Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Unânimes... pelas ditaduras de Kim e Castro

por Pedro Correia, em 28.11.08

O PCP vai reunir em congresso, a partir de amanhã, para aprovar umas Teses que defendem isto:

"Importante realidade do quadro internacional, nomeadamente pelo seu papel de resistência à «nova ordem» imperialista, são os países que definem como orientação e objectivo a construção duma sociedade socialista – Cuba, China, Vietname, Laos e R.D.P. da Coreia." (1.3.14)

E isto:

"A revolução cubana, que assinalará na viragem do ano o seu 50º aniversário, defrontando ao longo deste meio século permanentes campanhas de ingerência, desestabilização e agressão, projecta-se no mundo pelas conquistas políticas, económicas, sociais e culturais alcançadas, pela defesa intransigente da sua soberania nacional, pelo seu exemplo de patriotismo e internacionalismo."(1.3.15)

E mais isto:

"A contribuição da URSS e, posteriormente, do campo dos países socialistas, para os grandes avanços de civilização verificados no século XX foi gigantesca." (1.4.1.2)

E ainda isto:

"A caminhada da humanidade para o socialismo e o comunismo sofreu profundos reveses no findar do século com a destruição da URSS e as derrotas do socialismo no Leste da Europa." (1.4.1.3)

 

Leio que estas Teses foram aprovadas por unanimidade no Comité Central comunista. Pasmo com esta unanimidade: como é possível que deputados prestigiados como Agostinho Lopes, António Filipe e Honório Novo, autarcas de mérito como Ruben de Carvalho e Rui Sá, sindicalistas combativos como José Ernesto Cartaxo e Maria do Carmo Tavares, o ex-secretário-geral do partido, Carlos Carvalhas, e até um poeta como Manuel Gusmão possam subscrever parágrafos como os que acima transcrevi? Que partido é este que sacrifica o debate interno à regra da unanimidade em defesa de modelos ditatoriais, verdadeiras perversões do ideal socialista?



19 comentários

Sem imagem de perfil

De Todos! a 28.11.2008 às 09:16

Bernardino, amigo, o Kim está contigo! Bernardino, amigo, o Kim está contigo! Bernardino, amigo, o Kim está contigo! Bernardino, amigo, o Kim está contigo! Bernardino, amigo, o Kim está contigo!
Sem imagem de perfil

De cb a 28.11.2008 às 09:19

É fácil ! Para além de uma ausência total de verticalidade na coluna o que eles têm é...medinho !
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 28.11.2008 às 09:54

Ah! Ah! Ah! A coisa é tão anacrónica e nhurra que até me admira que o camarada Domingos Abrantes tenha votado a favor. Eh! Eh! Eh!
Sem imagem de perfil

De surpresa? a 28.11.2008 às 10:36

Oh Pedro Correia, onde é que está a surpresa homem?O PCP resiste para viver e vive para resistir, é essa a sua única lógica, e só por pudor não inclui as FARC como guarda avançada pela libertação da América latina... A nível interno quem vota no PCP/CDU está-se nas tintas para essas questões ideológicas, votam por pura resistência às suas precárias condições de vida...
Sem imagem de perfil

De kim castro a 28.11.2008 às 11:16

Merda para o CUmonismo
Sem imagem de perfil

De rms a 28.11.2008 às 11:27

O Pedro continua a cortar o que lhe interessa. Já escreveu uma série de posts com o mesmo conteúdo, a que eu e outros já responderam.

A sério que lamento que tente colar o PCP a posições que não são suas. Escreva, por uma vez, o resto do parágrafo!
Sem imagem de perfil

De Controleiro leiro leiro a 28.11.2008 às 11:32

Ah, então as teses do PCP não refletem posições do PCP. Com a comunagem não se aprende mesmo nada...
Imagem de perfil

De José Manuel Faria a 28.11.2008 às 11:56

Honório Novo sai do CC, espero que Agostinho Lopes não deixe a Comissão Politica.

Caro Pedro Correia, não estamos em 2000 ( 16º congresso).

