Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O clube de fãs de Queiroz

por Pedro Correia, em 24.11.08

No tempo extra-longo* que a SIC Notícias lhe concede, Rui Santos acaba de dar quatro no cravo e cinco na ferradura a comentar o Brasil-Portugal de tristíssima memória. Ele, que foi um dos maiores entusiastas da vinda de Carlos Queiroz para o lugar de Luiz Felipe Scolari, reconhece que a exibição da equipa portuguesa foi "um desastre" mas mantém os elogios descabelados ao seleccionador que tem falhado em toda a linha e desbaratou num par de meses o que o antecessor construiu ao longo de vários anos.

Anotei alguns desses elogios:

"Carlos Queiroz treinou os melhores jogadores do mundo."

"Eu não duvido nunca das capacidades de Carlos Queiroz."

"Carlos Queiroz faz muita falta ao futebol português."

"É um treinador necessário a qualquer federação de futebol do mundo."

Isto, sublinho, depois do desastre brasileiro. O culto de Queiroz que persiste entre os comentadores domésticos que saudaram quase em uníssono a sua vinda é um dos motivos que melhor explicam a sucessão de desaires da selecção. Perca por poucos ou perca por muitos, há sempre alguém pronto a pôr-lhe a mão por baixo. Curiosamente, estes membros honorários do clube de fãs de Queiroz são os mesmos que não perdoavam o mínimo deslize a Scolari. Alguém aí falou em coerência? Deixem-me rir.

 

* Expressão, ajustadíssima, do nosso leitor Manuel Leão

Autoria e outros dados (tags, etc)



12 comentários

Sem imagem de perfil

De joão a 24.11.2008 às 02:52

tens tda a razão pá!
Sem imagem de perfil

De Eng. J. Pitágoras a 24.11.2008 às 06:53

É certo que o rapaz consegue ter mais tempo de antena na SIC-Notícias do que o Pacheco Pereira e escorre gel pela língua. Mas ontem os deuses não lhe perdoaram: teve um ataque de tosse daqueles, obrigando o apresentador a inventar todas as maneiras de que se lembrou para encher pneus enquanto ele tossia.

De cada vez que abria a boca para dizer que já estava bem, as palavras de Rui Santos enrolavam-se em novo ataque de tosse e ele, com grande intuição, voltava a afogar-se na água do copo, que novamente lhe prolongava a tosse imparável, e assim sucessivamente. Acho que foi um aviso dos céus...
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 24.11.2008 às 10:27

Ó Engenheiro, já me fez rir um bom bocado com o seu relato, muito fidedigno...
Sem imagem de perfil

De Eng. J. Pitágoras a 24.11.2008 às 11:39

Hehehehe...
Sem imagem de perfil

De Manuel Leão a 24.11.2008 às 09:53

Pedro Correia:

Em primeiro lugar, obrigado por ter usado a minha expressão "tempo Extra- Longo"

Além de não cobrar direitos, tenho muito prazer que o tenha feito. (Sem ironia. Hoje, nestas coisas, todo o cuidado é pouco).

Sobre a pessoa, em concreto, ao pedir coerência ao "brilhantina man", o Pedro está a pedir, não a Lua, mas Saturno.

Oxalá que não, mas se o apuramento descambar, mais tarde ao mais cedo, vão começar a saltar "uns ratitos", pela borda fora. E, como não desejo mal a ninguém, espero que ao menos ele saiba nadar. Como é que o seu (dele) "partner", na SIC Notícias, iria sobreviver?
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 24.11.2008 às 10:27

Caro Manuel Leão, os créditos serão devidamente atribuídos.
Abraço
Sem imagem de perfil

De Manuel Leão a 24.11.2008 às 16:20

Estão atribuídos!

Em palavras que valem muito mais do que dinheiro. Para alguns, claro...

(Contém ironia para terceiros. Hoje, todo o cuidado é pouco!)
Imagem de perfil

De Cristina Ribeiro a 24.11.2008 às 12:26

Não queria dar uma de Velho do Restelo, mas, pelo caminho que se enveredou, qualquer dia os detractores de Scolari vão a Fátima pedir o seu regresso ( porque Caravaggio fica longe, se não... )
Sem imagem de perfil

De joao severino a 24.11.2008 às 12:30

O gelatina ambulante esteve imparável na demagogia do seu discurso sobre Queiroz e sobre a... tosse! Deve ser o único programa de televisão no mundo onde o comentador se apresenta ao público com uma carrada de gripe... perigoso, porque pega aos espectadores.

