Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Mr. Popularity

por Tiago Moreira Ramalho, em 22.07.09

Não sou propriamente um obamista. Nem tão pouco o seu contrário. Desde que não desgrace o Resto do Mundo, Barack Obama é para mim indiferente, como seria qualquer outro dos candidatos se eleito. No entanto, julgo este tipo de análise muito, perdoem-me a franqueza, frouxa.

Ter a pretensão de comparar a popularidade de um presidente recém-eleito num cenário de prosperidade económica à popularidade de um presidente recém-eleito num cenário como aquele que os EUA vivem, é ter a pretensão de comparar o incomparável.



2 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo Veneziano a 22.07.2009 às 12:37

Claro que a análise é frouxa. Mas o problema não é exactamente de popularidade, creio. O problema é que Obama foi eleito na base de promessas e expectativas que, obviamente, são irrealizáveis. Como pode ele (ou qualquer outro) evitar pagar a factura?
Sem imagem de perfil

De Gustavo Menezes a 22.07.2009 às 14:42

Caro TMR, deixe-me comentar aqui no seu blog uma opinião que, creio, seria útil ter em consideração sempre que se fala nestes assuntos.

Os EUA e, em particular, os media americanos são muito diferentes dos nossos. Se os meios de comunicação na Europa em geral - e podemos tomar como exemplo o caso português - têm alguns sinais de tendenciosismo, no outro lado do Atlântico não existem praticamente notícias que sejam isentas, 100% factuais ou sem segundos interesses. E é ainda mais notório do lado republicano.

Apesar deste link ser para o Telegraph, esta notícia parte dos Estados Unidos e ninguém nos garante que não seja de um meio duvidoso como a Fox ou a CNN (a CNN americana não tem nada a ver com a respeitabilidade que a europeia ainda mantém). Estamos a falar de jornais ou canais de televisão que simplesmente não reflectem a realidade e transfiguram aquilo que se passa - geralmente para incutir sensações de medo e frenesim.

Isto para dizer que, mesmo que o que nos escreve tenha uma lógica com a qual concordo, não confio na notícia original.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    (cont.)E se a AR é a Casa da Democracia, não haver...

  • Anónimo

    O Parlamento representa o eleitorado e é uma amost...

  • anónimo

    O desinteresse nasceu e subsiste porque metade do ...

  • Carlos Sousa

    Explicou perfeitamente, só que essa solução leva a...

  • balio

    Não sei de quem é a culpa dos erros nos cadernos e...


Links

Muito nossos

  •  
  • Outros blogs

  •  
  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2021
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2020
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2019
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2018
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2017
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2016
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2015
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2014
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2013
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2012
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2011
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2010
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2009
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2008
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D
    196. 2007
    197. J
    198. F
    199. M
    200. A
    201. M
    202. J
    203. J
    204. A
    205. S
    206. O
    207. N
    208. D
    209. 2006
    210. J
    211. F
    212. M
    213. A
    214. M
    215. J
    216. J
    217. A
    218. S
    219. O
    220. N
    221. D