Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Executados, assassinados, "suicidados"

por Pedro Correia, em 29.11.08

Eis os 26 membros do Comité Central do Partido Comunista russo em 1917, quando eclodiu a Revolução de Outubro. Destes, mais de metade terminou às mãos dos próprios camaradas: nove foram executados na sequência de julgamentos-fantoche, dois foram assassinados (um deles era Trostsky), um "suicidou-se" e dois morreram na prisão. Todos às ordens do aqui sorridente Estaline, um dos raros membros da elite comunista dessa época que acabariam por falecer de causas naturais. A União Soviética era tão igualitária que as primeiras vítimas dos crimes do partido começaram por ser os seus dirigentes. Como sublinha o PCP nas suas teses ao congresso do Campo Pequeno, "a contribuição da URSS e, posteriormente, do campo dos países socialistas, para os grandes avanços de civilização verificados no século XX foi gigantesca."

 

(clicar nas fotos para aumentar)

 

Tags:


88 comentários

Sem imagem de perfil

De Mialgia de Esforço a 30.11.2008 às 01:11

E afinal o que são, mais coisa menos coisa, 30 milhões de mortos quando se pode ver ópera à borla?
Sem imagem de perfil

De Peter a 30.11.2008 às 01:24

Numa coisa tem razão esse foi o número de pessoas que morreram resultante da invasão nazi na União Soviética. Uma ideologia capitalista, mas quanto aos números que o Staline mandou executar foram bem menos, esforce-se mais um pouco.
Sem imagem de perfil

De J.C. a 30.11.2008 às 01:35

A ideologia nazi era capitalista? Deixe-me cá pensar... Era capitalista por não ser comunista? Deixe-me pensar melhor...
Sem imagem de perfil

De Peter a 30.11.2008 às 01:53

Não me diga que não sabia que os grandes investidores do partido nazi na Alemanha eram os grandes grupos económicos. Xiça que capitalistas eram estes que depois não queriam o retorno do seu investimento. Será que nunca viu a lista de Schindler. É que o retorno desse investimento era mão-de-obra escrava nomeadamente judeus e eslavos que trabalhavam nas fábricas desses grandes grupos económicos a custo 0. Que falta de cultura.
Sem imagem de perfil

De J.C. a 30.11.2008 às 02:07

Deixe de fingir-se ingénuo. Estava mesmo à espera que eu defendesse o regime nazi??? Ora, palavra que fazia outra ideia de si...
Sem imagem de perfil

De Peter a 30.11.2008 às 02:22

Eu não estou a dizer que o Jesus Christ defende o nazismo, o que eu estou a dizer é que o Nazismo foi financiado pelo capitalismo que curiosamente tb é 1 sistema que você defende. Bem até amanhã e vemo-nos todos no Campo Pequeno, eu só vejo potenciais comunistas aqui, ainda hei-de vos ver de cartão na mão.

Até amanhã Camaradas.
Sem imagem de perfil

De J.C. a 30.11.2008 às 11:39

Portanto, defendo o nazismo??? Ora, espere por mim no Campo Pequeno. Sentado. Serei fácil de identificar pelo cartão: é vermelho, mas não tem foice e martelo...
Sem imagem de perfil

De dita dura a 30.11.2008 às 02:17

E você não sabia que a Alemanha hitleriana e a URSS do Staline assinaram um pacto de amizade e boa vizinhança??
Sem imagem de perfil

De J.C. a 30.11.2008 às 02:38

O Peter? Sabia, pois, mas atrapalhou-se. Agora já está a zurzir em Margareth Tatcher. Coitada da senhora, que deixou o poder do mesmo modo que chegou lá. E nem mandou matar ninguém enquanto esteve...
Sem imagem de perfil

De Peter a 30.11.2008 às 12:54

A Margaret Thatcher não mandou matar ninguém!? Essa agora, a Guerra das Malvinas foi o quê? um passeio no Parque.
Sem imagem de perfil

De J.C. a 30.11.2008 às 13:53

Margareth Tatcher mandou matar gente? Ah! As Malvinas! Eu estava mesmo à espera dessa. As Malvinas eram uma espécie de campo tipo Goulag para deportar e matar a oposição trabalhista britânica. Certo, Peter?...
Sem imagem de perfil

De Peter a 30.11.2008 às 13:06

Então não sabia o famoso pacto Molotov - Ribbentrop, uma tentativa parva de adiar o inevitável por parte de Staline. Mas meu amigo o antecessor de Churchill , o sr. Chamberlain e os E.U.A e a França é que deixaram os alemães se re-armarem e desrespeitar o tratado de Versalhes que eles próprios lhes tinham imposto. Portanto tb houve bastantes erros deste lado. Há e para não falar das simpatias que Hitler granjeava em diversos sectores da alta sociedade nestes países e mesmo em alguns membros da monarquia inglesa. E em Potugal havia tb uns poucos banqueiros que os admiravam.
Sem imagem de perfil

De J.C. a 30.11.2008 às 13:39

Julguei que o Peter defendia o regime da comunista. Afinal enganei-me. Ele só quer é encontrar defeitos a Ocidente para poder encolher os ombros a Leste. Fracote...
Sem imagem de perfil

De Peter a 30.11.2008 às 17:03

Caro JC eu sou tão fracote que até fiz com que este post tivesse 58 comentários. Já viu, diga-me lá se isto acontece noutros posts que não sejam de anti-comunismo. E sou apenas uma pessoa, vocês são bem mais e vêm-se à rasca para responder. Quem é o fracote afinal?
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 30.11.2008 às 17:56

Caro Peter, Você fala em anticomunismo como se fosse um defeito e afinal é um cumprimento (embora involuntário, no seu caso). Como se antifascismo não fosse um cumprimento também.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com



Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes


Links

Muito nossos

  •  
  • Outros blogs

  •  
  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2024
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2023
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2022
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2021
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2020
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2019
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2018
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2017
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2016
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2015
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2014
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2013
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2012
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2011
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2010
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D
    196. 2009
    197. J
    198. F
    199. M
    200. A
    201. M
    202. J
    203. J
    204. A
    205. S
    206. O
    207. N
    208. D
    209. 2008
    210. J
    211. F
    212. M
    213. A
    214. M
    215. J
    216. J
    217. A
    218. S
    219. O
    220. N
    221. D
    222. 2007
    223. J
    224. F
    225. M
    226. A
    227. M
    228. J
    229. J
    230. A
    231. S
    232. O
    233. N
    234. D
    235. 2006
    236. J
    237. F
    238. M
    239. A
    240. M
    241. J
    242. J
    243. A
    244. S
    245. O
    246. N
    247. D