Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

Mais difícil do que parece

Pacheco estava bastante atrapalhado. Eu não esperava encontrá-lo ali, no curso de formação para jornalistas júniores, e não resisti a interromper aquela concentração toda. Ele reagiu mal:

“O que queres, Adolfo Ernesto? Não vês que estou ocupado?”

“Desculpa, Pacheco. Mas o que estás a fazer?”

“Estou a aprender a fazer um lead”.

“Queres dizer, a entrada das pequenas notícias?”

“Isso mesmo, um lead. É que eu só sei escrever editoriais e opinar. Agora, tenho de aprender como se faz uma notícia, pois estarei num programa na TV onde fiscalizo o jornalismo nacional. Tenho de estar preparado”.

“Para desancares na incompetência geral?”

“Isso mesmo. Serei implacável”.

“E aproveitarás para criticar a maneira como os estagiários escrevem os seus leads”.

“Isso mesmo”.

Estava convencido. O Pacheco é a pessoa ideal para estas coisas. Ele não deixa escapar o mau jornalismo que contamina as redacções. Pedi para ver o exemplo de notícia que ele tinha escrito, mas o meu amigo resistiu:

“Acho que ainda posso fazer melhor do que isso, mas já me parece forte”, disse ele, ao passar-me a folha.

Li: “Manuela Ferreira Leite, excelente líder do maior partido português afirmou ontem com extrema firmeza que não aceita mais desastrosas despesas públicas por parte do lamentável governo que nos calhou em sorte devido à estupidez dos portugueses e às intrigas dos meus adversários dentro do maior partido português...”

Suspendi a leitura, olhei para o Pacheco.

Ele parecia ansioso:

“O que achas?”, perguntou. “Isto parecia mais fácil do que é”.

“Acho que devias cortar nos adjectivos. Um ou dois bastava...”

O Pacheco ficou ofendido:

“Tu és um bocadinho situacionista, não és, Adolfo Ernesto?”

Adolfo Ernesto



5 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 12.05.2009 às 20:30

Mas olhe que já tenho ouvido algo do género:

O Engenheiro José Sócrates, excelente líder do maior partido português afirmou ontem com extrema firmeza que não aceita mais desastrosas críticas às despesas públicas generosamente empreendidas pelo incomparável governo que nos calhou em sorte devido à grande inteligência dos portugueses e às intrigas existentes nos partidos dos seus adversários..."
Sem imagem de perfil

De john es a 12.05.2009 às 23:00

“E aproveitarás para criticar a maneira como os estagiários escrevem os seus leads”.

Coitados dos estagiários. Não lhes basta trabalharem que nem escravos enquanto recebem subsídio de transporte (se tiverem sorte), e ainda têm de aturar um "Pacheco implacável"? Muita crueldade, muita crueldade!
Imagem de perfil

De Tiago Moreira Ramalho a 12.05.2009 às 23:10

Brilhante de novo, claro!
Sem imagem de perfil

De dutilleul a 13.05.2009 às 23:52

Pois eu também acho o Adolfo suspeito de ser um pestilento situacionista!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 14.05.2009 às 23:32

"brilhante" é um belo elogio. Infelizmente, no caso concreto, só o seria se a imbecilidade brilhasse.

Esperemos para ver.

Se o FAL continuar a produzir ao seu melhor nivel, não há-de faltar material a JPP.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Anomalia de um bronco.Depois passa, o Partido limp...

  • Anónimo

    Nas TVs os comentadores (apurada seleção de esquer...

  • Anónimo

    Abriu a caça. Afinal isso acontece a quem não sabe...

  • Artur Campos

    Eu estudei a disciplina de ciências e geografia no...

  • Artur Campos

    Papa Francisco...diz-vos alguma coisa ??


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2007
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2006
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D