Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ó tempo volta para trás

por Pedro Correia, em 08.11.08

O Avante! desta semana é um oceano de nostalgia. Dirigentes históricos do PCP, como Albano Nunes e José Casanova, choram o eclipse do defunto regime soviético, a pretexto do 91º aniversário da Revolução de Outubro, e erguem as suas preces a Marx e Lenine (as loas a Estaline, um nome chato de invocar, ficam apenas nas entrelinhas) num estilo gongórico que deliciaria o camarada Brejnev e outras caquéticas luminárias do "socialismo real".

Em benefício dos leitores, deixo aqui algumas citações da impagável dupla Nunes & Casanova, vanguarda intelectual deste nostálgico Partido Comunista. Podem ser lidas com o faduncho 'Ó tempo volta para trás' como música de fundo. Tem tudo a ver...

 

"A Revolução de Outubro será sempre fonte de inspiração para os comunistas e quantos combatem o sistema de exploração capitalista e lutam para colocar ao serviço, não de uma classe parasitária mas dos trabalhadores e dos povos de todo o mundo, as magníficas conquistas da inteligência e do trabalho humano."

"Nunca é demais sublinhar o significado histórico da Revolução de Outubro e do empreendimento pioneiro de uma sociedade nova a que deu lugar."

Albano Nunes, Viva a Revolução de Outubro!

 

"O significado e as consequências da Revolução de Outubro – traduzidas nos mais importantes avanços civilizacionais alguma vez alcançados pelos trabalhadores e pelos povos – fazem dela o mais relevante acontecimento ocorrido no século XX."

"A União Soviética, nascida da Revolução, foi o primeiro país do mundo a pôr em prática todo um vasto conjunto de direitos humanos."

"Lembrar a Revolução de Outubro, impõe necessariamente ter em conta essa tragédia para toda a humanidade que foi a derrota do socialismo e a destruição da URSS."

José Casanova, 7 de Novembro é amanhã

 



2 comentários

Sem imagem de perfil

De hajapachorra a 09.11.2008 às 00:26

Eu gosto é daquela parte dos "mais importantes avanços civilizacionais alguma vez alcançados pelos trabalhadores e pelos povos". De facto! 40 milhões de mortos, pelo menos, na URSS, China, Cambodja, Laos, Vietname, Angola, Coreia, etc. etc, foi um grande avanço. Os carrascos da Inquisição e os carniceiros da Revolução Francesa eram uns incompetentes. Mas houve muito mais. Os comunas até conseguiram fazer desparaecer o Mar de Aral. Iam de facto muito, mas mesmo muito à frente. Os incompetentes dos capitalistas apenas conseguem destruir, mas fazer desaparecer não é para eles.
Sem imagem de perfil

De Peter a 09.11.2008 às 12:01

Então mas está nervoso Haja Pachorra, ou tb pertence áqueles que gostam é de falar sempre para pessoas que concordam consigo.40 milhões Na U.R.S.S. morreram quando o Hitler invadiu esse país. O Staline mandou matar muita gente,mas nem de perto nem de longe chegou a esse número, até pq as pessoas tinham medo, capisce paisano? A revolução cultural foi um atraso, concordo. Cambodja!? mas desde quando é que o Pol-Pot e os Khmers vermelhos eram comunistas?Vietname? está a falar do quê? Da humilhante derrota americana contra 1 exército de camponeses, ou dos massacres perpetrados pelas tropas americanas.Angola? Então mas o MPLA não continua a ganhar as eleições?Sobre a Coreia não posso ter opinião formada, porque tudo o que nos chega de lá é veiculado via E.U.A portanto tanto pode ser mentira como pode ser verdade. Agora meu caro Haja Pachorra você fala como se o capitalismo fosse isento de crimes, mas não é, bem pelo contrário, foi, é e será apesar dos erros nos países socialistas, mais criminoso e mais genocida. 1ª Guerra Mundial quem é que a causou? (foram os comunistas,não ?), 2ª Guerra Mundial? O nazismo com todos os seus crimes e loucuras defendia o capitalismo,não é por acaso que os grandes grupos económicos alemães financiaram Hitler, e até mesmo os judeus alemães de posses o iriam financiar, se não fosse o seu anti-semitismo abominável. Então e as ditaduras financiadas e protegidas pelas chamadas democracias ocidentais. Portugal foi uma delas, explique-me lá como é que um país fascista como o nosso fazia parte da Nato, que dizia ser pela democracia e liberdade. E as ditaduras da América-Latina financiadas por Washington e pela United Fruit e outras companhias que detinham nesses países grandes interesses económicos, eram eleitas democraticamente? E quantos milhões foram mortos nesses países por Pinochet (Chile), Os Generais (Brasil), Baptista (Cuba), Raoul cedros e o Clã Duvalier (Haiti), Cerezo (Guatemala), Cordova (Honduras), Martinez (El Salvador), Noriega (Panama), Somoza (Nicaragua), Stroessner (Paraguay) , Trujillo ( Rep.Dominicana), Videla (Argentina), você acha que a expressão República das bananas vem de onde? E em África? e na Àsia? Avanços civilizacionais? bem se você não gosta de ter férias e receber o seu subsídio, o 13º més, ter o fim de semana para descansar, as 8h de trabalho. Bem já vi que você é dos duros deve trabalhar de sol-a-sol e acha que não deve ter estes direitos, é a sua opção, você faz o que você entender.As preocupações ecológicas são importantes, mas quem é que não assinou o protocolo de Kyoto? ai ai ai Haja Pachorra.

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2008
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2007
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2006
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D


    subscrever feeds