Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Executados, assassinados, "suicidados"

por Pedro Correia, em 29.11.08

Eis os 26 membros do Comité Central do Partido Comunista russo em 1917, quando eclodiu a Revolução de Outubro. Destes, mais de metade terminou às mãos dos próprios camaradas: nove foram executados na sequência de julgamentos-fantoche, dois foram assassinados (um deles era Trostsky), um "suicidou-se" e dois morreram na prisão. Todos às ordens do aqui sorridente Estaline, um dos raros membros da elite comunista dessa época que acabariam por falecer de causas naturais. A União Soviética era tão igualitária que as primeiras vítimas dos crimes do partido começaram por ser os seus dirigentes. Como sublinha o PCP nas suas teses ao congresso do Campo Pequeno, "a contribuição da URSS e, posteriormente, do campo dos países socialistas, para os grandes avanços de civilização verificados no século XX foi gigantesca."

 

(clicar nas fotos para aumentar)

 

Tags:


88 comentários

Sem imagem de perfil

De Peter a 30.11.2008 às 00:25

Ora aí está o anti-comunismo primário na sua forma mais pura. Veja lá se o P.C.P tb não executou alguém. Educação gratuíta e de qualidade , Cuidados de saúde gratuitos e de qualidade, 48 horas de trabalho semanais, subsídio de férias e 13º mês, legalização do aborto com os cuidados que uma situação destas precisa, apoio não só médico como psiquiatra, reformas para os trabalhadores que até ai não havia, criação de infras-estrutruras de lazer e de desporto gratuitos, acesso á alta cultura(teatro,cinema,ópera etc.) que até então era exclusivo só das elites. A transformação de 1 país medieval numa potência mundial em apenas 20 anos, 1ª nação a por um homem no espaço. Se isto não é avanço civilizacional já não sei o que é o sr. acha que é avanço civilizacional. Pedro e para quando um post com uma lista de crimes cometidos pelo capitalismo ocidental, é que foram cometidos muitos mais e nunca vi aqui nada disso. Xiça que a demonstração de coesão que o P.C.P hoje fez deve-lhe ter irritado muito e profundamente para você ir desenterrar esses horriveis e infelizes casos. Se quer aprender algo sugiro que compre um livro magnífico intitulado "O Socialismo Traído" escrito por Roger Keeran e Thomas Kenny. Curiosamente 2 americanos, o 1º professor de História e outro de Economia. Se o ler vai compreender bem melhor o que é que se passou tanto de bom como de mau na União Soviética. Se não o ler vai continuar na ignorância mas isso nós já sabemos.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 30.11.2008 às 00:46

Às vezes você surpreende-me, Peter. Então mencionar os crimes do Estaline, que decapitou dois terços do Comité Central do PCUS, é "anticomunismo primário"? São factos demasiado relevantes para poderem ser varridos para debaixo do tapete. Você gostaria que eu não os lembrasse? Paciência...
Sem imagem de perfil

De Peter a 30.11.2008 às 00:55

Não tenho problema nenhum em que o Pedro desenterre os crimes do Staline acho é incoerente dizer que só na União Soviética é que se cometeram esses tipos de crimes. As chamadas democracias ocidentais nunca cometeram esse tipo de crimes? É que o Pedro sobre isso foge sempre, porquê? Está com medo? Não se preocupe ninguém lhe faz mal homem, ou será que fazem?
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 30.11.2008 às 01:08

Quem é que diz que só na URSS se cometeram crimes? Nada disso. A questão é diversa: sendo uma 'revolução' que se propôs construir não só uma nova sociedade mas também um homem novo, afinal cometeu crimes com um requinte antigo, que vem do princípio do mundo. Nada de novo, afinal, a não ser na escala: os crimes do estalinismo contabilizaram-se por milhões.
Sem imagem de perfil

De Peter a 30.11.2008 às 01:30

Fale então dos crimes que foram cometidos pelas democracias ocidentais. Se eu falo abertamente que foram cometidos crimes na União Soviética, porque é o Pedro não fala sobre os crimes do capitalismo. Quanto aos números que diz, olhe que não, leia o livro.
Sem imagem de perfil

De J.C. a 30.11.2008 às 01:00

Meu caro Peter, vejo algumas verdades naquilo que vem aqui lembrar. Graças ao PCUS e às suas gerações no poder, os russos, os soviéticos em geral, não só ficaram a ganhar com as profundas reformas que refere, como até ficaram isolados do capitalismo pegajoso cá de fora.

