Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Contra a Anarquia

por Joao Tordo, em 02.03.09

No domingo de Carnaval, a sempre atenta e célere PSP foi a uma feira de livros em saldo, em Braga, e apreendeu os únicos cinco exemplares de um livro chamado “Pornocracia”, que apresentava na capa o famoso quadro oitocentista L´0rigine du Monde, de Gustave Courbet, obra de tal maneira vanguardista, subversiva, e chocante para os nossos tempos, que foi pintada há 143 anos, antes de a PSP – ou de a PIDE, já que estamos nesta - alguma vez terem existido. A conclusão imediata é que, ou a nossa PSP está século e meio atrasada no tempo (que já é dizer muito), ou tem uma forte posição contra a pintura anarquista francesa do século XIX. Suspeito que seja esta segunda hipótese.

A situação é tão insólita, que suscita todo o género de perguntas metafísicas. Por exemplo: o que é que agentes estavam a fazer numa feira de livros usados? Não há veículos para autuar; não há trânsito para empatar; não há vinho a martelo. Isto reduz drasticamente o raio de acção da PSP, mas vejamos: o sargento Meireles e o cabo Tavares, durante a ronda, podem ter visto a populaça, que andava por ali a cheirar as bancas; e, como toda a gente sabe, muita gente junta à volta de livros só pode dar sarilho. Foram averiguar, encontraram “Pornocracia”, trocaram impressões, e concluíram que a pintura anarquista francesa da capa não era “apropriada para ser exposta numa feira de livros que estava a ser frequentada por crianças.” Confiscaram os cinco exemplares, menos um que ficou com o sargento Meireles para “mais demoradas averiguações.”  
Ora, a obra “censurada” pela vigorosa PSP, no interesse da moral e bons costumes, por apresentar “cenas com conteúdo pornográfico”, é um retrato das coxas e da vagina de uma mulher: uma cena apenas, que se enquadra na definição de “nu” e não de “pornográfico”, uma vez que: a) a mulher não se está a tocar b) ninguém está a tocar na mulher c) o canalizador não está a tocar à campainha. Em segundo lugar, o quadro está exposto, há muitos anos, no Museu D’Orsay, em Paris, cidade que recebe 28 milhões de turistas por ano, nove milhões dos quais visitam os museus, incluindo milhares de crianças (no D’Orsay, já agora, para além de Courbet, figuram outros subversivos na lista negra da PSP, como Cézanne, Van Gogh, Munch, Rodin e Manet, que também não perdem por esperar o dia em que o sargento Meireles e o cabo Tavares lá aparecerem para lhes fechar a tasca). Nenhuma destas crianças chora quando vê a pintura anarquista francesa. Nenhum pai lhes tapa os olhos, impedindo-a de ver a “pornografia” de 1866. Mas em Portugal faz-se vingar a lei, e se os agentes acham que Courbet é desapropriado para uma feira do livro em Braga, então assim seja. Vá lá que é Carnaval e ninguém os leva a mal.

Autoria e outros dados (tags, etc)



3 comentários

Sem imagem de perfil

De Anonimo a 02.03.2009 às 20:11


Mau... Estou a ler o Corta-Fitas ou o Noticias Magazine ?
Sem imagem de perfil

De Berbigão a 02.03.2009 às 20:52

Olhe, meu caro, quando sentir um atraso como o que patenteia neste post, não deixe de ir à consulta.
Se não demorar, até pode ser que a coisa se faça dentro da mais estrita legalidade.
Sem imagem de perfil

De z a 03.03.2009 às 00:37

Que post rídiculo.

A PSP não apreendeu os livros por serem pornográficos, mas para evitar que houvesse desacatos por causa dos pais das crianças presentes na feira.

Podia ter feito de outra maneira? Sim provavelmente podia. Devia? Sim, é provavel. Mas não o fez.

Agora não vale a pena transformar isto nunca caso de censura artística e tranformar a PSP numa polícia moralista.

Quanto ao tom de superioridade intelectual: pode-a ter, no conforto do seu lar, rodeado das suas centenas de livro com centenas de quadros de centenas de museus internacionais porque há uns quantos PSP's (burros, incultos e moralistas) que tentam manter a lei...

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • António

    Duvido muito que a derrocada da PT não tenha impac...

  • Anónimo

    Apenas consigo perceber toda esta situação porque ...

  • Anónimo

    Concordo com o espírito do artigo e também gostari...

  • Anónimo

    O EMS está convencido que só ele é que sabe destas...

  • Luís Lavoura

    Eu gostaria de saber, se eu perguntar ao João Távo...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2007
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2006
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D