Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Manuela, Santana e as flores de Pacheco

por Pedro Correia, em 17.12.08

Em 31 de Maio, Manuela Ferreira Leite mereceu este bouquet de flores de José Pacheco Pereira, seu admirador número um. Motivo: a conceituadíssima senhora iria finalmente meter em ordem a casa laranja, virada do avesso pelo "populismo" de Santana Lopes. Como diria outro ilustre social-democrata, noutro contexto, a "boa moeda" expulsava a "má moeda" da Rua de São Caetano à Lapa. Restabelecia-se a respeitabilidade no partido, abalado pelas "trapalhadas" de Santana. As setas laranjinhas podiam enfim retomar a sua vocação ascendente.

Isso era dantes. Afinal, vejam lá, Ferreira Leite confirmou hoje o apoio à candidatura de Santana à presidência da Câmara Municipal de Lisboa. O perigoso populista é o nome que a coerentíssima líder tinha na manga para a mais importante autarquia do País. Logo ela, que em entrevista à Sábado, em Maio passado, fez esta espantosa revelação: “Quando fui votar no boletim de voto não estava lá o nome do Pedro Santana Lopes (...) Se lá estivesse o nome de Santana Lopes não votava. Só que no boletim estava PSD. E eu sempre votei PSD”.
Aposto que a esta hora as flores de Pacheco já murcharam.

Autoria e outros dados (tags, etc)



8 comentários

Sem imagem de perfil

De fonte próxima a 17.12.2008 às 00:16

És tão mauzinho!
Sem imagem de perfil

De Bruno a 17.12.2008 às 00:46

O PSD é hoje, sob a liderança de MFL, o mesmo partido contra o qual tanto combateu e criticou.
Sem imagem de perfil

De J.C. a 17.12.2008 às 03:41

Vai ser muuuuuuiiito interessante acompanhar esta semana a 'Quadratura do Círculo' de Pacheco Pereira. Se ele não estiver ausente por imponderáveis, claro. A líder já foi avisando: vai levar a dela em frente e quem não a seguir fica para trás. Seja lá o que isto for, Pacheco Pereira tem duas possibilidades a partir de agora: também segue Santana ou perde a líder de vista...
Sem imagem de perfil

De Manuel Leão a 17.12.2008 às 15:16

J. C. :

Nem uma coisa nem outra; Pacheco, porque se gosta de ouvir, segue a sua voz (não confundir com a voz da consciência).

O adulado comentador, há muito que comete dois dos erros mais crassos de análise:

1º - Confundir os seus desejos com a realidade;
2º - Confundir os seus amigos com Júpiter.

E, no final, que lições tira?

Que a realidade é uma ingrata e que Júpiter falhou porque teve azar!
Sem imagem de perfil

De Utopista a 17.12.2008 às 08:56

Vocês não acham que a Sra padece de coerência? Não acham mesmo que isso acontece porque, para se ter coerência, é preciso ter um sentido estrutural, uma ideologia. Ora, do que lhe vejo, a MFL tem uma fragilidade conceptual que, obviamente, não lhe pode dar suporte consequente a nada do que diz. A única coisa que tem é uma aptidão monárquica para estar na corte e. como qualquer liberal, a superficialidade, para boiar na economia de mercado (capitalismo!) e daí retirar o que todos os outros barões monárquicos do PSD (e do PS...) retiram: dinheiro e regalias. Mas, como tanto outros que pertenceram à corte de Cavaco, passaram a sumidades, mesmo quando o nem o Rei o era. Não se trata de discordar da diferença. Trata-se de recusar a mediocridade.
Sem imagem de perfil

De Vitor Duarte a 17.12.2008 às 09:12

Será este o primeiro pensamentro que ocorre ao jornalista Pedro Correia sobre este tema?

Estamos escassos de ideias...

VD
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 17.12.2008 às 16:02

Aguardei ansiosamente pelo seu contributo, mas quando chegou não deu mais que isso. Estamos escassos de ideias...
Sem imagem de perfil

De Manuel Leão a 17.12.2008 às 12:41

Pedro Correia:

As flores de Pacheco não murcharam: - quando foram oferecidas já estavam murchas. Murchas como as apostas de Pacheco. O arrogante infeliz (ou será infeliz arrogante?) não acerta uma. Ao menos uma só para amostra.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Costa, Costa! Então já não há um pouquinho de verg...

  • Anónimo

    O Costa é Costa, o Costa é hipócrita e demagogo, o...

  • Anónimo

    O peixe oficial é mais raia que o parta.Henrique P...

  • Anónimo

    Caro senhor, o Henrique Pereira dos Santos tem vin...

  • Pedro Nunes

    Já tinha saudades de ler os textos do Henrique.


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2007
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2006
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D