Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




É a nossa cultura, estúpidos!

por Teresa Ribeiro, em 30.09.08

Como começou? Não sei, estive uns dias desligada. Mas pareceu-me que foi por uma conjugação de factores. Inimigos políticos de Santana Lopes, que o quiseram encostar à parede antes que pudesse avançar novamente para a presidência da Câmara Municipal de Lisboa, e o despeito de um funcionário camarário que decidiu denunciar favores feitos a colegas seus.

Em regra, só assim é que as irregularidades do sistema que todos conhecem, aceitam e até (alguns) aprovam com condescendência, se comentam em sede pública.

Notícia? A atribuição, digamos, irregular de fogos camarários a amigos, familiares e figuras públicas não é notícia para ninguém.

Candidamente Pedro Feist, em declarações ao Expresso, assumiu que desde que é vereador na C.M.L., há cerca de 30 anos, sempre foi assim. A banalização das irregularidades torna-as quase límpidas. Das suas palavras ressalta uma honesta surpresa por tanto barulho acerca de uma prática que salvo algumas excepções, até era simpática.

Ana Sara Brito, a actual vereadora da Habitação, acusada de ter usufruído durante vinte anos de um contrato de arrendamento estabelecido em 1987 com Krus Abecasis, vem agora a público dizer que está de consciência tranquila. O seu contrato de arrendamento de um apartamento no centro de Lisboa foi feito "de acordo com os critérios da época", afirma.

José Sá Fernandes, vereador do Bloco de Esquerda, apoia-a, confirmando as suas declarações. Ruben de Carvalho, vereador comunista, faz notar que neste caso "não há nenhuma irregularidade, porque não há regularidade" e opõe-se à ideia de retirar pelouros à sua colega de câmara.

António Costa não comenta o que foi feito no passado, mas garante que mudou o sistema que conferia poderes discricionários aos vereadores da Habitação na atribuição de casas e rendas. João Soares, ex-presidente da C.M.L., desvaloriza tudo, dizendo que não vai passar de fumaça. Carmona Rodrigues, outro ex-presidente , não fala sobre este assunto. Santana Lopes e Helena Lopes da Costa, já intimados a responder sobre a atribuição do património disperso pelo município lisboeta, espantam-se.

É que sempre foi assim! Porquê isto agora??   

Autoria e outros dados (tags, etc)



16 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 30.09.2008 às 13:27

Não será antes a nossa falta de cultura?
Sem imagem de perfil

De mike a 30.09.2008 às 13:34

Que mania de fazer perguntas inconvenientes e mexer no passado, Teresa. ;-)
Então não sabem já que quem procura, acha? Ai, ai...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 30.09.2008 às 14:25

Perdão, mas acho que identifico algumas agravantes para os actuais acontecimentos, designadamente:

1. A vereação do Costa foi para lá para «tratar do doente» (ele tem empregue frequentemente expressões desse jaez).
2. O Zé que não faz falta prometeu denunciar sem hesitações todas as poucas-vergonhas que se passassem na câmara.
3. O poeta Alegre mais os seus compagnons, como a vereadora Brito, fazem constantemente (e irritantemente) alarde da sua superioridade moral.
4. O próprio Sócrates, que a coisa apadrinhou, tem como slogan a Força da Mudança.

Sem imagem de perfil

De arguto a 30.09.2008 às 14:47

O senhor embargador Sá Fernandes perdeu a fúria embargadora e agora acha tudo bem e já não se escandaliza com nada.
Sem imagem de perfil

De Manuel Leão a 30.09.2008 às 19:00

Pois não. Já faz parte da coligação para a câmara.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 30.09.2008 às 14:44

Como leitor atento de toda a informação, gostava que a douta escriba me dissesse onde posso ler as supostas reacções das várias forças políticas na CML. Se não for pedir muito.
Sem imagem de perfil

De rms a 30.09.2008 às 15:03

O meu contributo para o seu interesse:

http://www.dorl.pcp.pt/index.php?option=com_content&task=view&id=2661&Itemid=100
Sem imagem de perfil

De Mialgia de Esforço a 30.09.2008 às 14:53

"A banalização das irregularidades torna-as quase límpidas"

Esta singela frase resumo tudo. Excelente, Teresa!
Sem imagem de perfil

De Mialgia de Esforço a 30.09.2008 às 15:00

"João Soares, ex-presidente da C.M.L., desvaloriza tudo, dizendo que não vai passar de fumaça."

E aqui está, resumidamente, como tudo vai acabar.

Foi pena que quem o entrevistou não lhe tivesse perguntado pelo Campo de Golfe das Amoreiras, essa obra visionária, autêntico ex-libris da cidade, que tanto embeleza a zona e estarrece quem nos visita.
Sem imagem de perfil

De fernando antolin a 30.09.2008 às 15:05

Esta terra já cumpriu o seu ideal...já se tornou um imenso lodaçal...
Sem imagem de perfil

De P que pariu a nossa cultura dos eventos a 30.09.2008 às 15:29

"O piloto brasileiro de Fórmula 1 Nelson Piquet Júnior – filho do tricampeão do mundo com o mesmo nome – vai exibir em Outubro um monolugar da Renault na Avenida da Liberdade, em Lisboa, numa acção de promoção da marca francesa que envolverá cerca de 40 viaturas.

A iniciativa, que obrigará ao encerramento ao trânsito da Avenida da Liberdade durante quase dois dias... "


Como pode uma pessoa ler isto e não começar imediatamente a debitar palavrões?
Imagem de perfil

De João Távora a 30.09.2008 às 15:48

É a moral republicana no seu esplendor. O nepotismo e a irresponsabilidade prevalecem neste triste país em que meio mundo alimenta-se do mesmo tacho. Que enquanto tiver massa perpetua o sistema.
Sem imagem de perfil

De rms a 30.09.2008 às 15:51

Quer alargar o seu comentário para ficarmos a conhecer o esplendor da moral monárquica?
Imagem de perfil

De João Távora a 30.09.2008 às 18:25

Caro RMS: Lamento mas não conheço tal presunção de “moral monárquica”, com certeza não existe.
Imagem de perfil

De Paulo Cunha Porto a 30.09.2008 às 18:31

Querida Teresa,
estou mesmo a ver, a partir do apanhado que nos deu, que os integrantes dos executivos camarários, de tanto se deitarem na mesma Câmara, estariam até dispostos a extrair dessa prática continuada uma... convicção de obrigatoriedade!
Beijinho

Comentar post


Pág. 1/2



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • António

    Portugal está cheio de Salazarinhos.

  • Anónimo

    Presumo que a medida não se aplica aos bovinos mac...

  • Anónimo

    ..." Mas não nos acontece, tal como o filho mais v...

  • Anónimo

    Este andaço para pouparem a vida dos animais é dev...

  • Anónimo

    Modas e vontade de ficar bem na fotografia...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2007
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2006
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D