Modas e vontade de ficar bem na fotografia...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2007
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2006
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D