O problema só começou quando, um dia, um operário russo espreitou cá para fora e viu os operários todos explorados a irem para o trabalho de automóvel. Nesse dia, o russo sentiu-se traído, lembra-se?...
Sem imagem de perfil

De Peter a 30.11.2008 às 01:17

Lembro-me pois, se calhar é por causa disso que a taxa de mortalidade rodoviária no Ocidente era e é brutal.enormes congestionamentos de carros que existem nas horas de ponta que fazem com que os operários cheguem atrasados ao trabalho que fazem com que o patronato se queixe que a pontualidade dos trabalhadores é má. E depois há outra nem todos tem capacidade económica para ter carro e a maior parte que os detém está endividado. Já na União Soviética a rede transportes públicos poupava todas essas maçadas e era muito menos poluente para além de ser muito barata. Portanto traído não se sentiu, sentiu-se tentado. Porque quer queira quer não o modelo soviético nesse aspecto é bem mais racional.
Sem imagem de perfil

De J.C. a 30.11.2008 às 01:52

Situe-se, meu caro. O que eu disse foi aí há duas gerações, mais-coisa-menos-coisa, e a sua resposta já é do século XXI!

O modelo soviético não «é» coisa nenhuma. Quando muito, era. E era o quê? Mais racional? Bem mais racionado, sem dúvida. Mas concedo: a taxa de mortalidade brutal na URSS não era rodoviária, não senhor.

Já sobre a poluição, temos de concordar: se não fosse o foguetório para o espaço, mais aquelas malditas centrais (lembra-se?), o raio do arsenal de guerra, aquelas ogivas medonhas...
Sem imagem de perfil

De Peter a 30.11.2008 às 02:12

Veja 1 filme chamado o "Síndroma da China" com o Michael Douglas. Ogivas medonhas ainda havia e há mais no Ocidente do que na U.R.S.S. Quanto a racionamentos vá ali a soupa dos pobres ver o que é racionamentos. Vá às traseiras dos hipermercados ver os bandos de sem-abrigo que comem os restos de comida nos caixotes do lixo que até estão impróprios para consumo.
Sem imagem de perfil

De J.C. a 30.11.2008 às 02:29

1. Já lhe disse antes e repito: situe-se no tempo, porque assim torna-se desinteressante continuar.

2. Está a tentar dizer-me que também há ogivas no Ocidente? Porquê? Achou que eu não sabia? Troco essa informação por outra: em Portugal, por exemplo, não há.

3. 'Sindroma', 'síndrome' ou 'síndroma' são substantivos femininos...
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 30.11.2008 às 15:14

Que raio de argumento esse para nos falar de Chernobyl, Peter: um filme americano, sobre um caso americano. A propósito, quantos filmes russos se produziram sobre Chernobyl? Você, que está tão bem informado sobre o que lá se passa, bem podia esclarecer-nos.
Sem imagem de perfil

De dita dura a 30.11.2008 às 01:56

Claro que não havia poluição na URSS. e chernobyl era algures nos EUA, não era?
Sem imagem de perfil

De Peter a 30.11.2008 às 02:13

E o Exxon Valdez foi na China? E o Katrina foi em Marte.
Sem imagem de perfil

De J.C. a 30.11.2008 às 02:22

Na verdade, a poluição automóvel e a mortalidade rodoviária não podiam existir na URSS. Só os senhores do regime é que podiam andar de carro (à custa do orçamento, bem entendido). E era muito bem feito: sacrificavam-se dentro de uns carros horríveis, sem direito à utilização da rede de transportes públicos destinada à população. A qual, como diz o Peter acima, poupava imensas maçadas...
Sem imagem de perfil