O Carvalhas não é Jerónimo de Sousa.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 28.11.2008 às 17:08

Sei bem que Carvalhas e Jerónimo de Sousa não se confundem. Até por isso estranhei que o ex-secretário-geral aprove sem pestanejar estas proclamações lamechas de orfandade pela defunta URSS e o apoio à República "Democrática" da Coreia. A saída de Honório Novo não me surpreende minimamente. Era um dos raros membros do CC que prezavam o diálogo e não se fechavam na concha partidária.
Sem imagem de perfil

De ergela a 28.11.2008 às 12:41

Caro Pedro, a doutrinação interna e tal, que leva a esta cegueira, e já agora a prepósito, será que Saramago subscreve esta doutrina caduca, faz-me lembrar aqueles livrinhos do Mao que o MRPP distribuia nas escolas lembra-se ?
Um abração
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 28.11.2008 às 13:17

Essa veio mesmo a prepósito, carago!
Sem imagem de perfil

De Tristeza a 28.11.2008 às 16:22

Porque, se fosse sério e não anti-comunista primário, tinha transcrito isto:

"1.3.14. Importante realidade do quadro internacional, nomeadamente pelo seu papel de resistência à «nova ordem» imperialista, são os países que definem como orientação e objectivo a construção duma sociedade socialista – Cuba, China, Vietname, Laos e R.D.P. da Coreia. Com percursos e experiências distintas, estes países deparam-se com problemas e contradições inerentes ao próprio processo de transformação social, condicionados e ampliados pelas relações capitalistas dominantes a nível internacional. Sujeitando-os a todo o tipo de pressões políticas e económicas, ameaças militares, operações de subversão e campanhas mediáticas de intoxicação, o imperialismo visa a desestabilização destes países apostando numa reversão das suas opções de transformação social. Tais pretensões encerram graves perigos para a segurança internacional e, a vingarem, significariam um enorme retrocesso da luta libertadora. Independentemente das avaliações diferenciadas em relação aos caminhos e às características destes processos, e das interrogações e inquietações que nos possam suscitar, face à concepção programática própria do PCP de socialismo para Portugal, mas entendendo que não há modelos nem vias únicas para a construção da nova sociedade liberta da exploração do homem pelo homem, o PCP considera de fundamental importância reconhecer e assegurar o direito dos povos destes países a decidir livremente sobre o seu próprio caminho. É esse o seu interesse e o interesse da causa do progresso social e da paz em todo o mundo."
Sem imagem de perfil

De Tristeza a 28.11.2008 às 16:25

Ou isto:
1.4.1.3. A caminhada da humanidade para o socialismo e o comunismo sofreu profundos reveses no findar do século com a destruição da URSS e as derrotas do socialismo no Leste da Europa.

1.4.1.4. O estudo das suas causas e consequências prossegue no movimento comunista e no campo progressista, e o PCP deverá consagrar-lhe ainda mais atenção para tirar todas as experiências e ensinamentos que comporte, a fim de prosseguir a luta com reforçada confiança. Temos muito de valioso já adquirido pela elaboração e reflexão colectivas do Partido desde o XIII e XIV Congressos. Revelou-se particularmente fecunda a tese avançada pelo PCP de que (ao contrário do que pretendeu a violenta campanha desencadeada pelos nossos adversários sobre a «morte do comunismo» e o «declínio irreversível dos partidos comunistas») o que foi derrotado não foram os ideais e o projecto comunistas mas um «modelo» historicamente configurado, que se afastou, e entrou mesmo em contradição com características fundamentais de uma sociedade socialista, sempre proclamadas pelos comunistas relativas ao poder dos trabalhadores, à democracia política, às estruturas socioeconómicas, ao papel do Partido, à teoria. Mas tendo como base as análises e orientações do XIII e do XIV Congressos, necessitamos de continuar a aprofundar a nossa reflexão.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 28.11.2008 às 17:11

Agradeço as suas transcrições. Mais pasmado fico ainda pelo facto de o PCP não considerar que ditaduras como a da Coreia do Norte ou a de Cuba, já para não falar da chinesa, não figuram entre os "modelos historicamente configurados, que se afastaram, e entraram mesmo em contradição com características fundamentais de uma sociedade socialista."

Comentar post


Pág. 1/2



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    "Caríssimos, agora já somos filhos de Deus, mas nã...

  • Anónimo

    O controlo propagandśitico da História e seus efei...

  • Anónimo

    Fez-me lembrar todos aqueles que por ali passaram ...

  • Anónimo

    Olha quem fala... Diria eu de Varela.ao

  • Anónimo

    José Mendonça da Cruz,Bom texto. Muito seguro. Mui...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2007
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2006
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D