Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O comentário (quase) definitivo

por Tiago Moreira Ramalho, em 12.09.09

«Sócrates usou neste debate a mesma estratégia que aplicou aos anteriores: passar ao ataque e ser oposição à oposição, usando os programas dos outros. Quando tal não chega, socorre-se do passa-culpas que hoje nos fez recuar mais de uma década, o que acaba por funcionar contra o conjunto dos partidos do Bloco Central. A estratégia põe os opositores à defesa, que é sempre a pior forma de estar num debate. E, perante as dificuldades oratórias e políticas de Ferreira Leite, garantiu uma vitória sem discussão. Mas uma coisa é ganhar debates outra é ganhar as pessoas. E quando Sócrates concentra nos opositores, nos seus programas e no seu passado, está, ele próprio, a diminuir os seus últimos quatro anos de governo. A sua estratégia dá vitórias mas não mobiliza. Dificilmente convence indecisos. Sócrates acaba assim, para vencer, por recorrer ao que ele critica nos seus opositores: à maledicência.»

 

Daniel Oliveira, no Arrastão



3 comentários

Sem imagem de perfil

De artur mendes a 12.09.2009 às 23:50

Na SICN o assessor de Socrates, Betencourt Rezendes... constatando que o "patrão" não venceu o debate... desvia a analise ao "jogo" para a vitória com Louça... percebe-se a a táctica: denegrir o BE ...
Nisso, foi claramente acompanhado por outro fiel camarada: Ricardo Costa.
Sem imagem de perfil

De Miguel Brito a 13.09.2009 às 03:24

Não me parece em primeiro lugar que os debates tenham um "vencedor", mas com certeza não seria José Sócrates um "vencedor" neste "debate"... É mais cego aquele que não quer ver do que...
Sem imagem de perfil

De Madrugador a 13.09.2009 às 08:45

Não votarei nem num nem noutro. Provavelmente nem votarei. Possivelmente votarei nulo, possivelmente votarei num partido que não esteja na AR. Num dos cinco é que não, de certeza.

Dito isto, acho que MFL se afundou umas poucas de vezes, por exemplo:

- Quanto à Madeira, tendo chegado a murmurar qualquer coisa como que tanto Sócrates como ela concorriam a dois lugares (!)

- Quanto ao TGV, em que o endividamento que agora a faz suspender a obra não me parece argumento que possa contradizer os termos encomiásticos sobre o mesmo comboio da Resolução do CM assinada por ela, tendo ainda por cima invocado a despropósito os espanhóis, como se o TGV pudesse passar por outro país qualquer.

- Quanto às SCUTS, em que não percebi de todo porque deixa de ser preciso cobrar portagens.

- Quanto aos professores, a acção do governo de Sócrates foi o que sabemos, mas é irrealista procurar convencer-nos de que vai conseguir estabelecer um modelo de avaliação de forma absolutamente amigável e pacífica. O sistema de quotas na avaliação dos funcionários públicos vem de um trabalho iniciado por João de Deus Pinheiro.

- Quando disse que Sócrates era como aqueles que matavam pai e mãe para depois dizerem que eram órfãos. Uma afirmação de péssimo gosto.

Julgo que Sócrates esteve dentro do que se esperava, tentando reprimir a irritabilidade, com a lição perfeitamente estudada, e utilizando evidentemente o trabalho de «assessores» que andaram a escabichar não só o programa do PSD como tudo o que MFL declarou, para detectarem inconsistências.

Se é verdade que Sá Carneiro afirmou que um governo, ao fim de seis meses, tem de deixar de invocar os que o anteceredam para se desculpar, é também verdade que recordar os tempos em que MFL esteve no governo estava ali à mão e lhe dava jeito. Não foram, de modo nenhum, tempos brilhantes (e depois ainda veio Santana Lopes).

Claro que tudo isto não pretende completar ou equiparar-se ao «comentário (quase) definitivo», é apenas o que me pareceu.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Ana ☯

    ... e o "Estado" somos nós...... e, por falar em i...

  • Vorph "Girevoy" Valknut

    Socializam-se nos prejuízos, privatiza-se lucros. ...

  • voza0db

    Para os que acham que "o mundo inteiro" é apenas o...

  • voza0db

    Esta é [ainda] a lenga lenga que a OMS afirma no s...

  • voza0db

    Então é assim que os boçais reagem quando não comp...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2008
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2007
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2006
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D