De Daniela Major a 30.11.2008 às 17:13

Honestamente, Peter eu fui educada para respeitar todas a ideologias, mas tenho alguma dificuldade em respeitar duas: O fascismo e o comunismo. O comunismo, mesmo que baseado em ideiais nobres, foi em nome desta ideologia que se matou milhões de pessoas não só na Rússia. Por isso é me incompreensível como é que há gente que ainda defende esta ideologia. O seu argumento de que "A transformação de 1 país medieval numa potência mundial em apenas 20 anos," é como dizer que apesar de tudo, Hitler desenvolveu a Alemenha e que Salazar enriqueceu os cofres do Estado. Não é anti-comunismo. É puro bom senso.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 30.11.2008 às 17:58

Muito bem, Daniela.
Sem imagem de perfil

De Peter a 01.12.2008 às 09:31

Cara Daniela desculpe que lhe diga mas o que acaba de dizer é de uma ingenuidade abissal. A Daniela devia ter a consciência que quem escreve a história são os vencedores mas isso não quer dizer que o que dizem é verdade, bem pelo contrário. E os vencedores contam apenas a sua versão dos factos. E o Hitler a única coisa que desenvolveu foi o complexo industrial-militar alemão para os fins que a gente sabe, acha que a vida da sociedade alemã em geral melhorou como melhorou na U.R.S.S. em relação àquilo que era na Rússia? Salazar!? Enriqueceu os cofres do estado!? Antes demais encheu bem mas foi os cofres do Champalimaud, do Espírito Santo e dos grandes grupos económicos e latifundiários. Curiosamente o Hitler fez o mesmo. Curiosamente já em democracia os que mais beneficiavam com o fascismo,continuam a ser os mesmos. Portanto essas comparações que a menina faz são completamente descabidas. E não se esqueça que 1 mentira contada muitas vezes torna-se verdade. Que foi o que aconteceu. E a crise económica, a recessão e a estagnação da economia mundiais, são culpa do comunismo? Então se o comunismo é tão mau porque é se tomam medidas comunistas como as nacionalizações para salvar o capitalismo? O New Deal foi mau? Era uma medida comunista, aliás Roosevelt era constantemente acusado disso pelos conservadores. E minha amiga se você hoje tem direitos sociais é porque existiu e existem comunistas, senão não tinha nada. A não ser que a minha amiga pertence aquela classe em que as crises lhe passam ao lado ou que as leis a ela nunca se aplicam.

P.S.- O P.C.P matou alguém?É que a única desculpa que aqui encontram para combater o P.C.P é essa.
Sem imagem de perfil

De dita dura a 01.12.2008 às 09:41

Na China e na Coreia há muitos direitos sociais como todos sabemos por isso você defende esses modelos
Sem imagem de perfil

De Peter a 01.12.2008 às 09:44

Mas você já lá foi?
Sem imagem de perfil

De dita dura a 01.12.2008 às 10:40

Nem quero. E você porque é que nãp emigra para lá já que acha o capitalismo assim tão mau?
Sem imagem de perfil

De Peter a 01.12.2008 às 10:46

Porque eu sou português. Mas não era sobre isso que eu lhe tinha feito esta pergunta. Como é que você pode falar mal então de uma coisa que não conhece? Ou você é como a Maya?
Sem imagem de perfil

De dita dura a 01.12.2008 às 10:48

E você fala bem sem ter lá ido como?Tem alguma mesa de pé de galo?
Sem imagem de perfil

De dita dura a 01.12.2008 às 10:56

O Kim Il-Sung contou uns segredos só para si?
Sem imagem de perfil

De Peter a 01.12.2008 às 11:20

Mas você aqui alguma vez me ouviu aqui a defender a Coreia do Norte e a China eu nem sei o que é que se passa lá! As informações que nos chegam são sempre veiculadas via U.S.A como é que eu posso acreditar. Há bocado falou na emigração, já agora pergunto-lhe se isto aqui tb é tão bom porque é que tantos portugueses emigram?
Sem imagem de perfil

