Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Por uma questão de coerência

por Tiago Moreira Ramalho, em 16.03.09

Quem anda há meses a exigir a demissão de Dias Loureiro do Conselho de Estado, pelas suspeitas de envolvimento num caso policial, deveria, a bem de alguma coerência, exigir a demissão de José Sócrates do cargo de Primeiro-Ministro. Uns porcos são mais iguais que outros, não é pessoal?

Autoria e outros dados (tags, etc)



17 comentários

Imagem de perfil

De Daniel João Santos a 16.03.2009 às 19:51

mas olha que se exige a demissão de Sócrates à mais tempo que Loureiro.
Sem imagem de perfil

De JMG a 16.03.2009 às 21:10

"... à mais tempo..."

HÁ mais tempo
Sem imagem de perfil

De Dasse a 16.03.2009 às 21:13

"há" !!!
Imagem de perfil

De Daniel João Santos a 16.03.2009 às 21:42

Parabéns Tiago, instalastes aqui dois correctores ortográficos.
Imagem de perfil

De Tiago Moreira Ramalho a 16.03.2009 às 21:44

Eu já nem lhes respondo... Ó sacrilégio dos sacrilégios, esse de errar na ortografia!
Sem imagem de perfil

De Dasse a 17.03.2009 às 09:47

Que pobreza de espírito!
Sem imagem de perfil

De JMG a 18.03.2009 às 00:43

Há pior - errar na sintaxe. Quanto a isso também temos um prato cheio nestes comentários, graças a Deus.
Sem imagem de perfil

De Daniela Major a 16.03.2009 às 22:15

Será que funcionam segundo o acordo? É que eu precisava de tirar umas dúvidas...
Sem imagem de perfil

De Dasse a 17.03.2009 às 09:45

Não se trata de acordo ou desacordo. No seu caso, é apenas analfabetismo puro e duro.
Sem imagem de perfil

De Dasse a 17.03.2009 às 09:46

instalastes?
instalaste!!!
Sem imagem de perfil

De korrectore hortógrafiko a 17.03.2009 às 10:00

"instalaste"
Sem imagem de perfil

De JMG a 18.03.2009 às 00:40

Instalaste e não instalastes.
Sem imagem de perfil

De Daniel Oliveira a 16.03.2009 às 22:36

A demissão de Dias Loureiro deve resultar do facto, provado (e que não irá a qualquer julgamento nem é assunto da justiça) de ter mentido numa Comissão Parlamentar de Inquérito.

Ainda assim, a comparação não faz senti. Um foi eleito, outro não.
Imagem de perfil

De Tiago Moreira Ramalho a 17.03.2009 às 17:24

Daniel,

Em primeiro lugar, sabe tão bem quanto eu que as exigências de demissão de Dias Loureiro do Conselho de Estado começaram muito antes de haver sequer comissões parlamentares.

Não percebi em que é que o facto de um ser eleito e o outro não pode ter influência. Acha que José Sócrates foi eleito com uma aura de suspeição sobre ele? Não. José Sócrates foi eleito quando não havia dúvidas, pelo menos sustentadas, à sua seriedade. Agora há, seja ou não culpado.

Apesar de eu não defender a demissão de José Sócrates neste altura, por não haver nada provado, claro; considero que quem pediu a demissão de Dias Loureiro assim que a bomba rebentou, devia fazer o mesmo com José Sócrates.

Cumprimentos
Sem imagem de perfil

De Luis Melo a 16.03.2009 às 23:17

Por falar em coerência...

No início do mês de Fevereiro, Augusto Santos Silva, queria expulsar Manuel Alegre do PS, o que motivou uma reacção pesada do poeta socialista.

Passado uns dias, o mesmo Augusto Santos Silva, disse que Manuel Alegre seria muito bem vindo ao congresso do partido. Acrescentando que ele próprio também era crítico por vezes.

Algumas semanas volvidas, Augusto Santos Silva volta a mudar de opinião e, numa entrevista, sugere que Manuel Alegre deveria abandonar as listas do PS nas próximas eleições legislativas.

Passados apenas mais 4 dias, Augusto Santos Silva, dá novamente um passo atrás e garante que o PS terá todo o gosto em contar com Manuel Alegre.

Das duas uma, ou estamos outra vez a lidar com o Augusto Santos Silva ministro e com o Augusto Santos Silva cidadão... ou então a coerência deste senhor é ZERO !!!

http://mudaportugal.blogspot.com/2009/03/ministro-cidadao-ou-apenas-incoerente.html
Sem imagem de perfil

De CR a 17.03.2009 às 10:51

É óbvio e perfeitamente claro que as nódoas estão comprovadas num dos porcos, enquanto que no outro, ainda não existe esse grau de certeza, porque está a ser analisado...

Então? vamos lá a ser justos...ou você não se importaria de ser acusado de alguma coisa sem prova ? bom, se a justiça para si não lhe interessa nada, já é outra coisa...
Sem imagem de perfil

De maria a 17.03.2009 às 19:04

Tem toda a razão. Já várias vezes pensei nisso. Alegra-me que nem todos estejam estupidificados.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Excelente comentário. Renovo-lhe os meus parabéns....

  • Anónimo

    Maria Muito obrigado pelo seu comentário.Acrescent...

  • Anónimo

    Sem dúvida. A Constituição em vigor -obra de socia...

  • Anónimo

    Concordo com os comentários «Anónimos», vale bem a...

  • Anónimo

    Com o devido respeito pelas opiniões contrárias, e...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2007
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2006
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D