Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Emoções básicas (25)

por Luís Naves, em 09.10.08

 

Certezas
O meu camarada de redacção Ferreira Fernandes fez-me uma crítica útil. Ele tem lido algumas coisas que escrevi no DN e, presumo, outras que escrevi no Corta-Fitas. Resumidamente, ele ia a passar e disse, como quem não quer a coisa, que me tenho enganado em algumas análises e opiniões, pois sou “demasiado taxativo”.
Acho que, apesar de tudo, a crítica inclui aquele pudor que tenta embelezar uma verdade incómoda.
De facto, bem vistas as coisa, sou demasiado taxativo e costumo enganar-me. A realidade faz sempre uma visita às previsões imprudentes. Se não acreditam, leiam com atenção textos mais antigos que escrevi. Sobre as eleições americanas há autênticos clássicos de nonsense. Pensei que Hillary Clinton seria a candidata democrata e nunca acreditei em Barack Obama, tornado vencedor após o colapso da Lehman Brothers (bolas, lá estou eu...).
Nem sequer tenho desculpa, pois li um interessante livro, o Cisne Negro, de Nassim Nicholas Taleb, onde o autor faz uma demolição da seriedade das previsões económicas e políticas. Usando as ideias da teoria do caos, Taleb mostra a impossibilidade de se compreenderem os sistemas complexos e de antecipar a sua evolução. Tudo depende de tantos factores que ninguém pode verdadeiramente saber o que acontecerá a seguir. Veja-se, por exemplo, o que se passa com o clima, com a crise financeira internacional ou com o PSD.
Sabemos que as flutuações são cíclicas e que os sistemas complexos costumam encontrar uma solução qualquer para as suas crises, mas quando tentamos entrar nos detalhes, tudo se torna mais difícil.
Mas existe um truque feliz para não falharmos numa previsão taxativa: adivinhar o fim do mundo (parece que muita gente está a fazer isto, na crise financeira, no clima, no PSD).
Se o pior cenário não se confirma, podemos sempre dizer que ainda não foi desta, mas que será da próxima. Se acabar o mundo, lá estaremos todos para felicitar o autor de uma previsão bem feita.



Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • JPT

    O corrector do Word insiste em alertar para esse s...

  • henrique pereira dos santos

    As épocas de gripe são monitorizadas pela mortalid...

  • Anónimo

    Demolir, diz bem."Delenda Carthago est"!

  • Anónimo

    HPS, eventualmente já terá lido sobre este assunto...

  • Anónimo

    Não é uma criatura nada desprezível, não senhor......


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2008
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2007
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2006
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D


    subscrever feeds