De dita dura a 01.12.2008 às 13:16

Se aquilo lá é tão bom porque é que dois milhões de cubanos fugiram de lá? É por não gostarem das barbas do Fidel? Abra os olhos homem que ainda vai a tempo de ver o mundo tal e qual como ele é!
Sem imagem de perfil

De Peter a 01.12.2008 às 13:45

2 milhões!? daqui a bocado foi o país todo. Veja o Scarface e o Padrinho 2 e veja bem que tipo de Cubanos é que fugiram. Já os portugueses que emigram é porque não há trabalho e o que há é mal pago. Para não falar tb das muitas burlas que levam tb lá fora como cá dentro.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 01.12.2008 às 15:19

"Veja bem que tipo de cubanos é que fugiram." Então o "socialismo", implantado há meio século, não tornou os cubanos todos iguais? Afinal são diferentes? E o "socialismo" serve para quê então? Deixe-me adivinhar: os maus são os que conseguiram fugir e os bons são os que não conseguiram. Acertei? As coisas que a gente aprende consigo, Peter...
Sem imagem de perfil

De Peter a 01.12.2008 às 10:07

Eu não defendo esses modelos sabe porquê? Porque eu pouco gosto de cópias, porque as cópias são sempre piores que os originais. Eu defendo o modelo comunista português que não é necessariamente igual ao deles até por questões culturais e afins.
Sem imagem de perfil

De dita dura a 01.12.2008 às 10:43

O PC original? O PC é uma cópia do PC da URSS e foi criado como sucursal da Internacionak Comunista, qualquer pessoa que conheça um pouco de historia sabe isto.
Sem imagem de perfil

De Peter a 01.12.2008 às 11:35

Pelas bacoradas que diz vê-se logo que é uma autoridade na matéria. Sucursais,lol, veja lá se é antes franchising,lol, isto é só rir.
Sem imagem de perfil

De dita dura a 01.12.2008 às 13:19

Andaram a lamber as botas aos russos até levarem com a bota do Gorby no queixo !
Sem imagem de perfil

De Peter a 01.12.2008 às 13:39

Lamber é uma coisa mais especializada do Durão Barroso e do Paulo Portas, na famosa cimeira dos Açores.
Sem imagem de perfil

De dita dura a 01.12.2008 às 13:49

E vocês não andaram a fazer o mesmo ao Brejnev?
Sem imagem de perfil

De Daniela Major a 01.12.2008 às 11:57

Caro Peter: Continua sem perceber. Quando eu mencionei Salazar ou Hitler foi precisamente utilizando os argumentos (falaciosos) que as pessoas usam quando os querem defender e que obviamente, não correspondem à verdade.

Quanto à sua última resposta: O P.C.P matou alguém?É que a única desculpa que aqui encontram para combater o P.C.P é essa.

O PCP nunca matou ninguém. Mas apoia ideologias que o fizeram.

Mesmo ontem quando se deu a ovação a Fidel e a Raul Castro, estes nunca mataram ninguém mas não primam exactamente pela Democracia. A tal que o PCP tanto apregoa.
Sem imagem de perfil

