Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Não há Almoços Grátis?

por Paulo Cunha Porto, em 26.09.08

 

Para a firma que produz o vinho chileno de Syrah Palin, a escolha do ticket Republicano foi a publicidade de sonho, sem ter de pagar os milhões da ordem pela concepção e difusão respectivas. Também é um bom elemento de análise para aquilatar do infantilismo presente na atmosfera eleitoral Norte-Americana, com clientes de restaurantes do centro mais gauche-caviar dos EUA, S. Francisco, a recusarem-lhe o consumo, por causa da identidade fonética com o nome detestado. Como se eu alguma vez pensasse sequer em abdicar de uma pinga boa, por ela se denominar Soares, por exemplo! E, coitados, devem ficar bem vexados ao ver que, fora do seu círculo, o interesse por este rótulo subiu em flecha no resto do Mundo.

Mas os liberais, no sentido de esquerdistas que naquelas bandas prevalece, têm um dilema bem fundo - torcer para que a Economia serene e ver a candidatura de McCain recuperar nas sondagens, ou desejar que passe por dificuldades um mês mais e ficar com um bico de obra para resolver. Tudo se paga, afinal.



11 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 26.09.2008 às 14:41

Quando vou aos Açores, eu, por exemplo, nunca abdico de um cavaco.
Sem imagem de perfil

De anonimo a 26.09.2008 às 14:57

"Syrah Palin"

Quem ?
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 26.09.2008 às 15:07

Syrah é uma casta ou coisa assim, "anonimo"
Sem imagem de perfil

De AhNónimo a 26.09.2008 às 15:23

Uma pinga Soares devia proporcionar uma boa sesta, lá isso...
Sem imagem de perfil

De mike a 26.09.2008 às 15:26

Caro Paulo, se há coisa que tomo como certa é que não há, nunca houve e jamais haverá almoços grátis.
Abraço.
Imagem de perfil

De Paulo Cunha Porto a 26.09.2008 às 15:54

Caro Anónumo das 14,41H,
huuuuum, quer-me parecer que, com essa denominação de origem, a marca citada já conheceu melhores colheitas.

Caro Anonimo das 14,57H,
os conterâneos da Speaker Pelosi, cuja circunscrição eleitoral é de S. Francisco, poderão certamente informá-Lo de que fantasma fogem.

Caro Anónimo das 15,07,
sublinha-o muito bem, doravante será impossível duvidar de que a concernida é... casta. E não falo da L.

Caro AhNónimo,
pois, mais os desarranjos intestinais que se arriscariam...

Meu Caro Mike,
nós somos dos poucos que não podemos afirmá-lo, sem FUGIr à verdade. Remember!
Abraços


Sem imagem de perfil

De mike a 26.09.2008 às 16:16

Ups!... pois é. Que cabeça a minha. Há almoços gratos.
Abraço.
Sem imagem de perfil

De fugidia a 26.09.2008 às 16:27

Humpfrrrrr!
Francamente, Mike, essa foi forte.
Quero um pedido de desculpas formal!
Grrrrrr

Querido Paulo,
é nestas alturas que se vê quem nos aprecia verdadeiramente!
Beijinho grande, monstrinho
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 26.09.2008 às 16:23

Há parvos para tudo. Também há aqueles, bem republicanos, que por lá se recusam a consumir tudo o que seja francês, por exemplo. E não era o McCain que dizia que tinha o supremo orgulho de só conduzir carros americanos? (depois viu-se que o homemn era hipócrita) Pois... "coitado", não é, paulo Cunha Porto?

Pedro
Sem imagem de perfil

De Luísa a 27.09.2008 às 02:23

Confesso, Paulo, que já tenho abdicado de algumas coisas supostamente boas por motivos irrelevantes, como origem (não compro laranjas espanholas), cor (não visto camisolas encarnadas)… Mas acho que dá força às minhas convicções mais irracionais que as manifeste «folcloricamente». Será o caso dos democratas de S. Francisco? Se for, não duvido de que a irracionalidade das suas convicções os fará apostar na continuação do mau tempo. :-)
Imagem de perfil

De Paulo Cunha Porto a 27.09.2008 às 15:06

Caro Mike e Querida Fugi,
não briguem, a confusão do Mike deve ter-se unicamente devido à renitência em associar um sinónimo do pejorativo vocábulo "gratuito" à nossa Fugidia...

Caro Pedro,
não pense que sou um apoiante dos Republicanos. Lembro toda a campanha contra as importações francesas que Republicanos e Democratas (não todos, claro), empreenderam há anos, por desacordos de Política Internacional. E chamo-lhes "coitados", claro. Mas pare-me, ainda assim, que uma adstrição nacional, embora ridícula, o é menos do que uma mera similitude de sons, não acha?
A fanfarronada de guiar um carro made un USA é um aspecto folclórico muito enraizado naquele País. Também de estranhar e gozar, claro. Um dia faço um postal sobre o tema.

Querida Luísa,
essa de não pôr camisolas encarnadas é certamente devida às malfeitorias que Satanás e acólitos políticos Vermelhos fizeram durante tantos anos, não?
É-me impossível imaginar outro motivo.
Claro que há uma despromoção humana na condensação grupal do Homem nos símbolos que escolheu - ou lhe colaram - como emblema. Mas parece-me que rejeitar um produto pela ressonância que um nome provoca, ao lembrar adversário, é fazer ascender aos píncaros a tal irracionalidade. Ou descer um degrau, conforme se queira encarar.
Beijinhos e abraços

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    "Temos de chegar aos 70% de imunidade"? E fala-se ...

  • Eremita

    O Henrique tem uma tendência forte para não repara...

  • henrique pereira dos santos

    Tem razão não reparei que estava a falar de Itália...

  • Eremita

    Claro que isto é matemática. Todas as nuances que ...

  • Eremita

    Ah,  não era mesmo alucinação. Henrique,...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2008
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2007
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2006
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D