Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Enganos confessados

por Duarte Calvão, em 29.09.09

Ao ouvir hoje Cavaco Silva e depois a reacção do PS, tenho que confessar que me enganei. E por duas vezes. Em primeiro lugar, pensei que os eleitores não se deixariam manipular (palavra muito em voga) pelo caso das escutas e demissão de Fernando Lima, penalizando o PSD. Em segundo, achava que ia demorar uns meses ou até um ano para muita gente  encontrar motivos para se arrepender de ter votado nos socialistas ou de não ter votado sequer. Afinal, nem demorou dois dias.



10 comentários

Sem imagem de perfil

De Vasco Rosa a 30.09.2009 às 01:06

A autoridade moral de Cavaco Silva é infinitamente superior às de José Sócrates, sósia e quejandos de terceira linha, em poleiros de papagaios, ainda que parlamentares.

E é bom que o PR mostre que a sua posição de dirigente supremo da nação não pode ser lançada na rua para retirar a campanha eleitoral do essencial: discutir os programas políticos e avaliar a acção do governo em exercício. Sente-se ofendido e com razão.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    obrigado!

  • Anónimo

    Caro Luis O titulo é " e foi mau na saude e na eco...

  • Anónimo

    José Mendonça da Cruz,uma coisa me consola: não há...

  • Anónimo

    HPS,lembro que neste país de palhaços 'toda' a gen...

  • Anónimo

    Roque Martins,este seu escrito mostra que sabe sin...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2008
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2007
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2006
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D