De Peter a 01.12.2008 às 20:13

Minha cara Daniela a quantas tentativas de assassinato o Fidel Castro sobreviveu por pessoas que se denominam democratas, a quantas? A sua ingenuidade deixa-me perplexo quantos governos e ditaduras foram suportados e financiados pelos democratas dos americanos/ingleses/franceses/alemães por esse mundo a fora. Explique-me lá como é que uma organização como a Nato tinha no seu seio um país como Portugal que era fascista e que assassinava tanto comunistas como outros contestários do regime. Então mas a Nato não era uma organização pela democracia? Quantas pessoas morreram e ainda estão a morrer no Iraque através de uma grosseira mentira co-adjuvada pelo governo português, apenas pela ganância do petróleo. E os E.U.A não são uma democracia? Abacha, General Sani ----------------------------Nigeria
Amin, Idi ------------------------------------------Uganda
Banzer, Colonel Hugo ---------------------------Bolivia
Batista, Fulgencio --------------------------------Cuba
Bolkiah, Sir Hassanal ----------------------------Brunei
Botha, P.W. ---------------------------------------South Africa
Branco, General Humberto ---------------------Brazil
Cedras, Raoul -------------------------------------Haiti
Cerezo, Vinicio -----------------------------------Guatemala
Chiang Kai-Shek ---------------------------------Taiwan
Cordova, Roberto Suazo ------------------------Honduras
Christiani, Alfredo -------------------------------El Salvador
Diem, Ngo Dihn ---------------------------------Vietnam
Doe, General Samuel ----------------------------Liberia
Duvalier, Francois --------------------------------Haiti
Duvalier, Jean Claude-----------------------------Haiti
Fahd bin'Abdul-'Aziz, King ---------------------Saudi Arabia
Franco, General Francisco -----------------------Spain
Hitler, Adolf ---------------------------------------Germany
Hassan II-------------------------------------------Morocco
Marcos, Ferdinand -------------------------------Philippines
Martinez, General Maximiliano Hernandez ---El Salvador
Mobutu Sese Seko -------------------------------Zaire
Noriega, General Manuel ------------------------Panama
Ozal, Turgut --------------------------------------Turkey
Pahlevi, Shah Mohammed Reza ---------------Iran
Papadopoulos, George --------------------------Greece
Park Chung Hee ---------------------------------South Korea
Pinochet, General Augusto ---------------------Chile
Pol Pot---------------------------------------------Cambodia
Rabuka, General Sitiveni ------------------------Fiji
Montt, General Efrain Rios ---------------------Guatemala
Salassie, Halie ------------------------------------Ethiopia
Salazar, Antonio de Oliveira --------------------Portugal
Somoza, Anastasio Jr. --------------------------Nicaragua
Somoza, Anastasio, Sr. -------------------------Nicaragua
Smith, Ian ----------------------------------------Rhodesia
Stroessner, Alfredo -----------------------------Paraguay
Suharto, General ---------------------------------Indonesia
Trujillo, Rafael Leonidas -----------------------Dominican Republic
Videla, General Jorge Rafael ------------------Argentina
Zia Ul-Haq, Mohammed ----------------------Pakistan

Estes senhores tem todos uma coisa em comum foram todos apoiados pelos E.U.A e seus aliados e mataram milhões de pessoas. Portanto cara Daniela a democracia que você defende está longe de ser isenta de crimes. E ainda faltam aqui bastantes.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com



Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • balio

    É um funcionário público, ao que dizem técnico su...

  • João Ribeiro

    Sabe bem, ler isto.

  • RR

    Se o P(N)S fala para valer, em vez de andar aí a b...

  • cela.e.sela

    «Ora zus, truz, truz,Ora zás, trás, trás,Ora chega...

  • O apartidário

    Um candidato do outro mundoO PS, ou uma parte do P...


Links

Muito nossos

  •  
  • Outros blogs

  •  
  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2024
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2023
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2022
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2021
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2020
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2019
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2018
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2017
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2016
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2015
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2014
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2013
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2012
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2011
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2010
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D
    196. 2009
    197. J
    198. F
    199. M
    200. A
    201. M
    202. J
    203. J
    204. A
    205. S
    206. O
    207. N
    208. D
    209. 2008
    210. J
    211. F
    212. M
    213. A
    214. M
    215. J
    216. J
    217. A
    218. S
    219. O
    220. N
    221. D
    222. 2007
    223. J
    224. F
    225. M
    226. A
    227. M
    228. J
    229. J
    230. A
    231. S
    232. O
    233. N
    234. D
    235. 2006
    236. J
    237. F
    238. M
    239. A
    240. M
    241. J
    242. J
    243. A
    244. S
    245. O
    246. N
    247. D