Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ensaio sobre a Lucidez

por Tiago Moreira Ramalho, em 13.04.09

Oiço na rádio que apenas um quarto dos portugueses pretende votar nas Europeias que se avizinham. De igual modo se comportam os restantes europeus, sendo que apenas um terço dos eleitores do Velho Continente o pretende ser realmente.

Deparado com esta informação, que de notícia tem pouco, dou por mim a pensar, mas a sério, sobre que tipo de regime democrático é este que os europeus querem, ou pensam querer, viver. Uma Europa que no século passado foi devastada, de lés a lés, por regimes totalitários fascistas, nacional-socialistas e comunistas, que se viu envolvida nos dois conflitos bélicos mais desastrosos da História da humanidade, que se reagrupou, unida, por um ideal de paz e de desenvolvimento; vê-se agora com centenas de milhão de pessoas de braços caídos, sem qualquer interesse na construção do futuro e sem qualquer interesse em escolher quem decidirá por si.
Numa democracia, votar, mais que um direito, é uma obrigação. Porque se o povo chama a si o poder, não pode de seguida desprezá-lo, negligenciá-lo e deixá-lo a cargo de outros, sabe-se lá quem.
Deram muito maus resultados episódios nos quais o povo não via em si próprio um líder capacitado para tal e deixou que outros tratassem de tudo. Salvadores de Pátrias acabarão por surgir, cheios de determinação e coragem, cheios de capacidade de mobilização, cheios de sede de poder e cheios de poder para o mal. Continua Europa, continua Portugal. Parecem ambos esquecidos. Esperemos que ninguém por aí apareça para nos reavivar a memória da pior maneira.



Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Elvimonte

    Quer a literatura científica, quer a evidência emp...

  • Anónimo

    De salientar que é sabido e conhecido que os subsc...

  • Anónimo

    E vê alguma crítica? Vê, ouve ou lê alguma notícia...

  • Anónimo

    HPS, ouvindo isto:https://observador.pt/programas/...

  • Anónimo

    HPS,agradeço a colocação no tempo do vídeo que des...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2020
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2019
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2018
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2017
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2016
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2015
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2014
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2013
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2012
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2011
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2010
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2009
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2008
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2007
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D
    196. 2006
    197. J
    198. F
    199. M
    200. A
    201. M
    202. J
    203. J
    204. A
    205. S
    206. O
    207. N
    208. D


    subscrever feeds