Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Como é difícil liderar o PSD

por Pedro Correia, em 17.11.08

 

Manuela Ferreira Leite não contribuiu para que os seus antecessores imediatos - Pedro Santana Lopes, Luís Marques Mendes e Luís Filipe Menezes - tivessem a vida facilitada no PSD. Não deverá estranhar agora, quando detém momentaneamente o cargo de responsabilidade máxima no partido, que os outros tornem fácil a vida a ela. Nomeadamente Alberto João Jardim, que anunciou esta inenarrável avaliação dos professores na Madeira no preciso momento em que Ferreira Leite se insurgia contra o processo de avaliação no continente. As críticas dela a Maria de Lurdes Rodrigues perderam o sentido a partir do instante em que recusou pronunciar-se sobre a balda madeirense, que tem a chancela do seu próprio partido.

Mas a maior adversária de Manuela Ferreira Leite é ela própria. Acossada pelas críticas internas e externas, foi a Fátima disparar contra os jornalistas, dizendo frases deste calibre: "Não pode ser a comunicação social a seleccionar aquilo que transmite." Não pode, doutora Manuela? Então quem determinará os critérios editoriais? A presidente do PSD ou algum dos seus homens de confiança?

A presidente social-democrata reconheceu, também em Fátima, que tem alguma dificuldade em fazer passar a mensagem aos portugueses e que esta é uma questão "a tomar em consideração". Excelente e lúcida autocrítica. Mas como pode alguém "fazer passar a mensagem" se prefere calar-se quando estão em causa relevantes questões de interesse nacional? As ilegalidades cometidas pela Assembleia Legislativa Regional da Madeira, por exemplo. Como pode alguém "fazer passar a mensagem" se confessa não ser ainda este o momento de apresentar as propostas do seu partido para que o Governo socialista não lhe copie as ideias? Como pode alguém "fazer passar a mensagem" se defende um modelo de avaliação aos professores alternativo ao do Ministério da Educação e nada tem de mais concreto para propor do que o madeirense? Este modelo, recorde-se, dá bom a todos. Mesmo aos medíocres e aos muito maus.

 

Ler também

- Manuela já chegou à fase "mate-se o mensageiro" - mau sinal. De J. M. Coutinho Ribeiro, n' O Anónimo.

- A senhora pediu um lápis laranja? De António de Almeida, no Direito de Opinião.

- Contradições insanáveis. Do Sérgio de Almeida Correia, n' O Bacteriófago.

- A doutora e o disparate. Do Rui Vasco Neto, no Sete Vidas Como os Gatos.

- Bute lá ajudar o PSD. De Valupi, no Aspirina B.

- As coisas são assim... De Afonso Azevedo Neves, na Atlântico.

- Criticavam a senhora por estar calada... De Manuel Azinhal, n' O Sexo dos Anjos.

- Acabá-la. De Paulo Querido.

- Deve ser o PSD a escolher o que sai nas notícias. De Paulo Barata, nas Farpas da Madeira.

- Como os compreendo bem... Do André Carvalho, na Geração Rasca.

Obviamente um novo PSD. Do João Severino, no Pau Para Toda a Obra 

 



7 comentários

Imagem de perfil

De Luís Naves a 17.11.2008 às 19:05

se a senhora não fala, está mal porque não falou; se fala, cai toda a gente em cima porque o que disse foi disparate.
quando o partido recolucionário institucional chegar á sua 35ª maioria absoluta consecutiva, após 150 anos de crise económica, vamos finalmente chegar à conclusão de que o problema não estará no facto de ser difícil liderar o psd, mas talvez no facto de ser difícil liderar a oposição
Imagem de perfil

De Luís Naves a 17.11.2008 às 19:20

desculpem a gralha no revolucionário e, dito de outra forma, é mais fácil estar no poder do que estar na oposição. No tempod e cavaco silva, também era difícil estar na liderança do ps.
Imagem de perfil

De Luís Naves a 17.11.2008 às 19:21

caramba, desculpem a gralha em no tempo de...
Sem imagem de perfil

De Manuel Leão a 17.11.2008 às 20:29

Luís Naves, não se enerve: - isso passa!

Agora a sério: Apesar de tudo, mais vale ela calar-se. Assim, as probabilidades de durar mais umas semanas, vão aumentar. Depois, vem o Natal e pode ser que alguém lhe ofereça um manual de técnicas de comunicação. Quem sabe?
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 17.11.2008 às 21:13

Entretanto talvez lhe surja a oportunidade de dirigir um órgão de informação. Poderá assim determinar os "conteúdos" informativos.
Sem imagem de perfil

De Manuel Leão. a 17.11.2008 às 22:53

Pedro Correia, por favor, não dê ideias.

Dirigir, no âmbito da comunicação social, é uma palavra muito traiçoeira, por ambígua.
Sem imagem de perfil

De tricMFL a 17.11.2008 às 23:02

Como pode alguém "fazer passar a mensagem" se confessa não ser ainda este o momento de apresentar as propostas do seu partido para que o Governo socialista não lhe copie as ideias? Como pode alguém "fazer passar a mensagem" se defende um modelo de avaliação aos professores alternativo ao do Ministério da Educação e nada tem de concreto para propor do que o madeirense? Este modelo, recorde-se, dá bom a todos. Mesmo aos medíocres e aos muito maus."

O PSD já respondeu a essas mesmas criticas, utilizando a expressão MANIPULAÇÃO, é certo que o alvo eram os XUXAS, mas nos tempos que correm XUXAS="Gang" Pedro Passos Coelho

aqui fica o link
http://www.psd.pt/?idc=200&idi=1187

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Se Portugal é um pseudo país não sei o que estás c...

  • Rui

    Quantas ligações OPO-LIS estão previstas. Já viu? ...

  • Rui

    Total desconhecimento da realidade económica do pa...

  • Rui

    Verdade, desde que seja um hub. Por acaso o senhor...

  • Anónimo

    concordoPor isso eu tenho a ideia que a democracia...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2008
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2007
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2006
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D