Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O indesejado

por Pedro Correia, em 18.12.08

 

Quem nasceu para lagartixa nunca chega a jacaré.

 

Pensei que Pacheco Pereira aproveitasse as duas páginas semanais que tem ao seu dispor na revista Sábado para dizer hoje o que lhe vai na alma sobre a candidatura de Pedro Santana Lopes à Câmara de Lisboa, com o beneplácito de Manuela Ferreira Leite – candidatura que tentou evitar, com manifesto insucesso. Nada disso: Pacheco prefere espadeirar pela enésima vez contra os jornalistas. Mais especificamente: contra jornalistas que exprimem opiniões em blogues como este. Queixa-se das opiniões favoráveis a Pedro Passos Coelho, o que muito me espanta: até parece que Pacheco e Passos não são companheiros de partido. Será que a quase totalidade dos jornalistas afinal não são “de esquerda”, ao contrário do que Pacheco sempre teorizou?

Estes tiros de pólvora seca do biógrafo de Álvaro Cunhal contra os jornalistas são pura manobra de diversão para preencher a coluna na Sábado sem reconhecer que se viu forçado a engolir um sapo do tamanho da Sé de Braga com o aval dado ao indesejado Santana pela credível e respeitável Manuela Ferreira Leite, que ele com tanto afinco apoiou. Talvez diga enfim o que pensa sobre a matéria logo à noite, na Quadratura do Círculo. Tendo a seu lado António Costa, o presidente da Câmara socialista e principal adversário da candidatura social-democrata a Lisboa. Há coincidências tão espantosas na vida política portuguesa que quase nem parecem ser coincidências.



18 comentários

Sem imagem de perfil

De Eco do sr. JV a 18.12.2008 às 15:13

Isto anda tudo ligado.
Sem imagem de perfil

De Escaravelho a 18.12.2008 às 15:17

Parafraseando o autor do post: Pacheco e Santana não são companheiros de partido?
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.12.2008 às 15:19

Aquilo da foto é o sapo do tamanho da Sé de Braga?
Sem imagem de perfil

De Margarida Pereira a 18.12.2008 às 15:33

Isto até é tudo muito engraçado! Então, não é?!
É sim!
O que isto me diverte!...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.12.2008 às 15:39

E o pior é que:

"Depois de ter conseguido a proeza de ser eleito com a percentagem mais baixa de sempre, o dr. António Costa superou-se a si próprio na presidência da principal câmara do país, distinguindo-se essencialmente pela sua inactividade. Por junto e depois de muita promessa, teve uma ideia qualquer sobre bicicletas que não chegou a pôr em prática, deixou-se colar ao projecto dos contentores em Alcântara (embora agora se tenha lembrado de umas condições de última hora) e integrou na sua equipa o "Zé", que, há uns anos, fazia por lá falta e que agora promete ser um companheiro de luxo na campanha eleitoral: para falar do túnel, claro, e do papel heróico que ele, na altura, desempenhou. Não por acaso, o "Zé" já começou a dissertar sobre a necessidade de se unirem todos contra uma candidatura que, sabe-se lá como, parece ter hipóteses de ganhar".

(Constança Cunha e Sá - Jornal Público).


O poeta Alegre é que podia fazer um grande favor ao Povo da Capital e candidatar-se a Presidente da Câmara de Lisboa.

Não sei como ainda não lhe ocorreu. Pois se ele até já nem é deputado por Coimbra há anos (por não querer a co-incineração ao pé da porta) e sim por Lisboa, não lhe custava nada.
Sem imagem de perfil

De Anónimo Recauchutado a 18.12.2008 às 16:02

Eu acho que JPP já falou sobre o assunto quando se ofereceu para ir para o Parlamento Europeu. Por outras palavras: «Tirem-me daqui!»
Sem imagem de perfil

De Anonimo a 18.12.2008 às 16:38

"Quem nasceu para lagartixa nunca chega a jacaré"

Pois, muito original, que o diga o João Gonçalves...
Sem imagem de perfil

De Que las hay, hay a 18.12.2008 às 16:46

E ainda há mais coincidências. António Costa substituiu o saudoso taberneiro da Quadratura por indicação de Pacheco Pereira (não só dele, mas também).
Imagem de perfil

De José Manuel Faria a 18.12.2008 às 18:39

Pacheco Pereira precisa de um partido só para ele.

Sem imagem de perfil

De Manuel Leão a 18.12.2008 às 22:01

Pedro Correia:

Por acaso o subtítulo «Quem nasceu para lagartixa nunca chega a jacaré» não é piada ao Benfica, pois não?

Um amigo meu, brasileiro, comentou: «Pôxa, cara, nem a lagartixa chega!

Imagem de perfil

De Pedro Correia a 18.12.2008 às 23:24

Caro Manuel Leão, depois do que aconteceu esta noite, sobretudo, o seu amigo brasileiro tem toda a razão.

Comentar post


Pág. 1/2



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Vasco Silveira

    Caro SenhorEu infelizmente não estou com cagaço: e...

  • pitosga

    A nossa alma de soldador está nas viseiras de plás...

  • pitosga

    A ladaínha é longa como qualquer uma que se preze....

  • pitosga

    Vasco Mina,Simples. E como tal, muito bom.ao

  • Ana Pereira

    Subscrevo muito do que escreveu. Pergunto: Que se ...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2008
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2007
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2006
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D