Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Cada vez mais só

por Pedro Correia, em 22.11.08

Manuela Ferreira Leite ficou a falar sozinha. A sua mais recente escorregadela, ao negar a possibilidade de fazer reformas em democracia na semana em que o Banco de Portugal veio confirmar o aumento do desemprego e a estagnação da economia portuguesa, desta vez não foi amparada pelas segundas linhas do partido, que noutras circunstâncias se apressaram a vir a público na tentativa de atenuar os danos. Alguém ouviu Rui Rio esboçar uma palavrinha em defesa dela? Ou Aguiar Branco? Ou Paulo Mota Pinto? Ou Sofia Galvão? Ou Castro Almeida? Ou o inefável António Borges? Todos são vice-presidentes do partido laranja, todos preferiram manter-se em silêncio. Tal como o presidente da Mesa do Congresso, Rui Machete, o presidente do Conselho Nacional, António Capucho, ou o presidente do Conselho de Jurisdição Nacional, Nuno Morais Sarmento. Manuela Ferreira Leite, de gafe em gafe, vai ficando cada vez mais só.


12 comentários

Imagem de perfil

De Ana Vidal a 22.11.2008 às 20:12

É verdade. Eu tenho pena, mas também acho que é irreversível e que a culpa tem sido dela. Podia ter feito a diferença, mas falta-lhe jogo de cintura e faro político. Talvez seja por isso mesmo que gosto dela, apesar de tudo.
Sem imagem de perfil

De Eng. J. Pitágoras a 22.11.2008 às 20:20

Pacheco Pereira defendeu-a anteontem na 'Quadratura do Círculo' e Rui Rio defendeu-a hoje em Penafiel. Mas, se a gafe foi mortal, receio que só tenham chegado a tempo de verificar o óbito...
Imagem de perfil

De Helder Robalo a 22.11.2008 às 20:45

O seu vice-presidente, e apontado por muitos como o principal candidato a candidato a primeiro ministro em 2009, veio defender MFL em Penafiel meu caro! E veio alertar até que é momento de o partido se deixar de questiúnculas e concentrar-se em ser oposição ao PS. Para quem seria este recado?
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 22.11.2008 às 23:40

Uau, Rui Rio rompeu o silêncio. Depois de vários dias a assistir aos ataques mais duros à presidente do partido. Não há dúvida: isto é um partido verdadeiramente solidário.
Imagem de perfil

De Helder Robalo a 23.11.2008 às 13:45

Oh Pedro, realmente é lamentável Rui Rio não acertar o timming político de defesa da MFL pela tua vontade. Preso por ter cão e preso por não ter, não é?

Um abraço camarada!
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 23.11.2008 às 13:47

O timing não é meu - é de MFL. Os dias de pesado silêncio, não só de Rio mas dos outros todos que mencionei, são suficientemente expressivos para falarem por si. A hora, no PSD, é novamente de contar espingardas - e Rio também o faz. Terás alguma dúvida a este respeito?
Abraço
Imagem de perfil

De Helder Robalo a 23.11.2008 às 16:07

Caro Pedro é naturalíssimo que se ande a contar espingardas, novamente, no PSD. Honestamente, houve alguma altura em que isso não tenha acontecido nos últimos... sei lá... dez anos? Líder eleito é líder imediatamente criticado.
Quanto aos silêncios... Tanto podem ser interpretados assim como podem ser vistos como uma vontade de tentar deixar passar as ondas a ver se elas não fazem muitos estragos.

Um abraço
Sem imagem de perfil

De tric_SPin a 22.11.2008 às 21:07

"Manuela Ferreira Leite, de gafe em gafe, vai ficando cada vez mais só."

eu como SPIN alteraria esta frase para esta

"Manuela Ferreira Leite, de Verdade em Verdade, vai ficando cada vez mais só"
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 22.11.2008 às 23:41

Isso é que é bom humor! Cumprimento-o por isso. Meu caro, em política não basta ter razão. É preciso saber expor essa razão. MFL não sabe, está mais que visto. Sócrates agradece.
Sem imagem de perfil

De Nuno Santos a 22.11.2008 às 22:31

Toma lá um prémio
http://aoutravarinhamagica.blogspot.com/2008/11/este-blog-foi-premiado.html
Sem imagem de perfil

De mike a 23.11.2008 às 00:46

Habituei-me a olhar para os cantos sombrios e inesperados com que a História nos brinda de vez em quando. E quando estava prestes a concordar consigo (e concordo), franzi o sobrolho ao seu suporte relativamente à solidão da MFL. Só vi "barões" e às vezes o povo troca as voltas aos silêncios dos "barões". Porque não os aceita. Mas isso sou eu, que de política percebo muito pouco.
Abraço.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 23.11.2008 às 00:50

Meu caro,
MFL tem um problema grave: jamais conquistará o País se não conquistar primeiro o partido. E como conquistar um partido que deixou de existir?
É a quadratura do círculo...
Abraço

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com



Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • RR

    Trabalha sim. O trabalho dele é este mesmo: escrev...

  • Hugo

    E mesmo assim o Passos Coelho ganhou depois desta ...

  • anónimo

    Sim, vivem em conluio com o eleitorado.O PS certam...

  • Filipe Costa

    Em setembro de 2010, pouco antes da aprovação do O...

  • Tiro ao Alvo

    Este balio não trabalha. É um funcionário público,...


Links

Muito nossos

  •  
  • Outros blogs

  •  
  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2024
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2023
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2022
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2021
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2020
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2019
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2018
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2017
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2016
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2015
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2014
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2013
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2012
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2011
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2010
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D
    196. 2009
    197. J
    198. F
    199. M
    200. A
    201. M
    202. J
    203. J
    204. A
    205. S
    206. O
    207. N
    208. D
    209. 2008
    210. J
    211. F
    212. M
    213. A
    214. M
    215. J
    216. J
    217. A
    218. S
    219. O
    220. N
    221. D
    222. 2007
    223. J
    224. F
    225. M
    226. A
    227. M
    228. J
    229. J
    230. A
    231. S
    232. O
    233. N
    234. D
    235. 2006
    236. J
    237. F
    238. M
    239. A
    240. M
    241. J
    242. J
    243. A
    244. S
    245. O
    246. N
    247. D