Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Sim, foi censura

por Tiago Moreira Ramalho, em 21.03.09

Por essa blogosfera fora anda uma discussão sobre a porcaria do spot publicitário da Antena 1. Uns dizem que a censura foi disparatada, outros que foi justa. Mas há um ponto sobre o qual ninguém discorda: foi censura. A pergunta que se impõe agora é: será que há censura e censura? Será que, dependendo da conveniência em cada situação, é aceitável um acto de censura? Eu não respondo, porque dizer o óbvio seria ofender os leitores que tanto prezo.

 

Adenda: pedia era o favor que não me viessem chamar "situacionista" apenas porque não escrevi o que muitos queriam ler. Se há coisa de que já dei provas é de ser tudo menos complacente com os tiques autoritários do Querido Líder.

Tags:



26 comentários

Sem imagem de perfil

De Luis Melo a 21.03.2009 às 11:38

O problema do spot é ter sido "encomendado" pelo PS. O partido de governo, que manda na RTP, e na Antena 1... ambas estações públicas... e logo na altura certa, ou seja, dias depois de ter havido a maior manifestação de sempre em Portugal.
Imagem de perfil

De Tiago Moreira Ramalho a 21.03.2009 às 11:45

Sinceramente, Luís, acho que já anda tudo com "pacheco-pereirice" a mais...

O spot não tem nada de mal, até o achei divertido. Mas o politicamente correcto é pior que a velha PIDE...
Sem imagem de perfil

De fernando antolin a 21.03.2009 às 12:24

Eu tinha dezoito anos em 1973 e isto agora lembra-me esse ano,um certo ar de fim de arraial...
Imagem de perfil

De manuel gouveia a 21.03.2009 às 13:09

Se alguém tivesse assumido as suas responsabilidades, por exemplo o conselho de administração que promoveu e pagou a campanha, não teria sido censura. Assim foi.
Sem imagem de perfil

De Anónimo Veneziano a 21.03.2009 às 14:35

Pergunto-me se o tal "acto de censura" não terá sido motivado por outras razões. Não estaria o anúncio a revelar-se contraproducente em relação aos objectivos pretendidos pelos seus autores?
Sem imagem de perfil

De kruzeskanhoto a 21.03.2009 às 15:56

A censura é como os misseis no tempo da guerra fria. Havia os misseis maus (dos soviéticos, apesar de apontados para nós) e os misseis maus (os dos americanos).

Neste caso estamos perante uma acta de censura, mas da boa.
Sem imagem de perfil

De Manuel Leão a 21.03.2009 às 17:36

Tiago Moreira Ramalho:

Nada pior do que confundirmos as coisas e baralhar tudo!

Aquele "spot" é que é objectiva e subjectivamente uma censura. Uma censura ao exercício legítimo de um direito constitucionalmente garantido!
Imagem de perfil

De Tiago Moreira Ramalho a 21.03.2009 às 18:02

Perdoe-me a discordância. O anúncio da Antena 1 podia não ser a coisa mais simpática do mundo para a CGTP, mas não impediu nenhuma manifestação: não censurou. Mesmo que admitamos que estava a emitir a opinião de alguém - coisa que dúvido, porque basta ver o trânsito caótico nos dias de greve para se perceber a mensagem - era uma opinião válida, tão válida como a sua contrária (um spot que falasse das maravilhas das manifestações). Fosse o que fosse, aquele anúncio não era censura, porque não impedia ninguém de fazer nada. Pelo contrário, forçar a sua retirada dos meios televisivos, isso sim, foi censura.

(e já agora, a Constituição diz que temos o direito à greve, não diz que é proibido falar mal das greves)
Imagem de perfil

De José Manuel Faria a 21.03.2009 às 18:53

“Daqui a pouco vamos em directo para o Parlamento, vamos acompanhar o debate desta tarde na Assembleia da República. São agora 11h23"

Até neste grande pormenor falharam!

A jornalista deveria estar a sair de Coimbra!
Sem imagem de perfil

De Manuel Leão a 21.03.2009 às 18:57

Tiago Moreira Ramalho:

Não se trata apenas da CGTP. Não sei se a UGT já se pronunciou sobre o assunto, mas mesmo que o secretário geral da UGT nada diga - este "spot" deve incomodar.

Tanto assim é que ainda há pouco vi, na TV, um Deputado do CDS a verberar essa iniciativa.

Não brinquemos com as palavras, nem sejamos ingénuos. Aquilo aparece com todo o ar de veicular uma "opinião oficiosa" e institucional. E se reparar a quem pertence a voz "off", não é difícil tirar conclusões sobre de quem partiu a iniciativa.

Se as manifestações não tivessem atingido as proporções que tiveram, acha que a RTP1 perdia tempo a fazer esta "vacina" e a aplicá-la?

