Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Emoções básicas (55)

por Luís Naves, em 07.05.09

Grandes ilusões

Sempre me surpreendeu a capacidade ilusória da política, sobretudo em países democráticos. Os truques são semelhantes aos de um bom mágico, cujos movimentos são visíveis, embora não devam ser vistos. É necessário que as pessoas não estejam a olhar para o ponto onde o truque se revela, mas sim a olhar para a distracção. As ilusões baseiam-se numa característica da visão humana que vi explicada num documentário da BBC, de Robert Winston (na imagem). Ao longo do episódio, surgia por várias vezes um homem vestido de gorila. Julgo que em quatro só vi um, numa imagem que considerei bizarra, sem lhe dar importância. Nem a estranheza me alertou. No final do programa, repetiam-se as sequências tal como tinham passado da primeira vez mas o apresentador alertava para o gorila: “vejam com atenção”, dizia. E tudo se revelava: do nada, lá estava um homem vestido de gorila, que não tínhamos visto, por estarmos atentos a outros elementos do documentário.
Na América política esta fraqueza humana é bem conhecida e o uso da ilusões está muito desenvolvido. Como se viu ontem, no noticiário de uma televisão. O presidente e vice-presidente dos Estados Unidos comiam um hamburger junto a um circo mediático. Esta era a notícia: Obama pediu um hamburger com muito queijo Cheddar e boa mostarda. E os dois homens mais poderosos do mundo pagaram os hamburgers do próprio bolso e sentaram-se numa melancólica mesa 42, certamente a discutir o último bombardeamento de talibãs.
Desculpem a crónica sem nexo, mas temos de tirar o chapéu a estes truques de ilusão. Sabemos que nos escapou qualquer coisa no meio das habilidades, que tudo aquilo era meio fantástico, que aquela não era a realidade real, mas uma qualquer realidade à maneira de Philip K. Dick, onde a crise ficou interrompida por uns minutos para aqueles dois seres humanos engolirem um saboroso cheeseburguer com muita mostarda.



Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Portugal está num processo de degradação acelerada...

  • Anónimo

    Na bicha, minha senhora, na bicha.Recusar colonial...

  • Luís Lavoura

    uma acção coerciva de uma violência brutal, sem cu...

  • Luís Lavoura

    Sim, Marina, as pessoas em Lisboa estão todas borr...

  • Anónimo

    https://observador.pt/opiniao/retorno-ao-normal-de...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2008
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2007
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2006
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D


    subscrever feeds