Quanto ao Queiroz apenas recordar que nunca ganhou nada em lado nenhum e sempre foi corrido por indecente e má figura.
Abraço deste fã... calma, nada de Queiroz, mas sim do Pedro Correia.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 24.11.2008 às 13:48

Abraço, João.
Sem imagem de perfil

De Manuel Leão a 24.11.2008 às 16:30

João Severino:

A única coisa que ele "pega" é tristeza! Tristeza, pela indigência intelectual.

Mas, o que eu mais gosto de observar, é o ar embasbacado do "partner" que se senta na frente dele. Parece hipnotizado!

Sem imagem de perfil

De Anti a 24.11.2008 às 16:44

Como sabem, não sendo um pró-Queiroz, sou claramente um anti-Scolari. Esta minha aversão a este Brasileiro surgiu exactamente no dia em que o Chelsea anunciou em pleno Europeu a contratação milionária deste vendedor de ilusões, no pior sentido. Episódio lindo, não? Seguido duma surreal conferência de imprensa em que os jornalistas Portugueses foram maltratados. Mas isto em Portugal é mesmo assim, até no insulto é sempre melhor que venham de fora do que nascem cá dentro. Triste provincianismo.
Penso que o caro Pedro Correia tocou num aspecto essencial, e que me fez escrever este comentário, diz o autor do Post o seguinte"...desbaratou num par de meses o que o antecessor construiu ao longo de vários anos". o quê? Scolari construiu o quê?. Meu caro, com todo o respeito, não construiu nada mas mesmo nada. Aproveitou-se de uma geração de jogadores, que começaram a despontar alguns-no europeu da Inglaterra, depois com Humberto Coelho, depois o surreal António Oliveira, para no auge da carreira de alguns deles, poder desfrutar de um conjunto de grande maturidade competitiva, de personalidade bem vincada, sem esquecer do trabalho de Mourinho no Porto. Isso obviamente é uma virtude, foi inteligente e nada burro. Mas caramba, teve uma oportunidade de uma vida aqui no nosso europeu e perdemos.
Depois disto tudo o que ficou de Scolari??? as Bandeiras? e a equipa? e uma estrutura para o futuro?. Madaíl, perante o que Scolari ganhava, perante o seu currículo, tinha a obrigação de exigir mais do que jogos de mês a mês, de chegar ao fim do dia, calçar as pantufas e ir para a frente da TV. Qual o cunho pessoal,? quais a ideias de Scolari para o crescimento da modalidade em Portugal?, qual o seu plano estratégico? o que é melhor e pior para o futebol português?. Conhecem alguma coisa do seu pensamento? Nada, mas mesmo nada. Uma pobreza, na posição dele e de outros treinadores que venham para Portugal pagos a peso de ouro, exige-se algo mais do que se sentar de tempos a tempos no banco.
Temos cada vez mais estrangeiros nas equipas juniores, teremos no futuro cada vez mais estrangeiros na nossa selecção também. O resto fica para a história. Não só perdemos uma final de um europeu em nossa casa, perante o nosso público, como temos agora uma equipa para construir, para dar algum sentido colectivo, com atitude e bons princípios morais. Com Queiroz ou sem Queiroz tanto me faz, porque o legado de Scolari não existe. Figo acabou, Rui Costa acabou, Pauleta acabou, Costinha acabou, Jorge Costa Acabou, Fernando Couto Acabou, Petit acabou, Jorge Andrade está quase acabado e ainda mais alguns.
O que aí vinha não era fácil, Scolari sabia-o bem. Deu à sola, e foi para o Chelsea pegar numa equipa perfeitamente montada e estabilizada desde os tempos de Mourinho. Chamem-lhe burro, chamem!.

PS: Para que conste não sou do FC. Porto.É que isto em Portugal funciona como se fosse uma manada. O Cowboy não gosta de fulano, logo, as vacas e os bois vão atrás das instruções do dono.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • António

    Chama-se a isso observar de olhos bem fechados.

  • António

    E que é a democracia senão o primado da maioria?

  • Branca de neve

    Numa sociedade democrática e aberta, criminalizar-...

  • António

    Não sei quem é essa senhora nem estou interessado....

  • Anónimo

    Alguém que combate a Ditadura não é automaticament...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2007
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2006
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D