Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Mitos das eleições (III)

por Luís Naves, em 18.06.09

A esquerda reivindicou uma grande vitória e a direita ficou escandalizada com o “avanço da extrema-esquerda”, mas parece factual que as franjas aumentam e toda a gente esqueceu ou ignorou o avanço da direita.

Um elemento muito visível nos números absolutos é a dimensão impressionante da votação à esquerda do PS.
BE e CDU somam 760 mil votos, quase tanto como nas legislativas de 2005 (797 mil). Se nas próximas eleições atrair apenas dez por cento dos indecisos que irão votar (menos do que as suas percentagens, afinal), a esquerda do PS pode bem valer um milhão de votos.
Nestas europeias, o CDS teve 81% do valor absoluto das legislativas anteriores (um valor excelente, pois o vencedor destas eleições, o PSD, não chegou a 70%). Este avanço do CDS tem escapado aos analistas e esquece que os centristas também vão atrair votos indecisos de pessoas que ignoraram as europeias mas que votarão nas legislativas.



Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Boa noite ,porque será que vejo cada vez mais gent...

  • Costa

    É um cenário bem plausível, de facto. A repugnante...

  • António

    Eu também acho que o Costa dará à sola assim que p...

  • Anónimo

    Para o cumprimentar, Vasco Silveira. Não só foi cl...

  • Anónimo

    Muito bem. Sóbrio.ao


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2008
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2007
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2006
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D

    subscrever feeds