Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O terror, o terror

por Pedro Correia, em 26.11.08

O fundamentalismo islâmico, que quer riscar todas as culturas diferentes do mapa, ataca a qualquer hora e em qualquer lugar, como hoje se viu em Bombaim. Ninguém tenha dúvidas: este é o maior problema do nosso tempo. O primeiro dos problemas que Barack Obama terá de enfrentar já a partir de 20 de Janeiro. O resto é lirismo para conforto das boas consciências europeias que ainda não perceberam que tudo mudou. Este início do século XXI decorre sob o signo da morte arbitrária, que irrompe às cegas quando menos se espera e de onde menos se espera. Haverá outros nomes para isto - inclusive alguns com denominações a la carte, com o embrulho eufemístico da correcção política. Prefiro chamar-lhe da forma mais crua e ajustada possível - parafraseando o que Conrad escreveu na sua novela O Coração das Trevas. O terror, o terror.

 

Ler também:

- A Besta voltou a atacar. De Sérgio de Almeida Correia, n' O Bacteriófago

- Bomba(im). De Nuno Mota Pinto, no Mar Salgado.

- Mumbai. De Ana Gomes, na Causa Nossa

- Christiane Amanpour comenta o atentado em Mumbai. De Luís M. Jorge, na Vida Breve

- A guerra do terror. De Luís Rainha, no Cinco Dias

- Caridade. De Paulo Tunhas, na Atlântico

- Em guerra, De Jorge Assunção, no Despertar da Mente.

- Coisas dramáticas. De Jorge Ferreira, no Tomar Partido

Tags:



16 comentários

Sem imagem de perfil

De sara pisco a 26.11.2008 às 22:32

... era "O horror! O horror!"... mas aplica-se também.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 26.11.2008 às 22:45

Era, Sara. Mas devidamente adaptado tem tudo a ver com este 'coração das trevas' em que o terrorismo nos vai mergulhando, passo a passo, em todas as latitudes.
Sem imagem de perfil

De J.C. a 26.11.2008 às 22:56

Não me parece importante, mas 'horror', em inglês, é 'terror', em português. Aqueles a que chamamos «filmes de terror», por exemplo, são de «horror» para os anglo-saxónicos.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 26.11.2008 às 23:13

Pois, J. C. (muito prazer em voltar a ver-te por cá, meu caro)
Sem imagem de perfil

De J.C. a 26.11.2008 às 23:16

Um abração, compadre!
Sem imagem de perfil

De Fonte próxima a 26.11.2008 às 23:02

E não pode haver tolerância, nem concessões para esta gente, que só entende a linguagem da força.
Sem imagem de perfil

De Ana Pereira a 27.11.2008 às 10:25

O grande problema é não saber quem é esta gente.O mesmo acontece no Paquistão.E ainda para agravar mais a situação ambos os países detem arsenais nucleares,coisa que parece não ter preocupado os antecessores de Obama
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 27.11.2008 às 11:44

Talvez o Mário Soares volte a propor negociações com quem reivindicou os atentados...
Sem imagem de perfil

De Peter a 27.11.2008 às 14:35

O fundamentalismo islâmico serviu e bem o Ocidente durante a Guerra Fria, eis o resultado. Criaram um monstro agora aturem-no.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 27.11.2008 às 14:53

Julgo ver algum racismo nessa reacção, Peter. Como a esmagadora maioria das vítimas agora foram umas largas dezenas de indianos, lá do terceiro mundo, não interessa nada, pois não? Com toda a franqueza, não supunha isso de si...
E de nada adianta dizer "aturem-nos", como se isto não tivesse a ver consigo. Tem a ver com todos e com cada um de nós. A qualquer momento, em qualquer lugar - ninguém sabe quem serão as próximas vítimas, tenham a cor da pele que tiverem, professem as crenças que professarem (muitos muçulmanos têm sido vítimas também).
Sem imagem de perfil

De Peter a 27.11.2008 às 16:10

Racismo!? Pedro não se faça de desentendido,nem tente provocar-me,porque você é mais inteligente do que isso que acaba de dizer.Sim,sim aturem-nos porque quem criou estes grupos terroristas foram as potências ocidentais e nomeadamente os E.U.A através da C.I.A para combater o comunismo.Volvidos quase 20 anos do fim da guerra fria é que descobriram que eram grupos de sanguinários!?Foram sempre! Tal como no Frankenstein o monstro volta-se contra o seu criador.E depois andam a atirar atoardas que temos que combater o terrorismo!? Como se não tivessem sido os seus mentores e financiadores. Evidente que nutro desgosto pelas vítimas seja de que atentado for, independentemente da raça,género,idade e crença, agora não sou é hipócrita ao ponto de não achar que o Ocidente não tem culpa do que se tem passado e que isto é um fenómeno recente.Aliás este fundamentalismo até tem servido e bem os desejos dos imperialistas de invadirem e saquearem certos e determinados países.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 27.11.2008 às 16:27

Peter, o seu argumentário é decalcado do que vigorava na guerra fria. Acorde para a realidade, meu caro. Esse tempo passou, entrámos numa era diferente: há que arranjar outras chaves de leitura para interpretar o mundo.
Sem imagem de perfil

De Peter a 27.11.2008 às 16:57

Pois,pois, meter a cabeça na areia e não ir ao cerne da questão, porque este é incoveniente.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 27.11.2008 às 17:01

Ó Peter, você não acredita que "o mundo pula e avança"? Por isso mesmo não podemos estar sempre a falar do mesmo. De 2001 para cá, as relações internacionais mudaram. E o nosso quotidiano também. Veja-se o que se passa por aí, com câmaras de vigilância a espreitarem-nos por todo o lado. Isto não é uma questão de "eles" e´"nós". Queiramos ou não, estamos metidos também em tudo isto.
Sem imagem de perfil

De Peter a 28.11.2008 às 01:21

Mas quem põe as cãmaras de vigilância a espreitarem-nos por todo o lado são os seus amigos americanos.Ou será que são os terroristas que detém essa tecnologia toda?
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 28.11.2008 às 01:29

Então você ainda não percebeu que os terroristas têm tecnologia da mais sofisticada com a qual conseguem matar inocentes em qualquer parte do mundo? Já se esqueceu de Madrid, Londres, Cairo, Bali, Istambul?

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • henrique pereira dos santos

    Quem? Isabel Camarinha? Sim, é o que digo no texto...

  • Anónimo

    pelo seu comentario se calhar nunca trabalhou para...

  • Anónimo

    Sem dúvida, um excelente texto. Que bem fundamenta...

  • Anónimo

    Não é parva não Senhor...Dizem que pró ano, nos ós...

  • Anónimo

    chamar a Holanda um pais civilizado é uma pura abe...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2008
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2007
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2006
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D