Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Porca miséria*

por Teresa Ribeiro, em 21.09.08

Comparado com Luís Filipe Menezes, ele até já parecia um estadista e agora acontece-lhe isto!



7 comentários

Sem imagem de perfil

De tiago menor a 21.09.2008 às 02:56

Não me parece que as situações descritas - nomeadamente o pedido da esposa do Dr. Durão Barrroso - contenham en si algo de muito grave, que ponham em crise a eventual candidatura do Dr. Santana Lopes.
Bem analisadas todas as situações, facilmente se chega à conclusão que as razões que a elas presidiram foram de carácter humanitário ou de conveniência pontual para os serviços camarários.
Onde está então a falta...?!
Bem se vê que tudo isto está a ser empolado, porque, à falta de melhor, há que agarrar-se a qualquer coisa...
Porca da polítiquice...!
Sem imagem de perfil

De pedro a 21.09.2008 às 02:58

Só será para interpretações estreitas.

O que é importante é o dano ao interessa publico, o crime, o esbanjamento, o amigismo , a corrupção .

Isso que eu saiba, em Estado de Direito o denunciar criminosos não tem timing. Comete-se crime e sabe-se. Actua-se.

Não vale a pena andarmos a vitimizar aqueles que prevaricaram. Ou o que está errado: cometer crimes ou a sociedade saber disso.

EStamos todos exangues de coisas escondidas. De fraudes e fraudezinas , favores e favorezinhos

Deixemos -nos de lérias. SE foram cometidos crimes, que sejam punidos, Seja este o timing oportuno ou não para a quelas criaturas.

Ou em Portugal, só o Vale e Azevedo e os meliantes das bombas de gasolina é que são ladrões e criminosos?

O Almeida e a Helena e sua corte têm um lastro de crimes e de corrupção. Gente do avental e de dinheiro sujo
Sem imagem de perfil

De Mialgia de Esforço a 21.09.2008 às 10:36

Quem é que não estava admirado com o actual low profile do senhor? Certo, certo é que ele não aguenta. Como diz o Chato dos Contemporâneos: "Queres é aparecer!". Está-lhe sempre a fugir o pézinho para o chinelo.

Bens vistas as coisas, esta notícia até vai dar um jeitão para reforçar a teoria da vitimização. Se não for a CML , será outra coisa qualquer.
Imagem de perfil

De Paulo Cunha Porto a 21.09.2008 às 10:58

Querida Teresa,
não seria de substituir o "e" que liga as orações por um "Porque" inicial? Dá para desconfiar, claro.
Beijinho
Sem imagem de perfil

De Manuel Leão. a 21.09.2008 às 13:37

Bem, se o argumento fosse a aproximação de eleições, os eventuais e alegados crimes, destas ou quaisquer outras pessoas, acabavam sempre por nunca serem julgados.

Quando acaba uma eleição, já se estão a lançar outras. Portanto, esse argumento, não pode ser levado a sério. Agora, o que é necessário é que o processo seja célere. E, aí, é que esta o busilis.
Sem imagem de perfil

De Ana Pereira a 21.09.2008 às 17:04

Não apoio o Dr Santana Lopes contudo temos aqui um exemplo do que se passa neste País.Lança-se na comunicação social as acusações,pode ser verdade mas tambem pode não ser.Com a morosidade da justiça se se vier a provar que não é culpado daqui a uns quantos anos passa despercebido,contudo a ideia inicial é a que fica na cabeça das pessoas que ainda acreditam no que vem escrito nas 1ªs páginas dos jornais
Imagem de perfil

De Teresa Ribeiro a 24.09.2008 às 16:37

Referi este episódio, porque, confesso, me diverte a vida atribulada de Pedro Santana Lopes, que nos últimos tempos tanto esforço tem feito para mudar a sua imagem e por isto ou por aquilo nunca é muito bem sucedido. Mas não faço julgamentos na praça pública.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Eu sou uma das parvas que le tudo e ha' dias estav...

  • Anónimo

    Pereira dos Santos,Para mim, é sempre agradável lê...

  • Anónimo

    Mendonça da Cruz,Breve e limpo.Continua no post de...

  • Anónimo

    José Mendonça da Cruz,Muito bem. Os comentários co...

  • Anónimo

    "Merdia" portuguesa, um imenso , ignorante , mas p...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2007
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2006
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D