Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Nós por cá

por Tiago Moreira Ramalho, em 13.01.09

Nunca gostei do "Nós por cá". Aquela rubrica no Telejornal da Sic era apenas um chamariz para quem vê nas miudezas notícia. É giro ver um candeeiro que fura uma varanda, ou uma placa trocada lá na Amareleja. Mas o problema é que a intenção nunca é a de ser engraçado, ter piada, ou mostrar as coisas como insólitas que são. A intenção é generalizar, dar a ideia de um país que é todo assim: com sinais de trânsito trocados, com candeeiros de rua que furam varandas ou com prédios todos esburacados. A ideia é dar uma má imagem do país que temos. Depois de algum tempo sem dar sequer nos telejornais, o "Nós por cá" aparece como programa, na verdadeira acepção do termo. Faz-se um programa de televisão a falar mal do país que temos. Democrático? Há quem diga que sim. Pessoalmente não vejo grandes diferenças entre um programa que só fala mal - "Nós por cá" - ou um programa que só fala bem - "Conversas em Família", ou assim. Falar mal de algo é ser democrático? Falar mal de algo é falar mal de algo, vale o que vale. Eu pessoalmente, do mesmo modo que não ouviria um programa que só falasse bem, não vejo um programa que só fale mal. Gosto do meio-termo.

 

Ler também: o texto da Daniela Major no Câmara dos Lordes

Autoria e outros dados (tags, etc)



12 comentários

Sem imagem de perfil

De António P. a 13.01.2009 às 17:19

Tive a mesma sensação, caro Tiago e "roubo.me" um post.
O que mais me impressiona no programa é aquilo que diz : "a intenção é gneralizar..".
Mas mais garve é depois aparecerem pessoas com responsabilidades ( o Dr. Medina Carreira, o Prof. Cláudio Torres, etc ) a validarem estas "generalizações ).
Eu posso contar, por ex., como tirei o Cartão do Cidadão, em 15 dias, em Arraiolos onde a eficiêmncia foi total. Mas isso interessa ?
Lamentável...mas ainda bem que vivemos em democracia
Cumprimentos

P.S. : apesar de tudo se calhar vou postar algo com link aao seu post...vamos ver
Sem imagem de perfil

De Tiago Moreira Ramalho a 13.01.2009 às 18:23

Peço desculpa pela minha prevaricação ahah

De qualquer maneira escreva, um post seu é sempre benvindo.

Cumprimentos
Sem imagem de perfil

De rxc a 13.01.2009 às 17:25

Realmente, o programa é escusado. Basta sair pela porta da frente e olhar para os lados, que logo nos apercebemos do país em que estamos.
Sem imagem de perfil

De l.rodrigues a 13.01.2009 às 17:45

Há uma diferença grande entre falar mal e apontar o que está mal. Não costumo ver o referido programa, mas do que conheço da rubrica pareceu-me mais que era o segundo caso do que o primeiro.
Imagem de perfil

De Tiago Moreira Ramalho a 13.01.2009 às 18:25

Caro L. Rodrigues,

A questão é que pessoalmente acho que o que este programa faz é simplesmente falar mal. Antes, quando durava 5 minutos, até tinha graça. Mas tornar-se um programa apenas a "apontar o que está mal"...

Cumprimentos
Imagem de perfil

De Carlos Barbosa de Oliveira a 13.01.2009 às 18:52

Ai se a Fátima Campos Ferreira lê isto! Ontem, nos 10 minutos do Prós e Prós que vi, fartou-se de descascar naqueles que têm a ousadia de criticar Ronaldo por não jogar nada na selecção.
Também jogo ao centro... no meio-termo, ma o exagero é um dos predicados dos portugueses.
Sem imagem de perfil

De C. Medina Ribeiro a 13.01.2009 às 19:59

A empresa «Bio-Mais» anunciava-se na internet com o MEU número de telefone!
Imagina-se as chamadas que eu recebia a toda a hora...

Pois nem a empresa, nem a Anacom nem a Provedoria resolveram o problema.

Queixei-me ao 'Nós por cá', que fez um programa quase só sobre isso, e o assunto resolveu-se NA MESMA NOITE!

Ver em:
http://sorumbatico.blogspot.com/2005/11/socorro.html
Sem imagem de perfil

De joao costa a 14.01.2009 às 01:33

se esse programa existe , e tem esse tipo de configuração, então essas bestas quadradas nem imaginam o mal q estão a afzer aos emigrantes , q passama vida a dizer e tentar afzer com q o NOME PORTUGAL seja grande .
joão costa
e-mail --- jjrcosta@gmail.com
Sem imagem de perfil

De rxc a 14.01.2009 às 17:10

Então mas queremos ter um país para nós ou para mostrar aos estrangeiros? Se temos problemas graves em muitas áreas (justiça, saúde, educação, planeamento do território, finanças públicas, corrupção, etc...) deveríamos estar caladinhos para não estragar a imagem idílica que tentamos vender lá fora da "Europe West Coast"? Badamerda para a sua subserviência.
Sem imagem de perfil

De Jorge a 14.01.2009 às 11:53

Realmente, para quê um programa a falar de banalidades? Feito com brio, isto é, a excelência, é excepção, daí que um programa que nos mostra o dia-a-dia é redundante.
Imagem de perfil

De bmptavares a 14.01.2009 às 20:01

Primeiro, se visse com mais atenção constataria que o dito programa não consta apenas de "dizer mal", também apresenta situações que foram resolvidas. Mas nem é isso o mais importante. O mais relevante é dar conta de um país burocrático, medíocre e desmazelado. Passeios esburacados, durante anos, são sinal de desmazelo. Sinais de trânsito mal colocados são sinónimo de irresponsabilidade. Gente que não se importa com a burocracia tentacular do Estado é gente amodorrada e ignorante. Se lhe fere a sensibilidade um programa que só diz mal (o que não é o caso) já pensou que, talvez, o problema não seja do programa mas do país...
Sem imagem de perfil

De Orabolas a 14.01.2009 às 21:19

Infelizmente este tipo de programas faz falta, porque, apesar de existirem, ninguém liga patavina aos livros de reclamações. Assim, sempre é uma forma de alguns ganharem vergonha nas trombas pelas asneiras que fazem ao serem enxovalhados na praça publica. triste, mas necessário.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Estimado Henrique Pereira dos Santos,Vexa é um Sen...

  • henrique pereira dos santos

    Vou explicar-lhe uma coisa simples: pessoas adulta...

  • Anónimo

    A ignorância e a inveja são os nossos principais p...

  • Anónimo

    Não é só por cá que as ditas elites políticas alme...

  • Anónimo

    o Ir.: O e C percebe muito de fundos, SCP e sondag...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2007
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2006
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D