Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Emoções básicas (58)

por Luís Naves, em 09.06.09

 

Ainda as europeias

Este texto de Carlos Abreu Amorim é revelador. Trata-se da visão que o PSD tem do CDS, aqui colocada com toda a franqueza.

Nos últimos 15 dias acompanhei a campanha do CDS e tive a oportunidade de observar este partido, de falar com os seus activistas, de acompanhar os dirigentes. E o que aprendi é diferente das conclusões de CAA. Desconhecia os centristas e, confesso, para mim foram uma surpresa, assim como me surpreendeu o que vi pelo país, sobretudo o poderoso descontentamento que se acumula.

Do ponto de vista da direita faria sentido juntar CDS e PSD num único partido, mas penso que isso seria um empobrecimento da democracia. O CDS tem pouca militância e uma máquina partidária limitada, escassos quadros e uma dependência excessiva da liderança. Na sombra do vizinho, a sua sobrevivência parece difícil.

Apesar de tudo, acho que os analistas do PSD não devem subestimar a forma como muitos eleitores da direita detestam genuinamente os social-democratas. Aliás, acho que o eleitorado do CDS é diferente do social-democrata, menos interclassista e menos abrangente, muito mais conservador. É um eleitorado que, caso desapareça o CDS, tenderá a não votar PSD. Aliás, um eleitorado que pode radicalizar-se.

Penso também que o CDS não deve ser subestimado e que o seu líder, Paulo Portas, será capaz de obter um bom resultado nas legislativas. Nas europeias, o CDS foi prejudicado pelas sondagens e fez uma campanha barata, conseguindo mesmo assim quase 300 mil votos.

O bloco central está a diminuir (baixou dos 70%) e o CDS tem margem para crescer na direita. E já que no próximo ciclo não haverá maiorias absolutas, é bom que o PSD se habitue de novo a este seu vizinho incompreendido, até por vezes desprezado, mas que se prepara para participar numa próxima solução de poder.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



5 comentários

Sem imagem de perfil

De cr a 09.06.2009 às 11:49

O CDS é uma espécie de BENFICA dos partidos, fica sempre para trás, mas acha sempre, que tem uma excelente equipa.
Imagem de perfil

De Luís Naves a 09.06.2009 às 12:01

O Benfica teria maioria absoluta. O CDS é mais o esforçado Braga
Sem imagem de perfil

De l.rodrigues a 09.06.2009 às 12:17

Creio que a conjugação de mais votantes e voto útil nas legislativas fará o CDS voltar para aquilo que representa hoje no parlamento. As Europeias pareceram ser sobretudo uma votação de indefectíveis.

(Sendo que os indefectíveis do PS que não se revêem em Sócrates quiseram dar um sinal ao partido, defectando para o BE ou ficando em casa, o futuro dirá.)
Sem imagem de perfil

De clara a 09.06.2009 às 18:07

É comovente ver os PSD (novamente) unidos em torno de algo que é... verdadeiramente assustador.
Sem imagem de perfil

De terrivel a 09.06.2009 às 18:33

"muito mais conservador"


Não tenho nada essa ideia do eleitorado CDS. Julgo, alias, que é uma ideia erronea que persiste na cabeça de muito analista e opinador. Estou em crer que o eleitorado do CDS é sim muito diversificado, tendo algum voto jovem e urbano, mesclado com algum voto de classe alta e um certo voto rural. Uma. espécie de federação de nichos. Gostava de ter dados fiáveis, mas parece-me que o voto conservador social cristão e rural tende mais para o PSD do que para o CDS.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Bola novinarka a spisovatelka neschopna n a pisala...

  • Anónimo

    Ó génio, isso chama-se eleições ;)

  • Anónimo

    A representatividade é inexistente. Voto sim, mas ...

  • Anónimo

    E que tal mudar de políticos ?

  • Anónimo

    Esse jornal, o Expresso, ou traz poesia ou noticia...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2007
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2006
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D