Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Emoções básicas (18)

por Luís Naves, em 25.09.08

 

Capitalismo selvagem

 

Estes são dias decisivos. As eleições americanas colidem com a crise financeira e o resultado do choque pode ditar quem será o próximo presidente dos EUA. A luta entre John McCain e Barack Obama continua empatada, pois há incerteza em relação a uma dúzia de Estados que vão definir a eleição. Os debates serão cruciais, mas agora surge a questão do plano de salvamento, que retirou a iniciativa a Obama, pelo menos durante uns dias. McCain volta a subir e pode vencer.

Entretanto, o debate português é uma experiência extraordinária. Numa peça de TV sobre taxas de juro elevadas e a dificuldade das famílias em pagar os créditos, víamos imagens da Lehman Brothers e de Wall Street, misturadas com as de uma cidadã endividada. A ideia era a seguinte: pagamos muito pelos empréstimos; não por causa do custo do dinheiro decidido pelo BCE ou pela diferença entre taxas da zona euro e taxas praticadas pelos bancos portugueses (consequência da dificuldade destes em obter financiamento no mercado); não, a culpa é da crise da semana passada em Wall Street, por um qualquer efeito de contágio que ninguém percebe, ligação mágica que, obviamente, não existe.

Claro que não nos dizem que ainda não começámos a pagar por esta crise de Wall Street. O Presidente Cavaco tentou sublinhar isso mesmo, numa declaração pouco explicada pelos comentadores, mas triunfa a tese propagandística do Governo, que tenta ligar o que se passou na semana anterior na crise americana à actualidade portuguesa, para depois poder sacudir a água do capote.

Nos últimos dez anos, os portugueses obtiveram crédito com a maior facilidade e o endividamento excessivo (que os bancos e o Governo permitiram) teve numerosos avisos. Agora, as pessoas vivem no medo e não conseguem pagar as dívidas, mas não é só por causa dos especuladores da Lehman Brothers e do neo-liberalismo selvagem.

  

 

 



3 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 25.09.2008 às 10:05

Acho completamente idiota que, a propósito de seja qual for o assunto, passem "entrevistas" com cidadãos comuns, apanhados muitas vezes na rua, e que nada dizem de relevante ou que não seja do conhecimento generalizado (próprio ou por familiares ou amigos).

Isto agora acontece sistematicamente.

Dá muito trabalho recolher opiniões informadas ou que enquadrem minimamente os assuntos, deve ser isso.

PS- Vá lá, pessoal, esforcem-se e mandem muitos comentários ao post. Foi o que fiz.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 25.09.2008 às 10:12

As pessoas com dívidas, agora, transferem as suas dívidas, englobam-nas numa dívida só, acumulam outras, etc. Deixar de consumir é que é mais difícil. Por exemplo, sempre que há notícias de «partidas» climáticas, lá estão invariavelmente tugas nos locais onde isso acontece.

Sem imagem de perfil

De Mialgia de Esforço a 25.09.2008 às 10:49

Tem piada que ainda ontem a RTP noticiava que o Obama estava 9 pontos à frente. Desconheço se é mesmo assim, não confrontei com outras fontes, ou se é mais um ataque de wishful thinking encetado pelo sorvedouro de dinheiros públicos.

Quanto ao resto da posta, está lá tudo o que é pertinente e que parece não preocupar o Governo nem a maioria dos tugas. Pode pois o sr. Naves ficar descansado que, apesar de ser benfiquista, comentários meus vai é coisa que vai continuar a receber, assim mantenha o nível da prosa.

Por isso, pare lá de chatear o Cornélio!

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • JPT

    O corrector do Word insiste em alertar para esse s...

  • henrique pereira dos santos

    As épocas de gripe são monitorizadas pela mortalid...

  • Anónimo

    Demolir, diz bem."Delenda Carthago est"!

  • Anónimo

    HPS, eventualmente já terá lido sobre este assunto...

  • Anónimo

    Não é uma criatura nada desprezível, não senhor......


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2008
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2007
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2006
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D