.
Imagem de perfil

De Tiago Moreira Ramalho a 21.03.2009 às 19:01

Manuel,

Eu continuo a achar muito estranho que isto faça parte de uma qualquer conspiração que ande por aí. Começo a achar que esta nossa praia anda muito paranóica.
Eu não estava, sinceramente, a brincar com as palavras. Aliás, estava a chamar os bois pelos nomes, se me é permitida a expressão. Aquilo não viola o direito de manifestação. O único pecado daquele spot é o de vir de uma empresa pública... e o Manuel sabe o que penso das empresas públicas...
Sem imagem de perfil

De Manuel Leão a 21.03.2009 às 23:06

Tiago Moreira Ramalho, disse:

«Eu continuo a achar muito estranho que isto faça parte de uma qualquer conspiração que ande por aí».


Então faz parte de quê? De uma brincadeira?

Então encomenda-se uma coisa daquelas para divertir?

E o Charrua faz parte de quê? A propósito ouviu o que ele disse recentemente da senhora da DREN?
E o Provedor? E aquele braço de ferro sobre o Estatuto dos Açores? E o que disse O Cravinho? E o que disse Edmundo Pedro? E Henrique Neto? E... E...

Não abram os olhos e temos aí qualquer dia o Partido Socialista Institucional, uma réplica do Partido Revolucionário Institucional do México que manteve a sua hegemonia entre 1929 e 2000, sem nada de revolucionário e demasiado de Institucional!
Sem imagem de perfil

De M. Loureiro a 21.03.2009 às 19:14

Até terá razão em algumas das suas ob servações, mas diga-me: "Querido lider" não é aquilo que chamam ao ditador da Coreia do Norte? Eu sei que em democracia não se corre grande risco em ofender quem quer que seja, mas não seria de evitar tal prática?
Imagem de perfil

De Tiago Moreira Ramalho a 21.03.2009 às 19:27

Mas eu referi-me a alguém em particular, M. Loureiro?
Se associou a referência a alguém da nossa praça, esse alguém não se recomenda...
Sem imagem de perfil

De Antifarsista a 22.03.2009 às 20:28

Pura cobardia!
Imagem de perfil

De Daniel João Santos a 21.03.2009 às 22:07

Pura censura de uma sociedade que tem vacas sagradas.
Sem imagem de perfil

De Caty Waves a 21.03.2009 às 22:52

Tantas virgens ofendidas por aqui!! Meu Deus!!
Até parece que foi o Sócrates ou o Ps que mandou fazer o anúncio!
O que interessa é discutir soluções para a Crise Mundial provocada pelas políticas de Direita.
Sem imagem de perfil

De M. Loureiro a 22.03.2009 às 01:19

Tem toda a razão, Tiago Moreira Ramalho, e peço que me desculpe. Sabe, em política eu não tenho inimigos, tenho adversários a quem respeito e de quem espero respeito. Princípios!
Imagem de perfil

De Tiago Moreira Ramalho a 22.03.2009 às 10:01

Eu também prezo essa postura. No entanto, quando os meus adversários não me respeitam, perco o respeito por eles. Se quiser chamar-lhe assim, é um princípio!
Sem imagem de perfil

De M. Loureiro a 22.03.2009 às 10:22

Tem mais uma vez razão, se na verdade esse alguém a quem não se referiu o desrespeitou, a si. Mea culpa!
Imagem de perfil

De Tiago Moreira Ramalho a 22.03.2009 às 11:32

M. Loureiro, sinceramente não gosto que me dêem o tratamento que é usual dar aos dementes. Se quiser podemos ter proveitosas discussões sobre tudo e mais alguma coisa, mas "bailinhos" dispenso...
Sem imagem de perfil

De maria a 22.03.2009 às 03:05

Não tem razão nenhuma desta vez Tiago. O Manuel Leão disse o lógico. Brincamos ou quê ? um anúncio , de uma estação pública , a por em causa o direito à greve ( que nunca exerci , mas gosto de saber que o tenho) ? e pago por todos? Admitia-se se fosse feito por privados , Tiago , jamais pelos que dizem sustentar os nossos direitos constitucionais.
No caso de ser o Belmiro a passar o dito , era censura , no caso de ser , como foi , uma estação do estado , é tentar apagar uma grande parvoíce.

Comentar post


Pág. 1/2



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    José Monteiro by 19.52especializado em técnica de ...

  • Anónimo

    Imperdível, a ponto de ir levar o Post, para algum...

  • Francisco Albino

    Ficamos mesmo bem governados, com 70 membros do Go...

  • Anónimo

    E eu fiquei com a cabeça a andar à roda!

  • Anónimo

    «Os juros da dívida portuguesa estavam hoje a subi...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2007
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2006
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D